Menu

Lipoaspiração

A Lipoaspiração irá alterar somente seu contorno corporal e não deve ser encarada como método de emagrecimento. Por isso mantenha sempre um estilo de vida saudável com uma alimentação equilibrada e a prática de atividades físicas.

As informações que se seguem irão te ajudar as esclarecer as principais dúvidas sobre a Lipoaspiração

QUAL A DIFERENÇA ENTRE A LIPOASPIRAÇÃO E A LIPOESCULTURA?

A Lipoaspiração é o nome dado a uma técnica que através da sucção retira o excesso de gordura de uma determinada região do corpo. Por sua vez, a Lipoaspiração ESCULTURA utiliza esta gordura retirada para a injeção em outras partes do corpo para preencher depressões ou modelando. Chamamos de enxerto de gordura.

QUEM SÃO OS MELHORES CANDIDATOS PARA A LIPOASPIRAÇÃO?

a) Pacientes com boa saúde e com pele firme e elástica.
b) Pacientes que tentaram eliminar a gordura através de dietas, exercícios e que ainda continuam com alguns depósitos.
c) Pacientes com áreas distintas de gordura localizada, desproporcionais ao restante do corpo.
d) Pacientes um pouco acima do peso e com expectativas reais de resultado.
e) Pacientes que entendem que a Lipoaspiração não substitui a real perda de peso.

QUANTOS LITROS DE GORDURA SÃO RETIRADOS NA LIPOASPIRAÇÃO?

Nunca programamos uma cirurgia pelo volume a ser retirado e sim pela eliminação do depósito de gordura a ser tratado, com definição do contorno corporal, porém existe sim uma porcentagem segura que não deve ser excedida para segurança do paciente.

QUAIS SÃO AS COMPLICAÇÕES DA LIPOASPIRAÇÃO?

Cada corpo reage de maneira diferente. A grande maioria dos pacientes atinge um resultado ideal, enquanto outros podem apresentar resultados negativos, em maiores ou menores proporções, independente do trabalho médico ter sido feito com maior zelo, perícia e cautela. São eles:
a) Irregularidades na pele (mais comuns em pacientes com pele flácida)
b) Necrose de pele, por deficiência circulatória (sendo o tabagismo sua maior causa).
c) Embolia pulmonar gordurosa (raríssima).
d) Perfuração de vísceras (raríssima).
e) Flacidez de pele na região Lipoaspirada (pior em pacientes que já se apresentam antes da cirurgia com certo grau de flacidez).

COMO É O PÓS-OPERATÓRIO DA LIPOASPIRAÇÃO?

Varia muito de pessoa para pessoa, e depende também do volume e das áreas aspiradas, mas em até menos de 7 dias o paciente poderá retornar às suas atividades. O desconforto maior e a dor acontecem nos dois primeiros dias. Após o início das drenagens linfáticas a melhora é importante. O edema (inchaço) e as equimoses (manchas roxas) persistem por até 15 a 21 dias. Este prazo pode ser maior ou até menor dependendo de cada paciente.

QUAL A ANESTESIA USADA NA LIPOASPIRAÇÃO?

Anestesia local, bloqueio (raqui ou peri dural) a geral. Irá depender das áreas aspiradas e se haverá associação com outras cirurgias.

QUANDO TEREI O RESULTADO DEFINITIVO APÓS A LIPOASPIRAÇÃO?

O resultado final de uma Lipoaspiração é visto após 3 meses, e varia de acordo com o paciente e seus cuidados no pós-operatório (drenagens linfáticas).

QUAIS OS CUIDADOS DO PÓS-OPERATÓRIO DA LIPOASPIRAÇÃO?

a) Repouso relativo por pelo menos 03 dias.
b) Alimentação equilibrada e ingerir muito líquido e isotônicos.
c) Usar a cinta e espuma (placa contensora) por 30 dias.
d) Realizar drenagens linfáticas a partir do 4°dia de pós-operatório.
e) Evitar manter-se deitada ou sentada por muito tempo. Movimentar as pernas caminhando a cada 2 horas pelo menos.

Como funciona a avaliação da lipoaspiração?

Na avalição médica, além dos exames de saúde, o médico vai entender o que o paciente deseja com a lipoaspiração, sendo essencial para que não haja decepções posteriores.

Uma das dúvidas mais frequentes nessa etapa refere-se à diferença entre lipoaspiração e lipoescultura. A primeira consiste na técnica que por meio da sucção retira o excesso de gordura de uma determinada região do corpo.

A lipoescultura, por sua vez, utiliza essa gordura retirada para a injeção em outras partes do corpo para preencher depressões ou fazer uma modelagem, sendo chamada de enxerto de gordura.

Nessa fase, a partir dos desejos do paciente, é definido qual o melhor método e em quais regiões do corpo ele será realizado. Em geral, o procedimento pode ser feito em qualquer área do corpo com gordura localizada, sendo as mais comuns:

  • coxas;
  • abdômen;
  • flancos;
  • costas;
  • braços;
  • pescoço (papada);
  • pernas

A realização do procedimento em mais de uma região deve ser conversada com o cirurgião plástico especialista considerando sangramento, logística e tempo de cada técnica.

Assim, destaca-se que a lipoaspiração pode ser usada para combater as gorduras localizadas e proporcionar um contorno corporal mais bem definido. A técnica, no entanto, não é indicada para pacientes que estejam muito acima do peso e não tem como objetivo o emagrecimento.

Como é realizado o procedimento?

O primeiro aspecto da cirurgia plástica é a anestesia que será administrada. No caso da lipoaspiração, o anestesista em conjunto com o cirurgião pode optar pela local com sedação, bloqueio (raqui ou peridural) ou geral. A definição depende das áreas aspiradas e se haverá associação com outros procedimentos.

Muitos pacientes interessados em realizar a lipoaspiração desejam saber previamente quantos quilos poderão ser retirados durante o procedimento.

No entanto, a cirurgia nunca deve ser planejada com base no volume a ser retirado e sim de acordo com a eliminação do depósito de gordura a ser tratado, com definição do contorno corporal.

De acordo com as indicações de segurança do procedimento o limite a ser retirado deve ficar entre 5% e 7% do peso corporal do paciente, não devendo exceder essa quantidade por questões estéticas e de segurança.

O cirurgião realizará uma incisão no local a ser aspirado e com o auxílio de cânulas, a gordura localizada passará por uma sucção. A lipoaspiração é um procedimento bastante complexo e, como tal, pode ocasionar complicações.

Cada corpo reage de maneira diferente. A maioria dos pacientes obtém o resultado desejado, entretanto outros podem apresentar resultados negativos, em maiores ou menores proporções, independente do trabalho médico ter sido feito com maior zelo, perícia e cautela. Algumas ocorrências são:

  • irregularidades na pele (mais comuns em pacientes com pele flácida);
  • necrose de pele por deficiência circulatória (sendo o tabagismo a causa mais frequente);
  • embolia pulmonar gordurosa (raríssima);
  • perfuração de vísceras (raríssima);
  • flacidez de pele na região lipoaspirada, mais comum em pacientes que já possuíam flacidez antes do procedimento.

Apesar dos riscos inerentes a qualquer procedimento cirúrgico, a realização da lipoaspiração por um profissional de confiança e especializado reduz os riscos, assim como os cuidados adequados no pré e pós-operatório.

Quais os cuidados no pós-operatório?

O pós-operatório da lipoaspiração pode variar de pessoa para pessoa e depende também do volume de gordura retirada e das áreas aspiradas. Em geral, o paciente pode retornar às atividades cotidianas em até sete dias.

O desconforto maior e a dor acontecem nos dois primeiros dias. O edema (inchaço) e as equimoses (manchas roxas) persistem por até 15 a 21 dias, sendo que esse prazo pode variar dependendo de cada paciente.

Para um pós-operatório melhor é indicado que sejam realizadas sessões de drenagem linfática a partir do 4º dia do pós-operatório. Essa técnica ajuda na eliminação dos líquidos retidos no organismo, diminui o inchaço, alivia os desconfortos e reduz os hematomas, contribuindo enormemente na recuperação do paciente.

Outros cuidados que devem ser tomados pelo paciente visando um pós-operatório mais adequado são:

  • repouso relativo por pelo menos três dias;
  • alimentação equilibrada e ingerir muito líquido e isotônicos;
  • usar a cinta e espuma (placa contensora) por 30 dias;
  • evitar manter-se deitado ou sentado por muito tempo, movimentando as pernas com caminhadas de aproximadamente 2 horas diárias.

Os cuidados no pós-operatório são determinantes para resultados mais satisfatórios com a lipoaspiração, sendo que a aparência definitiva pode ser vista após três meses, em média, de acordo com o paciente e os cuidados tomados.

A lipoaspiração é uma técnica complexa, mas bastante segura e que deve ser executada por um cirurgião plástico especializado para obter melhores resultados. A avaliação e alinhamento das expectativas são fases fundamentais para uma maior satisfação com o procedimento.

Quanto custa uma Lipoaspiração?

O Conselho Federal de Medicina e o Regimento Interno da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica proíbem a divulgação de preços de cirurgias plásticas pela internet. Por isso, os valores devem ser discutidos somente após uma avaliação presencial.

 

Clique aqui e envie-nos suas dúvidas.

Desejando agendar uma consulta, basta clicar no link “Agende sua consulta” ou ligue agora para (11) 3285-6412 ou 3285-3514.


Quanto Custa uma cirurgia para Lipoaspiração?
Confira quanto custa Lipoaspiração na Clínica da Dra. Luciana Pepino, entre outras Cirurgias Plásticas e Tratamentos Estéticos.
Dúvidas?
Fale diretamente com a Dra. Luciana sobre Cirurgia de Lipoaspiração.
Quero receber informações sobre Cirurgias Plásticas
Mais Lidos
Mais Comentados
Mais Votados