Lipoaspiração – Seu Corpo Precisa Desse Carinho

Lipoaspiração – altere seu contorno corporal

Uma cirurgia plástica para alterar o desenho do corpo é o sonho de muitas mulheres. A Lipoaspiração pode ser uma boa alternativa

A lipoaspiração está entre as cirurgias plásticas mais procuradas por pacientes brasileiros. Especialmente entre mulheres, a possibilidade de remodelar o corpo através do procedimento é atraente para quem tem gordura localizada e se sente incomodado com suas formas atuais.

Porém, esse tipo de cirurgia ainda se vê muito envolto de mitos e boatos que deixam muitas pessoas hesitantes.

Como funciona uma lipoaspiração? Quem pode fazê-la? Ela é um bom método de emagrecimento?

Para solucionar essas dúvidas, preparamos esse post especial para quem ainda hesita em relação a essa cirurgia. Confira!

O que é lipoaspiração?

A lipoaspiração é uma cirurgia plástica feita com o objetivo de retirar o excesso de gordura de áreas específicas do corpo, remodelando-as e dando à paciente um melhor contorno e proporção corporal.
Muitas pessoas, apesar de terem uma boa saúde, ainda podem ter depósitos de gordura localizada, e essas áreas com gordura acumulada podem deixar os contornos do corpo desproporcionais.

Esse acúmulo pode acontecer devido a características genéticas, à falta de controle do peso ou de atividades físicas.

A lipoaspiração pode ser feita para cuidar da gordura localizada em várias partes do corpo, como nas coxas, papada, costas, cintura, braços, peito, pernas etc.

Ela pode ser feita isoladamente ou em conjunto com outras cirurgias, como a abdominoplastia, o implante de prótese de mama e a redução de mamas.

Muitas pessoas confundem a lipoaspiração com a lipoescultura, mas os dois processos não são iguais.

Na lipoescultura, o cirurgião faz uma lipoaspiração e depois utiliza a gordura aspirada para preencher outras partes do corpo. Porém, a lipoaspiração pode ser realizada sem a lipoescultura.

Indicações

A lipoaspiração é um procedimento recomendado para pessoas com alguma gordura localizada que não reduz com exercícios físicos e dietas.

Antes da cirurgia, o médico pedirá alguns exames clínicos e fará uma avaliação. Pacientes com pele firme e elástica são melhores candidatos para fazer a cirurgia.

Além disso, talvez seja necessário tomar alguns medicamentos, ajustar os que a paciente já toma ou mesmo evitar alguns tipos, como aspirina. Como em toda a cirurgia plástica, é recomendado que as pacientes fumantes parem de fumar com bastante antecedência – pelo menos 30 dias antes da cirurgia.

O procedimento apresenta riscos para pessoas com muitas doenças, como hipertensão, diabetes e obesidade. Nesse caso, converse com seu médico sobre a real necessidade de passar por uma cirurgia estética e descubra qual é a melhor opção para você.

Expectativas realistas

Um ponto muito importante sobre a lipoaspiração é que ela não é um método de emagrecimento nem um tratamento para a obesidade. Passar por essa cirurgia não substitui a necessidade de praticar exercícios e ter bons hábitos alimentares.
Muitas pacientes chegam ao consultório do cirurgião plástico com a expectativa de que, depois que passarem pelo procedimento, ficarão magras. Mas a lipoaspiração pode apenas dar um novo contorno para o corpo. Ela não garante que a paciente ficará magra, especialmente por um longo período de tempo.

Mesmo antes de consultar um médico, tente sempre levar uma vida saudável, procurando uma atividade física prazerosa e comendo alimentos de alto teor nutricional. Para fazer uma cirurgia plástica sem tantos riscos, estar em dia com a sua saúde é essencial.

A importância dos cuidados pós-cirúrgicos

Para garantir um bom resultado, a paciente deve seguir à risca os cuidados pós-cirúrgicos indicados pelo médico. Entre eles estão o uso de medicamentos e o tempo de repouso, que vão depender da área operada e do caso da paciente.

Malhas de compressão ou bandagens elásticas colocadas na região aspirada ajudam a controlar o inchaço e comprimir a pele, resultando em uma cicatrização mais eficaz.

Além disso, a drenagem linfática também é de extrema importância no período pós-cirúrgico da lipoaspiração, para auxiliar na recuperação e diminuir o inchaço. Ela deve ser realizada por fisioterapeutas especializados em fisioterapia dermatofuncional.

O inchaço causado pelo procedimento deve desaparecer após alguns meses. Quando isso ocorrer, será possível ver os resultados. Seguir as recomendações médicas, assim como ter uma dieta saudável e fazer exercícios físicos – quando o médico liberar – garantirá um resultado duradouro.

A lipoaspiração pode retirar a gordura localizada, mas não é um método de emagrecimento. Procure cuidar de sua saúde antes de procurar um procedimento cirúrgico – porque estar saudável é um pré-requisito para passar pela cirurgia plástica. Converse com seu médico e discuta quais são suas opções!

Agora que você sabe qual é o objetivo da lipoaspiração, fique de olho nos 5 motivos para fazer uma lipoaspiração

Quer saber mais sobre lipoaspiração? Tire suas dúvidas no site da Dra. Luciana Pepino!

Saiba também tudo sobre prótese mamária!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).