Rinomodelação

 

Alguns tratamentos voltam a tona e trazendo nomes diferentes. Há muitos anos atrás chamávamos de bioplastia nasal, hoje ela renasce como Rinomodelação.

Trata-se de uma técnica de preenchimento, como qualquer outra.

Basta enxergar o que um pequeno volume no lugar certo pode fazer e nas mãos de médicos experientes o resultado será semelhante a de um rinoplastia.

O que é a Rinomodelação?

Técnica de preenchimento nasal que visa corrigir imperfeições do contorno nasal ou mesmo corrigir defeitos de rinoplastias anteriores.

Tenho como saber como vai ficar?

Algumas vezes lançamos mão da simulação com sorofisiológico, onde injetamos no lugar do produto o sorofisiológico para que o paciente verifique imediatamente o que o preenchimento pode fazer. Alguns minutos depois o soro será absorvido e o resultado se perderá.

Não recomendo que o procedimento seja feito em seguida, pois parâmetros de volume serão perdidos com o edema do nariz.

Como é feita?

Após a consulta, com o entendimento do desejo do paciente, avaliamos o contorno e o perfil da face. Alguns pontos serão escolhidos e a substância preenchedora é aplicada com o uso de anestesia local.

Algumas vezes pode ser necessária mais de uma aplicação, principalmente em pacientes com pele resistente e que exijam mais volume, já que não devemos injetar com muita pressão e sempre em pequenos volumes.

Após o procedimento deixamos um curativo com a finalidade de modelar e manter o produto bem posicionado e sem edema.

Orientamos não manipular o nariz.

Quais os materiais podem ser usados no preenchimento nasal?

Substâncias absorvíveis (mais seguras)

  • Ácido hialurônico
  • Hidroxiapatita de cálcio

Substâncias inabsorvíveis

  • PMMA
  • Metacrilato

Quanto tempo dura?

Em torno de 12 meses (os absorvíveis)

Quais os riscos?

Como todo procedimento, a rinomodelação não está isenta de complicações. Entre elas a infecção e a mais temida, a oclusão de vasos com a necrose de tecidos. Por isso a importância de realizar com um médico capacitado que poderá conduzir uma complicação corretamente.

Preciso me afastar do trabalho?

Não.

Quais as indicações?

Pacientes insatisfeitos com o perfil nasal e que não desejam realizar uma rinoplastia, mas estejam conscientes do resultado na rinomodelação.

Pacientes que apresentam pequenos defeitos de uma rinoplastia prévia.

A rinomodelação é uma técnica de preenchimento de nariz que também é conhecida como bioplastia nasal. Conheça as indicações e como é feita!

O nariz sempre teve uma participação expressiva entre os procedimentos estéticos mais realizados e além da rinoplastia, cirurgia de correção definitiva, os pacientes também podem beneficiar-se da rinomodelação, procedimento que antigamente era chamado de bioplastia nasal e voltou a tona com um novo nome.

O tratamento de rinomodelação consiste em uma técnica de preenchimento, como qualquer outra, destacando, portanto, que os efeitos podem ser temporários de acordo com a substância usada.

Basta enxergar o que um pequeno volume no lugar certo pode fazer e nas mãos de médicos experientes o resultado será semelhante ao de uma rinoplastia. Confira a seguir como é feita a bioplastia nasal e outros detalhes da rinomodelação.

O que é a rinomodelação?

A rinomodelação, também chamada de bioplastia nasal, é uma técnica de preenchimento de nariz que visa corrigir imperfeições do contorno nasal ou mesmo corrigir defeitos de rinoplastias anteriores.

A principal indicação da técnica é quando a insatisfação do paciente está relacionada a problemas de formato do nariz. O procedimento ainda pode apresentar resultados satisfatórios em relação à projeção da ponta.

Demandas mais complexas, como saliência do osso nasal exagerada ou largura do mesmo, exigirá a realização de uma rinoplastia de fato, pois será necessário fraturar o osso do nariz para que os resultados almejados sejam obtidos. No entanto, o preenchimento de nariz é útil em diversas situações.

Tenho como saber como vai ficar?

Algumas vezes lançamos mão da simulação com soro fisiológico, na qual injetamos no lugar do produto o soro fisiológico para que o paciente verifique imediatamente o que o preenchimento pode fazer. Alguns minutos depois o soro será absorvido e o resultado se perderá.

Não é recomendado que o procedimento seja realizado logo na sequência, pois os parâmetros de volume serão perdidos com o edema do nariz decorrente da simulação.

Como é feita a bioplastia nasal?

Uma dúvida frequente dos pacientes é sobre como é feita a bioplastia nasal. O primeiro passo para realizar a rinomodelação é uma consulta inicial na qual o cirurgião plástico conversará com o paciente sobre os desejos dele com a técnica.

Além disso, o especialista vai avaliar o contorno e o perfil da face. Alguns pontos serão escolhidos e a substância preenchedora é aplicada com o uso de anestesia local.

Algumas vezes pode ser necessária mais de uma aplicação, principalmente em pacientes com pele resistente e que exijam mais volume. Esse cuidado se deve ao fato de que não se deve injetar com muita pressão e sempre em pequenos volumes, dividindo as sessões de bioplastia nasal.

Após o procedimento é colocado um curativo com a finalidade de modelar e manter o produto bem posicionado e sem edema. Portanto, apesar de receios sobre como é feita a bioplastia nasal, a técnica é rápida e praticamente indolor, no entanto, o paciente não deve manipular o nariz inicialmente para não perder os resultados obtidos.

Quais os materiais usados no preenchimento de nariz?

O preenchimento de nariz pode ser realizado com diferentes substâncias que podem apresentar resultados mais ou menos naturais. A escolha também impacta a segurança do procedimento e permanência dos resultados. Confira quais são as substâncias usadas na rinomodelação e quais as vantagens e desvantagens de cada uma.

Substâncias absorvíveis (mais seguras)

  • ácido hialurônico: substância produzida naturalmente pelo organismo e que tem a produção reduzida com o avançar da idade. Devido a isso, o uso é muito seguro sendo utilizada também nas técnicas de preenchimento facial;
  • hidroxiapatita de cálcio: consiste em um composto absorvível pelo organismo com as mesmas características de dentes e ossos humanos, sendo que os principais componentes são o fosfato e cálcio;

Substâncias inabsorvíveis

  • PMMA (polimetilmetacrilato, metacril ou metacrilato): é uma substância que apresenta mais riscos de ser usada em preenchimento de nariz e atualmente é menos usada. Quando aplicado, o PMMA provoca uma reação micro-inflamatória que envolve as partículas do polímero e causa a formação de um tecido o envolvendo, mantendo a substância fixa e impedindo a absorção pelo organismo, de forma que o resultado é definitivo.

As diferentes opções de substâncias a serem usadas na rinomodelação não impactam como é feita a bioplatia nasal. Pode ocorrer uma alteração no procedimento quando optar-se por um procedimento associado, como a lipoaspiração.

Qual a duração dos resultados?

A duração dos resultados depende também do tipo de substância que é utilizada na bioplastia nasal, no entanto, é comum que os resultados tenham duração de 12 meses para o caso de substâncias absorvíveis. Já o uso do PMMA permite obter um resultado definitivo.

Quais os riscos da bioplastia nasal?

Como todo procedimento, a rinomodelação não está isenta de complicações. Entre elas a infecção e a mais temida, a oclusão de vasos com a necrose de tecidos. Por isso a importância de realizar a técnica com um médico capacitado que poderá conduzir uma complicação corretamente.

A indicação é que a técnica seja realizada por um cirurgião plástico que, além de conhecimentos mais aprofundados sobre a estética facial também tem autorização para usar as substâncias de preenchimento e conhecer as características de cada uma delas.

Preciso me afastar do trabalho?

Em geral, para a realização da rinomodelação não é necessário que o paciente se afaste do trabalho ou tenha a rotina alterada após o procedimento. No entanto, é recomendado evitar a exposição solar e não fazer massagens no nariz nos primeiros dias depois de realizada a técnica.

Quais as indicações do procedimento?

A bioplastia nasal é indicada para pacientes insatisfeitos com o perfil nasal e que não desejam realizar uma rinoplastia, mas estejam conscientes do resultado na rinomodelação, incluindo o caráter temporário de acordo com a substância usada no procedimento.

A indicação também se estende a pacientes que apresentam pequenos defeitos de uma rinoplastia prévia que podem ser corrigidos com alterações mais sutis, como de volume ou formato.

O objetivo desse conteúdo foi o de contextualizar a técnica de rinomodelação e explicar como é feita a bioplastia nasal, destacando as substâncias e indicações do preenchimento de nariz e quais resultados podem ser esperados com a técnica. Para mais informações, entre em contato com nossa clínica!

Existem contraindicações à rinomodelação?

Ao entender o que é rinomodelação é possível identificar que a técnica é recomendada para alguns casos, mas contraindicada para outros.

Em geral, não devem se submeter ao procedimento pacientes que tenham alergia ao produto usado ou qualquer componente da fórmula. Gestantes e lactantes também estão no grupo de contraindicados devido não haver estudos o suficiente que comprovem a segurança da técnica nesses casos.

Pessoas com doenças autoimunes ou que estejam com lesões ativas no local da aplicação também não devem ser submetidas ao tratamento. Caso esteja com infecções ou resfriado recomenda-se aguardar a melhora do quadro de saúde. 

Quais os pré-requisitos para fazer uma rinomodelação?

Caso o paciente não tenha nenhuma contraindicação como as mencionadas anteriormente, em geral, ele está apto para realização da técnica, mas essa confirmação só poderá ser feita por um cirurgião plástico.

Durante a avaliação com o especialista ele verifica se as expectativas do paciente são realistas com os resultados que a técnica pode entregar.

Vale ressaltar que o procedimento é mais limitante do que uma rinoplastia, pois cumpre funções relacionadas a aumentar ou modelar o nariz, não viabilizando, por exemplo, a redução do osso nasal ou da ponta do nariz.

Qual profissional é apto para fazer o procedimento?

É fundamental que ao optar por uma técnica como a rinomodelação, o paciente verifique quais os profissionais aptos a administrar a substância, que no Brasil são o cirurgião plástico e o dermatologista.

Além disso, é importante verificar a confiança do profissional e a capacitação dele para realização do procedimento, consultando o histórico e a experiência com técnicas que utilizam o ácido hialurônico ou procedimentos realizados no nariz.

Atualmente, as formas de o paciente verificar a credibilidade do especialista incluem a indicação de antigos pacientes, pesquisa nas redes sociais e canais especializados.

Posso pedir para ficar com nariz de celebridade?

Tanto no caso da rinoplastia quanto na rinomodelação uma solicitação comum é que o nariz fique igual ao de uma celebridade.

Essa prática, entretanto, é contraindicada nas duas situações. O formato do nariz é muito particular e leva em consideração toda a estrutura facial e a harmonização do rosto.

Dessa forma, em vez de buscar uma inspiração em um formato de nariz que fica bem em outra pessoa, a indicação é permitir que o cirurgião plástico avalie quais correções tornariam seu nariz mais harmônico com a face.

Quais as insatisfações que a técnica corrige?

Como afirmado, a rinomodelação é uma técnica mais restrita do que outros procedimentos estéticos. No entanto, ela permite algumas melhorias como:

  • deixar a aparência da ponta  do nariz mais empinada;
  • disfarçar a giba nasal;
  • corrigir assimetrias 
  • corrigir rinoplastias

Como benefício o resultado é alcançado imediatamente sem a necessidade de incisões ou internação.

O ácido hialurônico é uma substância segura?

Uma desconfiança comum em procedimentos que envolvem a aplicação de substâncias refere-se a segurança do produto utilizado.

O ácido hialurônico está entre as substâncias mais recomendadas para tratamentos estéticos, pois ela já está naturalmente presente no organismo.

Trata-se de uma molécula de açúcar que atrai a água e atua para lubrificar e absorver choques em partes móveis do corpo, como as articulações.

Normalmente, 56% dessa substância no organismo está presente na pele, garantindo o preenchimento entre as células e a manutenção de uma pele mais lisa, elástica e hidratada.

Preciso fazer exames pré-operatórios?

Uma dúvida frequente de quem deseja fazer a rinomodelação refere-se à necessidade de realizar exames antes de se submeter ao procedimento.

Destaca-se, entretanto, que essa prática não é necessária, pois não se trata de um procedimento invasivo, portanto, os exames pré-operatórios comuns, como eletrocardiograma, hemograma, coagulograma e outros não são exigidos nesses casos.

Como decidir entre a rinoplastia e a rinomodelação?

É importante que antes de decidir pela rinomodelação o paciente converse com o cirurgião plástico para entender os potenciais do procedimento, o que inclui o que ele pode efetivamente corrigir e por quanto tempo os resultados serão aparentes.

Ao pesquisar o que é rinomodelação, o paciente entende que a técnica não é definitiva e que as possibilidades são mais restritas.

Dessa forma, se o objetivo é uma alteração mais profunda e definitiva na estética nasal, a recomendação é optar pela rinoplastia.

Uma opção é realizar a rinomodelação para verificar se há adaptação com o novo formato nasal e se as alterações são satisfatórias, mas em geral, as indicações de cada procedimento são distintas.

Como é a recuperação da rinomodelação?

O período de recuperação da rinomodelação é uma etapa relativamente simples por se tratar de um procedimento não invasivo e que utiliza apenas preenchedores para alcançar os resultados desejados.

A aplicação é realizada entre 20 e 30 minutos e pode acarretar em um leve inchaço ou hematomas no local durante as horas seguintes. Não são comuns ocorrências de dor.

Ainda que a recuperação da rinomodelação seja simples, não é indicado ao paciente ter qualquer trauma no local da aplicação, usar óculos no local da injeção, realizar exercícios físicos no mesmo dia ou expor-se ao sol.

É recomendado ainda que se utilize dois travesseiros para repousar, pois manter a cabeça mais elevada ajuda no processo.

Apesar de incomuns, caso o paciente apresente dor, dificuldade na visão ou palidez na pele após a rinomodelação deve informar imediatamente ao médico responsável. 

Quais os resultados da rinomodelação?

Ao realizar a bioplastia nasal os resultados ficam evidentes imediatamente e incluem um nariz com menos imperfeições, respeitando os limites da técnica.

Para que os resultados do procedimento sejam mais satisfatórios é importante que o paciente siga corretamente as recomendações para uma boa recuperação da rinomodelação.

No caso do ácido hialurônico os resultados costumam permanecer por cerca de 12 meses, sendo fundamental escolher um cirurgião plástico de confiança para realização da técnica.

Clique aqui e envie-nos suas dúvidas.

Desejando agendar uma consulta, basta clicar no link “Agende sua consulta” ou ligue agora para (11) 3285-6412 ou 3285-3514.

Quanto Custa o procedimento de Rinomodelação?
Confira quanto custa Rinomodelação na Clínica da Dra. Luciana Pepino, entre outras Cirurgias Plásticas e Tratamentos Estéticos.
Dúvidas?
Fale diretamente com a Dra. Luciana sobre Cirurgia de Rinomodelação.
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp