Cirurgia plástica é saúde ou estética?

Cirurgia plástica é saúde ou estética?

O número de mulheres que pensa em fazer cirurgia plástica cresce a cada dia. E o que antes se limitava a mulheres mais maduras, hoje, também faz parte da realidade de muitas mulheres mais novas. Aumentar ou levantar os seios, corrigir defeitos da face ou mudar outras partes do corpo. São muitos os motivos que levam as brasileiras a recorrerem às cirurgias plásticas.

A operação tem alguns riscos, mas não traz apenas benefícios na estética em si. A correção dos seios aumenta a autoestima e melhora a sensação de bem-estar com o corpo. O que vai refletir não só na vida pessoal da mulher. Mas também nos outros setores de sua vida.

Com a autoestima elevada, a mulher blinda suas negativas e se afasta dos problemas que tinham uma relação direta com sua autoimagem. Ajudando até mesmo na recuperação de doenças. Por essas e outras razões, procurar por uma cirurgia plástica não se trata apenas de estética.

Quando a aparência incomoda

Cirurgia Plástica Saúde ou Estética

Quando a aparência incomoda muito isso acaba alterando alguns de seus comportamentos. Porém, é fundamental que a mulher mergulhe em si mesma. E encontre a razão dessa decisão para poder confirmar seus desejos. Fazer cirurgia não é algo fácil nem barato. Além de exigir uma série de cuidados, assim como qualquer outra operação.

As operações sempre terão algum risco e um período de adaptação do corpo às novas condições. Além de haver complicações em pacientes com alcoolismo, obesidade, fumo ou doenças crônicas. Vale lembrar também que até mesmo aquelas operações minimamente incisivas deixam cicatrizes para o resto da vida.

Antes da operação, é primordial que haja uma preparação, que envolve exames radiológicos, cardiológicos e clínicos, entre outras coisas exigidas pelo cirurgião.

Saúde ou estética em primeiro lugar?

Cirurgia Plástica Saúde ou Estética

A busca pelo equilíbrio com o meio em que se vive é um dos objetivos do ser humano que prioriza estar de bem com tudo o que o cerca. Em nossa sociedade, a cirurgia plástica é uma das alternativas a que se pode recorrer para conseguir atingir um total bem-estar, contanto que questões existenciais estejam resolvidas dentro do indivíduo.

Os motivos podem variar de paciente para paciente. O fato é que todo mundo quer ter um nariz bonito hoje em dia, mas às vezes se esquece de sua função de respiração. Um nariz que tenha má formação irá comprometer a qualidade da respiração, bem como mamas muito grandes afetam a coluna.

Não existe, de fato, uma cirurgia plástica que vise apenas a estética, já que função é sempre analisada junto ao fator beleza e esses dois pontos são inseparáveis numa cirurgia plástica.

A maior procura, atualmente, é pelas próteses de mama, que estão à frente da lipoaspiração. Outros procedimentos comuns são a rinoplastia (correção do nariz) e o face lifting (eliminação do excesso de pele no rosto). Seja a cirurgia de caráter estético, reparador ou por causa da existência de deformações e fatores que causam interferências na saúde da mulher. O que vai determinar a cirurgia plástica, além dos motivos, são suas reais necessidades.

Cada cirurgia plástica tem suas particularidades e o importante é que elas sempre aconteçam de forma responsável. Respeitando os limites do corpo e buscando sempre pela melhora na qualidade de vida de um modo geral. Estando bem com seu corpo e ciente dos riscos, das complicações e dos resultados, você só tem a ganhar com a decisão de fazer uma cirurgia plástica.

Você pode gostar também de: Descubra como a prótese mamária vai aumentar a sua autoestima.

Saiba mais sobre: Mastopexia, Hidrolipo, Lipoescultura, Correção de Cicatrizes, Mamoplastia, Ninfoplastia, Otoplastia e Rinoplastia.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).