(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Cabelo e autoestima: perda de cabelo interfere no bem-estar

Cabelo e autoestima: perda de cabelo interfere no bem-estar

Cabelo e autoestima têm relação profunda. Os fios, aliás, se somam a outros fatores físicos que influenciam o bem-estar de uma pessoa – como, por exemplo: o peso, a definição corporal ou a aparência ortodôntica. Cabelo e autoestima: perda de cabelo interfere no bem-estar.

E engana-se quem pensa que a queda dos fios é uma ocorrência exclusivamente masculina. Ainda que os homens sejam os mais afetados, parte da população feminina também precisa enfrentar esse desafio.

Mas, assim como esses outros itens que fazem parte da lista de incômodos com a aparência física, a perda de cabelos também tem solução.

Acompanhe neste artigo mais informações sobre queda capilar, conheça dados de pesquisas que mostram como cabelo e autoestima andam de mãos dadas. E, principalmente, veja as soluções para essa situação.

Cabelo e autoestima: como os fios impactam no bem-estar

Segundo pesquisa da International Society of Hair Restoration Surgery (ISHRS), o cabelo (ou a falta dele) é o atributo físico que mais afeta a autoestima.

De acordo com os dados, 75% dos homens que têm perda capilar sentem-se menos confiantes, principalmente nas questões de relacionamento amoroso. Além disso, o estudo também concluiu que 62% deles concordam que o cabelo afeta a carreira.

Confirmando a relação entre cabelo e autoestima, estudo realizado pela marca de shampoo  Head&Shoulders, com mulheres em todo o Brasil, conclui que para 85% das entrevistadas ter um cabelo bonito é condição determinante para sentir-se bem com a aparência.

Fica evidente que o enfraquecimento dos fios, a perda de cabelo e a calvície (em casos que já estão mais avançados) podem alterar bastante a imagem que é refletida no espelho.

E todos sabemos que não gostar da própria aparência é um fator que pode impactar  as relações pessoais e profissionais de alguém, bem como a autoconfiança das pessoas.

Vale lembrar, ainda, que gostar fisicamente de si mesmo não é algo fútil, frívolo. Pelo contrário, trata-se de uma pauta frequentemente discutida em sociedade.

Isso porque a prática “de se amar” e exercitar o autocuidado são fatores que contribuem, de fato, para a saúde – tanto em termos psicológicos quanto físicos, afinal, os dois pontos estão relacionados.

Em outras palavras, se sua aparência é motivo de insatisfação, seja qual for a causa, vá atrás de uma solução. Mas, claro, sempre de forma responsável e colocando a saúde em primeiro lugar.     

No caso dos fios, existem alguns caminhos para manter a boa relação entre cabelo e autoestima. E, a seguir, nós mostramos como.

Cuidar dos fios também é importante para a saúde

A saúde dos fios é um aspecto que sofre influência de diversos fatores: o tipo de alimentação, por exemplo, e, obviamente, a falta de cuidado com os fios e couro cabeludo.  

Cabelo forte e bonito precisa de atenção praticamente diária. São essenciais os cuidados básicos, como a boa higiene e o cuidado capilar, com o uso de produtos adequados e de qualidade (shampoos, cremes, protetores térmicos).

A assessoria periódica de bons profissionais para um cuidado mais profundo também é importante – cortar e hidratar os fios, por exemplo. Além disso, em caso de procedimentos químicos (progressivas, tinturas, dentre outros), a atenção tem que ser redobrada.     

Contudo, problemas como a perda de cabelo ou o enfraquecimento dos fios também podem ser uma consequência de algum problema de saúde ou, mesmo, de condições genéticas.

Quando essa perda ou enfraquecimento for muito acentuado, o mais indicado é procurar ajuda médica para descobrir o que está acontecendo e iniciar um tratamento que atue nas causas do problema.

Solucionando a perda de fios e equilibrando a relação entre cabelo e autoestima

Tratamentos clínicos e capilares com objetivos variados são uma opção para melhorar a relação entre cabelo e autoestima.  Eles vão evitar a queda de cabelo, fortalecer os fios, estimular o crescimento, dentre outros benefícios.

Já para quem está em um estágio mais avançado da queda, a melhor via em busca de uma recuperação do bem-estar e da satisfação com a própria aparência pode ser o transplante capilar

Esse procedimento, que tem sido cada vez mais procurado, tanto pela ala masculina quanto feminina, é minimamente invasivo e se caracteriza pela implantação de folículos pilosos, estruturas onde nascem cabelos/pelos.

Eles são retirados principalmente da região da nuca e laterais do couro cabeludo, transplantando os fios  para a área afetada pela calvície e aguardando o crescimento natural e duradouro do cabelo.

Entretanto, é fundamental reforçar que, desde a avaliação da causa da perda de cabelos até a realização do tratamento adequado, contar com o acompanhamento de profissionais especializados e capacitados é indispensável.

Só assim, será possível preservar a saúde, bem como tomar as melhores e mais eficazes providências para qualquer que seja o incômodo. E, assim, garantir que cabelo e autoestima caminhem lado a lado!  

Se você gostou dessa leitura e quer ficar por dentro de mais assuntos envolvendo saúde e bem-estar, não deixe de acompanhar o blog da Clínica Luciana Pepino.

Entre os diversos conteúdos, sugerimos os artigos a seguir – tenha uma ótima leitura!  

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.