(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Mulher olhando para a câmera

Como escolher a melhor clínica de cirurgia plástica em SP?

Confira quais critérios usar para escolher uma clínica de cirurgia plástica mais confiável em São Paulo!

A escolha da clínica de cirurgia plástica em São Paulo ou demais localidade é uma etapa fundamental para realizar o seu procedimento estético com mais segurança e conforto. Afinal, isso pode minimizar os riscos e incertezas sobre a técnica ou profissional escolhido.

Apesar dessa importância, muitas pessoas interessadas em realizar uma cirurgia plástica acabam focando essa escolha apenas na questão financeira. Assim, os resultados obtidos com o procedimento e a própria vida do indivíduo são colocados em risco.

Estima-se que 97% dos erros médicos durante cirurgias plásticas são causados por profissionais sem especialização na área. Os dados são do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP). Esse é outro motivo que justifica a escolha de uma clínica de cirurgia plástica em São Paulo mais confiável.

Pensando nisso, preparamos este post com diversas informações sobre como uma escolher uma clínica de cirurgia plástica em São Paulo. Continue a leitura e fique por dentro!

O que caracteriza um erro médico?

Primeiro, é importante deixar claro que todo procedimento cirúrgico tem risco. Contudo, eles podem ser minimizado quando o profissional responsável pela cirurgia toma as medidas necessárias para evitar um erro médico.

Este acontece quando o profissional deixou de seguir com as práticas técnicas orientadas pela ciência ou agiu sem ética. Assim, existe uma ruptura na confiança e credibilidade entre o médico e o paciente ou seus familiares.

Quais são os principais erros médicos em cirurgias plásticas?

Você já entendeu a definição de erro médico. A partir de agora, conheça quais delas são mais comuns em cirurgias plásticas:

  • profissionais sem qualificação — alguns médicos atuam na ilegalidade, sem ter as certificações necessárias que comprovam a competência na realização de cirurgias plásticas;
  • procedimento realizado em local inadequado — contar com locais impróprios na realização de cirurgias eleva os riscos de infecções e paradas cardiorrespiratórias, principalmente nos procedimentos mais invasivos;
  • materiais impróprios para o procedimento — materiais inadequados na realização das cirurgias plásticas também trazem riscos, como o uso do silicone industrial no corpo humano;
  • uso abusivo de anestesia local — o anestésico local é tóxico e precisa ser usado em pequenas doses para evitar problemas, como risco de convulsões, colapso cardiovascular, arritmia cardíaca, coma ou até morte;
  • remoção excessiva de tecidos — o profissional deve impor limites na remoção de tecidos, para evitar riscos que, muitas vezes, podem não ter correção.

Como ter certeza de que o profissional escolhido é habilitado e experiente?

Como foi possível notar, a escolha do profissional é tão importante quando a do procedimento e da clínica. Logo, listamos algumas dicas para que o cirurgião escolhido seja habilidade e experiente. Acompanhe:

  • analise as referências — conhecer a visão de outros pacientes quanto a abordam dos médicos é fundamental para entender o nível de atenção e a disponibilidade dos profissionais, por exemplo;
  • confiro o registro profissional — é possível evitar o risco de profissionais sem qualificação ao conferir o registro deles no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP);
  • analise o preço cobrado — analise a média de preços no mercado para saber se as opções consideradas estão muito acima ou muito abaixo, o que sinaliza desproporcionalidade aos custos envolvidos e exige desconfiança;
  • avalie redes sociais e sites — confira se o médico em questão compartilha imagens com o resultado dos procedimentos efetuados, o que é uma prática proibida pela SBCP e que fere a integridade dos pacientes, além de mostrar uma ação antiética do profissional;
  • faça uma consulta prévia — a partir das dicas citadas você pode fazer uma consulta para tirar eventuais dúvidas, avaliar autoridade, disponibilidade e outras características do cirurgião.

Como escolher a melhor clínica de cirurgia plástica em São Paulo?

É essencial que a decisão quanto ao cirurgião plástico que conduzirá o tratamento seja feita considerando critérios de qualidade e idoneidade da clínica.

Essa avaliação prévia permite conhecer qual a melhor clínica de cirurgia plástica garantindo que o procedimento seja realizado em um local mais seguro e por um profissional especializado e qualificado.

Confira 7 critérios para fazer essa análise a seguir e obter melhores resultados com sua cirurgia plástica!

1. Credenciamento do profissional

O primeiro passo na avaliação de um cirurgião plástico é verificar se ele é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), órgão responsável pelo credenciamento de médicos especializados na área de cirurgia plástica.

Isso garante que o profissional é apto para realizar esse tipo de procedimento e é mais qualificado para tal.

Outro credenciamento a ser verificado é junto ao CRM (Conselho Regional de Medicina). Com esse número é possível analisar se o médico está com CRM ativo, inativo ou se ele foi cassado.

Assim, o primeiro passo é desconsiderar profissionais que não sejam membros da SBCP ou que tem o CRM cassado ou inativo.

2. Confiabilidade

A confiabilidade da clínica de cirurgia plástica deve ser avaliada a partir de um conjunto de informações disponíveis. Por exemplo, negar-se a informar o CRM do médico é um indicativo de que o local não é confiável.

Outro exemplo é que os órgãos oficiais proíbem que se informe o custo de um procedimento cirúrgico antes da consulta médica. Portanto, desconfie se a clínica fornecer esse tipo de informação previamente.

Mesmo fatores como a apresentação da clínica, profissionalismo da equipe e bom atendimento demonstram mais credibilidade à opção.

3. Segurança

Quando falamos em intervenções cirúrgicas, a segurança apresenta-se como um fator central, pois sem ela o paciente coloca a própria vida em risco.

Verifique a estrutura da clínica de cirurgia plástica, analisando limpeza, materiais usados e disponibilidade dos equipamentos.

Fuja de clínicas que garantam a realização de procedimentos cirúrgicos em ambiente clínico, pois técnicas mais invasivas exigem que haja uma UTI disponível e com vaga.

Questione tanto sobre a estrutura no momento da cirurgia como também as instalações no pós-cirúrgico.

4. Cumprimentos das normas

Para garantir maior segurança aos pacientes, as clínicas devem seguir a legislação da área médica. Além da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) que tem atuação nacional, o estado de São Paulo ainda conta com a fiscalização de dois órgãos:

  • COVISA (Coordenadoria de Vigilância Sanitária);
  • CREMESP (Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo).

O cumprimento das regras é essencial para segurança do paciente. Assim, verifique se a clínica de cirurgia plástica escolhida é certificada pelos dois órgãos.

5. Qualificação da equipe médica

Para saber se a clínica é adequada deve-se verificar a qualificação de toda a equipe médica, não apenas no cirurgião responsável. O anestesista e enfermeiros são essenciais para o sucesso do procedimento.

No caso do cirurgião plástico também é preciso verificar algumas informações para certificar-se da qualificação do profissional. Entre os aspectos a serem considerados estão:

  • qual a formação do profissional, verificando a universidade que ele cursou;
  • verifique onde ele fez residência médica;
  • analise se há uma especialização em cirurgia plástica;
  • confira se o profissional continua realizando cursos e se aperfeiçoando;
  • verifique a participação em congressos e publicações.

Esses elementos indicam não apenas que o cirurgião tem uma formação adequada como também que está constantemente trabalhando para melhorar seu trabalho.

6. Recomendações de outros pacientes

A internet possibilitou um acesso muito mais fácil e rápido à informação e esses benefícios devem ser usados para auxiliar em momentos importantes, como o de escolher a clínica de cirurgia plástica.

Pesquise sobre a recomendação de outros pacientes, avaliando o que eles opinaram sobre a qualidade do atendimento, execução da técnica e mesmo suporte no pós-operatório.

Com essas informações você consegue identificar profissionais mais qualificados e recomendados. Quando se utiliza a pesquisa na internet associada a outras técnicas de verificação, garante-se uma escolha mais acertada.

7. Transparência nos dados da clínica

Está difícil conseguir uma informação importante sobre a clínica? Então desconfie! A transparência dos dados é fundamental, considerando clareza nas informações de contato, registros dos profissionais em órgãos competentes, instruções pré e pós-operatórios e outras.

A clínica deve fornecer todo esse suporte para que o paciente tenha condições de pesquisar a confiabilidade, registros e licenças do local e dos profissionais responsáveis.

Portanto, seguindo essas 7 dicas você conseguirá escolher a melhor clínica de cirurgia plástica de São Paulo e garantir um tratamento e resultados mais satisfatórios. Nesse sentido, é válido analisar a Clínica Dra. Luciana Pepino e entender o que a torna diferenciada no atendimento aos pacientes.

Então, conseguiu fazer a sua avaliação quanto a clínica de cirurgia plástica de São Paulo? Agende agora a sua consulta na que mais garante segurança: Clínica Dra. Luciana Pepino!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.