Dicas para garantir a segurança na cirurgia plástica

Dicas para garantir a segurança na cirurgia plástica

Eis aqui um grupo de informações relevantes e essenciais que você precisa seguir à risca

Garantir a segurança na cirurgia plástica não é uma tarefa tão difícil assim. Com a emoção do momento, é comum pular algumas etapas que podem fazer uma diferença gritante lá no futuro. Afinal, ninguém quer ter um sonho realizado e ter que lidar com algum tipo de complicação assim que sair do centro cirúrgico. Como já falamos aqui no blog, tudo começa naquele momento em que você senta na frente do computador e começa a pesquisar por médicos e locais que realizam a operação e, a partir daí, o processo todo exige cautela.

É comum desconfiar e é esse sentimento que fará você tomar todas as providências necessárias para garantir a segurança na cirurgia plástica. Não se trata de um comportamento negativo, pois, com certeza, você encontrará muitos casos diferentes, como sites que disponibilizam fotos de um procedimento, sendo que isso é uma quebra do código de ética da Medicina. Os resultados são variantes de uma pessoa para a outra e a fotografia nada afirma que você ficará igual.

Assim, escolher o cirurgião requer uma pesquisa ampla, como conversar com quem já tenha feito o mesmo procedimento, buscar reclamações que têm aos montes na web e, claro, checar a credencial dele junto à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Outras dicas valiosíssimas que não podem passar despercebidas para garantir a segurança na cirurgia plástica são:

Não fuja dos exames de rotina. O médico ainda solicitará mais alguns se houver riscos de complicação durante a cirurgia bem como alergias à anestesia;
Seja honesto/a. Se você consome álcool ou toma algum tipo de antibiótico, relate ao médico. Isso evita complicações cirúrgicas;
Fumantes são vistos como pacientes de risco. Faça um esforcinho e interrompa o vício meses antes da operação;
Não hesite em tirar dúvidas sobre o tipo de anestesia, como também não deixe de avisar sobre hábitos nocivos que podem contribuir para que aconteçam episódios de Consciência Transoperatória;

Qualquer procedimento estético só é realizado por meio da análise minuciosa da saúde do paciente. A partir do momento em que você marcar a primeira consulta, cheque se o ambiente do qual acontecerá a operação, independente se é uma clínica ou um hospital. Isso ajuda a diminuir os riscos de algo dar errado, como também a garantir a segurança na cirurgia plástica.

Outro fator muito influente para garantir a segurança na cirurgia plástica é não sentir vergonha de demorar muito tempo para tomar a decisão final. Pesquise e analise todas as informações até se sentir confiante. O mais importante é ser realista, um sentimento que ajuda a garantir uma cirurgia plástica bem-sucedida.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Ariane Cassia de lima disse:

    Dra Sueli tenho 33 anos tenho um filho de 18 e agora tive o segundo a minha barriga e meus seios ficaram deformados queria saber se eu posso fazer esse tipo de cirigia meu sonho agora é tira essa bariga e arumar meus seios,bju e obrigado

    • Luciana Pepino disse:

      Olá Ariane! Tudo bem?

      Sinceramente eu não tenho como te orientar por aqui, pois eu preciso te avaliar pessoalmente. Como sempre digo, a consulta presencial é muito importante, pois é nesse momento que o especialista fica sabendo de mais informações essenciais sobre o paciente – como o histórico médico. Assim eu consigo garantir conforto e segurança a você.

      Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: http://goo.gl/eqc7rp
      Beijos

  2. Dra Sueli tenho 18 anos tive um bebé a 4 messes… fiquei com um inchaço muita grande na parte abdominal e muita flacidez…Gostaria de sabe se a abnoplastia teria eficacia nesses defeitos… tbm tenho uma anormalidade nos seios eu poderia fazer as 2 cirurgias juntas °?
    márcia
    Att.

    • Luciana Pepino disse:

      Olá Márcia!

      Sim, é muito comum associação de dois ou mais procedimentos numa mesma cirurgia, porém preciso avaliar você para lhe responder suas dúvidas. Como sempre digo, a consulta presencial é muito importante, pois é nesse momento que o especialista fica sabendo de mais informações essenciais sobre o paciente – como o histórico médico.

      Se desejar, pode entrar em contato conosco para agendar sua primeira consulta, será um prazer atendê-la. No link estão nossos telefones: http://goo.gl/eqc7rp

      Beijos

  3. Sônia Conceição dos Santos disse:

    Essas dicas e respostas são muito valiozas para nós…

    Obrigada!

  4. Sueli Rocha disse:

    Dra Luciana,tenho uma hérnia umbilical,posso fazer a abdominoplastia e retirada da hérnia juntos?

    • Luciana Pepino disse:

      Sueli,

      Somente as hérnias umbilicais são tratadas durante uma abdominoplastia, no momento da confecção do neoumbigo.
      Mas isso deve ser conversado e verificado anteriormente com seu médico.

      Beijos

WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp