Drenagem Linfática

1. PARA QUE SERVE A DRENAGEM LINFÁTICA APÓS UMA CIRURGIA?

drenagem linfatica manual

Depois de uma cirurgia ou de algum trauma, existe uma passagem maior de líquidos através da parede dos vasos sanguíneos. Nas cirurgias, além disso, os canais linfáticos responsáveis pelo escoamento desta linfa são danificados. A Drenagem Linfática auxilia neste escoamento dos líquidos e toxinas do corpo, reduzindo o inchaço e evitando o acúmulo localizado de líquido (seromas) e as indesejáveis fibroses (nódulos) que podem se formar durante o processo de cicatrização da lipoaspiração.

2. COMO É FEITA A DRENAGEM LINFÁTICA NESTES CASOS?

É feita com massagens sobre toda a área operada, e em pontos que ativam os gânglios linfáticos, levando a linfa até eles, facilitando assim o escoamento deste líquido. No início elas são bem suaves e não há dor durante a sessão. Nos casos de formação de fibrose é necessária a manipulação com maior vigor para a melhora destas cicatrizes.

3. É UTILIZADO ULTRASSOM NESTA DRENAGEM LINFÁTICA?

Sim. O ultrassom provoca agitação e impulsão das partículas líquidas, reorganizando as fibras, que na maioria das vezes após a cirurgia acabam formando as fibroses. O ultrassom faz com que elas desapareçam rapidamente.drenagem linfática emagrece

4. QUANDO É RECOMENDADA A DRENAGEM LINFÁTICA PÓS-OPERATÓRIA?

Em todas as cirurgias, mas principalmente nas lipoaspirações, abdominoplastias, ginecomastias, mamoplastias, próteses de mama, blefaroplastia e lifting.

5. QUANDO POSSO INICIAR AS SESSÕES DE DRENAGEM LINFÁTICA APÓS UMA CIRURGIA?

Deve ser iniciada somente depois da liberação médica. Em nossa clínica acompanhamos os retornos de pós-operatório liberando o início das drenagens em torno do 4° ao 7° dia.

6. QUANTAS SESSÕES DE DRENAGEM LINFÁTICA DEVEM SER FEITAS?

Em média 10 sessões, mas nas avaliações do pós-operatório posso indicar que continue com mais sessões.

7. A QUEM DEVO PROCURAR PARA FAZER DRENAGEM LINFÁTICA PÓS-OPERATÓRIA?

drenagem linfatica preçoContamos com uma equipe de fisioterapeutas habilitadas, experientes no tratamento de pacientes em pós-operatório, em contato direto comigo, e comprometidas com nosso resultado, onde toda a evolução das drenagens linfáticas é informada semanalmente.

8. A DRENAGEM LINFÁTICA REDUZ MEDIDAS? PERCO GORDURA?

A drenagem linfática não elimina gordura. Com a eliminação da água, geralmente há uma diminuição das medidas, somente pela diminuição do inchaço e não de gordura.

9. QUANTO CUSTA FAZER UMA DRENAGEM LINFÁTICA?

Para saber mais informações de preços e pacotes, entre em contato conosco pelo (11) 3285-6412 ou 3285-3514. Não procure por menores valores, mas sim por profissionais habilitados e comprometidos com o resultado da sua cirurgia.

10. O QUE FAZ O SISTEMA LINFÁTICO?

Para compreender melhor os benefícios e motivos para fazer a drenagem linfática é preciso saber como funciona e o que faz o sistema linfático.

Ele é composto por vasos e gânglios e tem como função coletar impurezas da circulação e manter o sistema imunológico ativo contra ameaças. Entre as funções do sistema linfático destacam-se:

  • remoção dos fluídos em excesso dos tecidos corporais;
  • absorção dos ácidos graxos e transporte da gordura para o sistema circulatório;
  • produção de células imunes.

A circulação linfática funciona juntamente com a sanguínea. Essa rede coleta as partículas indesejáveis presentes no corpo e estimula o sistema imune a conter ameaças. 

Assim, o sistema linfático ajuda a purificar os líquidos corporais e eliminar os indesejados, como gorduras, toxinas e outros.

11. O QUE É DRENAGEM LINFÁTICA?

Uma dúvida comum sobre o assunto é: o que é drenagem linfática, afinal? Resumidamente, é uma técnica de terapia corporal que tem como objetivo auxiliar, otimizar e facilitar a circulação da linfa – que consiste no excesso de fluidos presentes nos órgãos e tecidos – e sua expulsão do organismo.

Esse resultado é possível, pois a drenagem linfática ajuda na circulação sanguínea, e elimina micro-organismos e toxinas prejudiciais ao corpo.

12. QUAIS OS BENEFÍCIOS DA DRENAGEM LINFÁTICA?

Os benefícios da drenagem linfática justificam a ampla utilização da técnica com o objetivo de um pós-operatório mais saudável e rápido ao paciente. Pensando nessa aplicação da técnica, as principais vantagens que podem ser destacadas são:

  • desintoxicação do organismo;
  • eliminação de líquidos acumulados;
  • ativação do sistema imunológico;
  • atuação como analgésico, minimizando dores e desconforto pós-operatório;
  • alívio de hematomas e inchaços após cirurgias plásticas.

Devido aos benefícios da drenagem linfática no pós-operatório de diferentes procedimentos cirúrgicos é essencial que a técnica seja realizada caso haja a indicação médica.

13. QUANDO INICIAR DRENAGEM LINFÁTICA PÓS-ABDOMINOPLASTIA?

Muitas pessoas submetidas ao procedimento não sabem quando iniciar a drenagem linfática pós abdominoplastia e retardam ou iniciam esse tratamento antes que haja a liberação médica.

Dessa forma, o mais recomendado é esclarecer as dúvidas sobre o pós-operatório com drenagem linfática antes mesmo de ser submetido à cirurgia plástica. Em geral, a recomendação é que as sessões tenham início entre o 4º e 7º dia após a cirurgia, assim como acontece em outras técnicas.

14. QUAIS AS CONTRAINDICAÇÕES DA DRENAGEM LINFÁTICA?

Apesar dos benefícios da drenagem linfática, existem alguns casos nos quais o procedimento é contraindicado. Entre eles:

  • pacientes com câncer ou tumores malignos;
  • tuberculose;
  • infecções e processos inflamatórios agudos;
  • edemas oriundos de insuficiências renais, hepáticas ou cardíacas sem tratamento;
  • trombose venosa profunda;
  • insuficiência cardíaca congestiva;
  • hipertireoidismo.

Devido essas restrições é importante informar ao médico responsável as condições de saúde e apenas iniciar as sessões de drenagem linfática quando recomendado pelo profissional.

15. QUANTO TEMPO DEMORA UMA SESSÃO DE DRENAGEM?

O tempo de duração de uma sessão de drenagem linfática pode variar de acordo com a região do corpo assim como o tipo de cirurgia realizada pelo paciente.

Em geral, quando é realizada a drenagem na face a duração é de cerca de 40 minutos, enquanto a corporal tem duração média uma hora

16. QUEM TEM TROMBOSE PODE FAZER DRENAGEM LINFÁTICA?

Como destacado nas contraindicações da drenagem linfática, o procedimento não é para todo mundo e o destaque é para pessoas que tenham algum risco vascular, como insuficiência cardíaca ou trombose.

No caso de pacientes com risco de trombose a realização da drenagem pode fazer como que haja a mobilização de algum trombo e consequente embolia

17. A DRENAGEM LINFÁTICA AJUDA A DIMINUIR CELULITE?

Além dos benefícios da drenagem linfática no pós-operatório de diferentes cirurgias plásticas, a técnica também é vantajosa para quem deseja diminuir as celulites, comuns na região abdominal, dos glúteos e coxas.

A retenção de líquidos é uma das causas da celulite. A massagem vai beneficiar justamente pela eliminação do líquido excedente, ajudando na redução dos nódulos de celulite.

18. QUAIS OS BENEFÍCIOS DE BEBER ÁGUA ANTES DA MASSAGEM?

Um dos equívocos de quem está com retenção de líquidos é acreditar que deve reduzir a ingestão de bebidas, como água, para minimizar o inchaço.

Beber água antes e depois da drenagem linfática ajuda a reduzir a retenção dos líquidos e facilita na eliminação das toxinas do organismo. 

Portanto, beber a quantidade de água adequada diariamente é fundamental para manter-se saudável e contribuir no funcionamento do sistema linfático.

19. É MELHOR FAZER A DRENAGEM COM APARELHO OU MANUAL?

Tanto a drenagem linfática com aparelho, quanto a manual apresentam resultados satisfatórios para melhorar a circulação sanguínea, eliminar toxinas e aumentar a oxigenação dos tecidos.

Apesar de ambas serem benéficas, no pós-operatório a drenagem linfática manual pode ser mais vantajosa. Isso porque o fisioterapeuta consegue identificar com mais precisão as regiões com nódulos, edemas e inchaço, trabalhando mais nesses locais.

A drenagem linfática é um procedimento muito utilizado no pós-operatório de diferentes cirurgias plásticas como lipoaspiração, abdominoplastia, lifting e outras.

A indicação da técnica, tanto após uma cirurgia plástica, como para melhorar o bem-estar do paciente pode ser feita pelo cirurgião plástico ou fisioterapeuta. Converse com seu médico!