(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar

Alectomia

Rinoplastia: tire todas as suas dúvidas conosco

Cirurgia de redução das asas nasais

A alectomia é a cirurgia realizada com o objetivo estético de reduzir o diâmetro das asas nasais em casos de pacientes que se sintam incomodados com o seu tamanho.

Em que idade é indicada a realização da alectomia?

Não existe idade ideal para a realização da alectomia, e sim indicação de correção quando o tamanho das asas nasais incomodam esteticamente o paciente, desde que respeitado o completo desenvolvimento da face.

Na alectomia onde se localizam as cicatrizes?

As cicatrizes ficam escondidas no sulco das asas nasais, muitas vezes imperceptíveis.

Qual a anestesia utilizada na alectomia?

Por ser uma cirurgia de baixa complexidade e que pode ser realizada em consultório, geralmente é feita com anestesia local (apenas no local das incisões).

Após a cirurgia o paciente já pode voltar para casa.

Qual a duração média do procedimento?

Tem uma duração média de 30 minutos a 1 hora.

Como é realizada a cirurgia?

De acordo com a anatomia de cada paciente será escolhida a técnica mais adequada para a realização da alectomia.

Existem casos nos quais é necessário uma retirada maior de tecido no contorno interno das narinas. Em outro o excedente é mais externo, e na grande maioria remove-se de ambas as partes.

Depois da anestesia local, é realizada uma incisão no sulco entre a asa nasal e a bochecha, seguida por um remoção de tecido em formato trinagular e finalizada com pontos.

Retirada de pontos

Os pontos são retirados geralmente após 5 dias da cirurgia.

Cuidados pré-operatórios

Não existe nenhum cuidado pré-operatório específico.

Pós-operatório e recuperação da alectomia

A recuperação geralmente é bem simples, os pacientes não apresentam dor e o incômodo é discreto. Recomenda-se que nos primeiros meses após a cirurgia se evite exposição ao sol.

Recomenda-se também que os pacientes não façam expressões exageradas, como sorrisos largos, para evitar movimentação da área e assim facilitar a cicatrização.

Quanto as medicações, podemos citar o uso de anti-inflamatórios, analgésicos e antibióticos, que poderão ser prescritos pelo cirurgião de acordo com a individualidade de cada caso.

Em quanto tempo se pode observar o resultado?

Em uma média de 3 meses (90 dias).

Quanto custa a cirurgia de Alectomia?

Por determinação expressa em Resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) e ainda pelo Regimento Interno da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), é PROIBIDA a divulgação de preços de cirurgias plásticas e procedimentos estéticos, como a alectomia, em sites na internet.

Para saber o valor da cirurgia, o primeiro passo é agendar uma avaliação presencial. Havendo indicação de cirurgia, iremos lhe explicar todos os custos e as várias formas de pagamentos disponibilizadas.

Como escolher um profissional capacitado para fazer a alectomia?

A Alectomia é um procedimento complexo e por essa razão deve ser realizado por um profissional especializado. Apenas o cirurgião plástico pode conduzir essa técnica com segurança e eficácia. O paciente ainda deve verificar se o profissional:

  • tem registro no Conselho Federal de Medicina (CFM);
  • é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP);
  • tem experiência, o recomendado é conversar com pessoas que já realizaram a técnica com o especialista.

A partir dessa avaliação, o paciente terá segurança de realizar a Alectomia em um ambiente mais seguro e com um profissional qualificado.

Clique aqui e envie-nos suas dúvidas.

Desejando agendar uma consulta, basta clicar no link “Agende sua consulta” ou ligue agora para (11) 3285-6412 ou 3285-3514.

*Colaborou neste texto Milena Seleto de Souza, estudante de Medicina da USCS/SP

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Posts relacionados

Carregando...

Cadastre-se

Receba informações sobre Cirurgias Plásticas e Procedimentos Estéticos Avançados.
whatsapp

Cirurgias

Procedimentos

Links Úteis

Telefones de Contato

Políticas de Privacidade

Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

logo

2022. Dra. Luciana Pepino

Todos os direitos reservados.