11 alimentos super calóricos e por que evitar o seu consumo exagerado!

duas pessoas comendo um pedaço de bolo de chocolate

Entenda como a ingestão de calorias influencia a perda e o ganho de peso e saiba quais alimentos você deve evitar para ter uma vida saudável.

Nosso organismo precisa de energia para realizar suas funções e permitir que cada um de nós cumpra suas tarefas do dia a dia. Porém, quando não gastamos toda essa energia, ela se transforma em gordura. Por isso, é preciso estar atenta aos alimentos super calóricos.

Mesmo que as calorias sejam necessárias para a nossa sobrevivência, nosso estilo de vida atual faz com que haja uma ampla oferta de comida, que pode ser obtida sem muito esforço – e isso nos faz ingerir mais calorias do que seria recomendável.

Por exemplo: nossos ancestrais precisavam caçar para poder se alimentar, o que envolvia um grande esforço físico. Hoje em dia, porém, basta dar alguns toques em um aplicativo de delivery que você terá uma pizza quentinha e cheia de queijos entregue na sua porta.

Dessa forma, quem deseja emagrecer ou simplesmente busca ter uma vida saudável precisa ficar de olho na quantidade de calorias ingeridas, já que a energia excedente vai representar quilos a mais na balança.

duas meninas comendo uma pizza no sofá

Dica: uma boa forma de manter o controle sobre as calorias queimadas e consumidas é utilizando um aplicativo para dieta.

O que são calorias?

Fisicamente falando, uma caloria é a quantidade de calor (energia térmica) necessária para elevar a temperatura de 1 grama de água de 14,5 oC para 15,5 oC. A partir dessa definição, as calorias também são entendidas como a energia fornecida ao nosso corpo pelos alimentos.

Quando consideramos as calorias provenientes da dieta, estamos falando em quantidades pertencentes à ordem das quilocalorias, ou seja, números múltiplos de mil (assim como grama e quilograma).

Por isso, a unidade que acompanha esse valor nas tabelas nutricionais é o kcal, embora, pela praticidade e pelo costume, ele acabe sendo pronunciado como “calorias”.

Necessidade calórica diária x perda de peso

A necessidade calórica de cada pessoa varia conforme diversas características, incluindo sexo, idade, altura, biótipo, metabolismo, herança genética e exercício físico.

Por exemplo, uma mulher sedentária de 30 a 60 anos com 65 kg precisa de aproximadamente 1.700 kcal por dia, enquanto uma mulher com essas mesmas características, mas que pratica atividade física 3 vezes por semana por 30 minutos precisa de 2.100 kcal.

Para emagrecer 1 quilo, devemos deixar de ingerir 7.700 calorias em média. Isso é impossível em um único dia, então o segredo é consumir menos calorias do que o necessário durante certo período.

Dessa forma, se a mulher sedentária do exemplo fizer uma dieta de 1.200 kcal por dia, ela deixará de consumir 500 kcal diariamente, levando cerca de 15 dias para perder 1 kg – uma meta razoável e saudável, pois é possível atingi-la sem seguir uma dieta maluca.

Alimentos super calóricos: um obstáculo para o emagrecimento

Agora que entendemos a influência das calorias no ganho e na perda de peso, fica mais fácil entender por que os alimentos super calóricos nos fazem engordar. Afinal, dependendo da energia fornecida por eles, será impossível “economizar” calorias ao fim do dia.

Alguns deles são tão ricos em açúcares e gorduras que, sozinhos, podem oferecer mais calorias do que o recomendável para um dia inteiro! Veja quais são e evite-os ao máximo:

  1. Caipirinha – até 282 kcal em 200 ml

O álcool contém calorias vazias, ou seja, não oferece nenhum nutriente para o organismo. No caso da caipirinha, a situação fica ainda pior devido à adição do açúcar, mas todas as bebidas alcoólicas são consideradas calóricas.

  1. Picanha com gordura – 289 kcal em 100 gramas

A carne bovina é muito rica em proteínas e ferro, mas também contém muita gordura. Assim, como a picanha marca presença na lista dos alimentos super calóricos, é mais interessante escolher cortes mais magros, como o contrafilé sem gordura (194 kcal).

  1. Aipim frito – 300 kcal em 100 gramas

O aipim, também conhecido como mandioca ou macaxeira, é riquíssimo em carboidratos, fazendo com que uma porção cozida tenha 125 kcal. Na versão frita, porém, esse valor mais do que dobra!

  1. Acarajé – 323 kcal por unidade média com acompanhamentos

Feito à base de feijão-fradinho, frito no azeite de dendê e recheado com vatapá, pimenta e camarão, o acarajé é delicioso, mas entra na lista dos alimentos super calóricos por ter um valor energético equivalente ao de uma refeição inteira.

  1. Massas com molho de queijo – 400 kcal por porção

Por serem ricas em carboidratos, as massas são consideradas vilãs da dieta, mas seu valor calórico aumenta mesmo quando elas são acompanhadas por molhos gordurosos. Assim, um pedaço de lasanha quatro queijos (300 gramas) pode chegar a 400 kcal.

  1. Pizza – até 450 kcal por fatia

Assim como as massas, as pizzas são muito calóricas pela alta quantidade de carboidratos. Porém, o valor exato varia conforme os demais ingredientes: enquanto uma fatia de pizza de escarola tem 220 kcal, uma fatia de pizza de frango com catupiry tem 450 kcal.

  1. Creme de avelã – 525 kcal em 100 gramas

Pastas do tipo Nutella podem ser deliciosas, mas é preciso ter muita moderação: apenas uma colher de sopa (20 gramas) tem 105 kcal!

  1. Salgadinhos de pacote – até 564 kcal em 100 gramas

Os salgadinhos industrializados são ricos em sódio e gorduras e muito pobres em nutrientes importantes. Além disso, eles costumam ser alimentos super calóricos. Um exemplo é a batata Ruffles, que tem 562 kcal em 100 gramas.

  1. Castanha-do-pará – 643 kcal em 100 gramas

As oleaginosas contêm gorduras boas, como o ômega 3, mas é preciso ter moderação ao consumi-las. A castanha-do-pará é a campeã da lista, mas as nozes, a castanha-de-caju e as amêndoas não ficam muito atrás.

pote visto de cima cheio de castanha do pará
  1. Sorvete – até 843 kcal por taça

Uma bola de sorvete tem cerca de 75 kcal. Porém, quando adicionamos acompanhamentos como amendoim e caldas doces, um sundae tem aproximadamente 615 kcal e uma taça de banana split pode ter mais de 800 kcal!

  1. Sanduíches de fast food – até 1.462 kcal por unidade

Os sanduíches de lanchonetes fast food são famosos por suas grandes quantidades de açúcares, sódio e gordura. Embora alguns deles tenham cerca de 350 kcal, o Duplo Picanha do McDonald’s tem 1.462 kcal – e sem acompanhamentos!

Leia mais – Dieta dos pontos realmente funciona?

Você costuma consumir esse tipo de alimento no seu dia a dia? Como você faz para equilibrar o consumo e o gasto calórico?

Conte para a gente nos comentários e não perca a oportunidade de conhecer os procedimentos estéticos e cirurgias plásticas que a clínica da Dra. Luciana Pepino oferece! 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Neide Fischer disse:

    Excelente, principalmente na informação sobre o que é uma caloria. A relação dos alimentos super calóricos foi muito educativa.