Alimentos que te ajudam a queimar gordura mais rápido

Alimentos saudáveis que contribuem para queima de gordura localizada

Queimar gordura localizada ingerindo os alimentos corretos é possível. Conheça quais são eles!

A união de dieta e exercícios físicos, muitas vezes, tem um objetivo específico: queimar gordura localizada. Assim, além de mais saudável, garante-se um corpo mais torneado e definido.

Para obter melhores resultados, muitas pessoas inserem na dieta alimentos específicos que ajudam na queima de gordura localizada. No entanto, é importante conhecer quais são eles e como agem no organismo.

A seguir conheça os principais alimentos que ajudam a queimar gordura mais rápido, potencializando o efeito dos exercícios físicos.

11 alimentos que ajudam a queimar gordura localizada

Inicialmente, é importante saber que mesmo inserindo os alimentos que ajudam a queimar gordura localizada na dieta deve-se ter uma alimentação saudável e diversificada para garantir os nutrientes adequados ao organismo.

Saiba quais são os 11 alimentos que contribuem na queima de gordura, ajudando a potencializar resultados da academia!

1. Pimenta vermelha

A pimenta vermelha é uma aliada na queima de gordura por conter capsaicina, uma substância que ajuda a elevar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo, de forma a aumentar a queima de calorias.

A substância pode ser encontrada em diversas variedades de pimentas como a dedo-de-moça, biquinho e caiena. Elas podem ser usadas como temperos em sopas, molhos e carnes para potencializar os resultados desejados na perda de gordura.

2. Vegetais crucíferos

Os vegetais crucíferos possuem um fitonutriente chamado sulforafano. Ele estimula a produção de enzimas que orientam às células a queimar gordura, ajudando nos efeitos dos exercícios.

Além disso, esses alimentos são ricos em vitaminas e minerais e ajudam na saciedade mesmo com poucas calorias. Entre os alimentos com essas características estão couve, couve-flor, repolho, alface, acelga e brócolis.

3. Abacate

O abacate é rico em gorduras monoinsaturadas (ácido oleico) que proporcionam saciedade e também é fonte de fibras e proteínas.

Ele também possui glutationa, uma substância que atua no equilíbrio de cortisol no organismo, hormônio atrelado ao estresse que prejudica um plano alimentar mais saudável e estável.

4. Chá verde

O chá verde possui diferentes atributos que fazem com que ele ajude a queimar gordura localizada. Um deles é a cafeína, que contribui diretamente nesse processo.

Esse alimento também é rico em epigalocatequina galato, que acelera o metabolismo temporariamente, intensificando a queima de gordura. Esse antioxidante incentiva um hormônio que estimula a quebra das células de gordura, utilizando a energia estocada.

5. Gengibre

O gengibre é um famoso termogênico natural e atua na aceleração do metabolismo, influenciando o gasto calórico durante a atividade física.

Além desse benefício, ele tem propriedades anti-inflamatórias, antivirais e age inibindo o apetite, o que ajuda na regulação do processo digestivo.

6. Castanha-do-pará

A castanha-do-pará é uma oleaginosa que acelera o metabolismo ao converter hormônios da tireoide para a sua forma ativa, o que contribui na queima de gordura localizada.

O alimento também adere nas toxinas, ajudando a eliminá-las e reduzindo a concentração de agentes maléficos no organismo que poderiam causar celulite, por exemplo. A recomendação é ingerir uma ou duas castanhas por dia.

A imagem mostra uma mulher medindo sua barriga com fita métrica e um bowl de salada

7. Óleo de coco

Fonte de triglicerídeos de cadeia média, o óleo de coco é uma gordura saudável que o organismo usa como fonte de energia e que tem menores chances de ser estocada, processo de resulta na gordura localizada.

Um dos benefícios do óleo de coco é que ele contribui para a queima de gordura localizada principalmente da região do abdômen. Ele pode ser ingerido na dieta como substituto do azeite de oliva, usado como tempero nas preparações.

8. Ovos

Alimentos ricos em vitamina B12, os ovos não podem faltar na dieta de quem quer perder gordura.

A sua principal vitamina é utilizada pelo organismo para metabolizar a gordura, o que o torna aliado para quem deseja eliminar células adiposas.

Esse alimento também é rico em nutrientes, vitaminas, aminoácidos essenciais e minerais, o que ajuda na saciedade e manutenção da saúde e torna o ovo importante para reduzir medidas.

9. Semente de chia

A semente de chia é um alimento completo, pois é rico em fibras, ômega 3 e proteínas. Além disso, promove saciedade e acelera o metabolismo, ajudando a queimar gordura localizada.

Outro benefício é o estímulo à liberação de glucagon, hormônio que atua na queima de gordura. Para inseri-la na dieta deixa as sementes de molho por cerca de 15 minutos antes de ingerir.

10. Salmão

Nada melhor que unir saúde e sabor, não é mesmo? Então saiba que salmão permite isso, pois é rico em ômega 3, ajudando a melhorar o processamento de insulina e contribuindo para reduzir as células de gordura abdominal.

Esse peixe também ativa o hormônio da tireóide, acelerando o metabolismo para que haja a queima de gordura.

11. Aveia

A aveia é um alimento rico em fibras e para quebrar essas células o organismo utiliza muitas calorias, contribuindo na queima de gordura durante o processo de digestão.

Como complemento, a aveia regula os níveis de açúcar no sangue, reduzindo a sensação de fome que pode causar a ingestão exagerada de alimentos e, consequentemente, de calorias.

Conhecendo quais alimentos ajudam a queimar gordura localizada é possível inserir esses aliados à dieta, potencializando os resultados das atividades físicas e procedimentos estéticos quando o objetivo é reduzir medidas e deixar o corpo mais definido.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).