Ombré invertido: tendência do verão

cabelo-ombre-invertido

Para quem quer mudar o visual, esse look cai bem com qualquer uma, basta escolher a coloração correta

Dentre tantas tendências que o verão sempre traz, está o ombré invertido que já caiu no gosto de muitas celebridades, tais como Gwyneth Paltrow e Beyoncé.  Ao contrário do ombré tradicional, que faz com que os fios clareiem de baixo para cima, a versão invertida faz justamente o oposto. Esse tingimento dá ao cabelo um tom de loiro com pontas mais escuras em comparação à raiz que é mantida com o tom natural. Independente da escolha, ambas mantêm a ideia de cabelo com aparência de que foi queimado na praia. Um sucesso!

O ombré hair é uma opção entre as mechas californianas e as luzes – que também ficam no auge quando o verão firma estadia. Para quem tem medo de mudar todo o cabelo, especialmente se o desejo é ficar loira, o ombré invertido entra como uma opção de “teste” por tingir as madeixas da altura da orelha para baixo. Se você não gostar do resultado, basta cortar as pontas. No final nas contas, dá para saber se o look fica bacana para, no futuro, aderi-lo por completo.

Não se preocupe com a textura dos fios, pois o ombré invertido vai bem com quem tem cabelos lisos, enrolados, longos ou curtos, e até repicados. Os tons mais buscados para quem quer aderir a esse visual são o caramelo, acobreado, dourado, marrom e o loiro tradicional. Na hora de decidir, leve em conta o tom de pele para não errar na tonalização: quem é branca, pode investir nos loiros mais claros, não muito amarelos, pois isso pode deixá-la mais pálida, além de desvalorizar o visual. Quem é morena, bronzeada ou negra pode investir nos tons de dourado, acobreado, caramelo e mel.

A dica geral é investir no castanho médio, vista como a melhor opção para quem quer aderir ao ombré invertido, pois dá mais contraste aos fios. Mas, lembre-se, isso depende da cor do seu cabelo também já que a ideia é usar tons mais escuros que a versão natural das madeixas. Há quem arrisque em pintar as pontas de preto sobre o loiro, como a atriz Drew Barrymore.

O ombré invertido dá versatilidade e ilumina o visual. Também chamado de Reverse Ombré, ele é menos agressivo em comparação às mechas californianas, e deixa o resultado bem sutil. Ao aderir o novo visual, não se esqueça de cuidar bem dos fios com xampus e condicionadores destinados a cabelos tingidos, sem sal ou com pH baixo. A hidratação é o segredo de mestre para manter a coloração vívida e as madeixas macias e saudáveis.

Outra dica valiosa: não tente descolorir os fios em casa. Sempre prefira o auxílio de um profissional para não comprometer a saúde dos cabelos. Isso pode dar aval a resultados desastrosos.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).