Mamoplastia de Aumento: Como O Resultado Pode Ser Diferente Em Cada Mulher

Entenda como a Mamoplastia de Aumento pode ser diferente em cada mulher

Uma das cirurgias mais realizadas no Brasil e no mundo: Entenda mais sobre a mamoplastia de aumento, também conhecida como cirurgia de prótese de mama

Quando falamos em cirurgia plástica, não existem dois casos iguais e cada paciente busca um resultado diferente.  Apesar de ser um dos procedimentos cirúrgicos mais procurados pelas mulheres, ainda existe algumas questões que envolvem o assunto. Confira:

A cirurgia de prótese mamária é indicada para todas as mulheres com seios pequenos?

É preciso entender que antes do procedimento será necessário avaliar todos os aspectos relacionados ao volume mamário inicial da paciente. Em certos casos, existe a presença de tecido mamário com certo grau de queda da mama, então neste caso pode ser que não seja necessário o implante de mama, somente uma cirurgia para reposicioná-la, por exemplo.

Por isso é  de grande importância que cada paciente faça uma avaliação física para que fique claro o volume final desejado. Nos casos em que não há ptose (queda de mama), a mamoplastia de aumento é bem indicada.

Como evitar exageros e descobrir se a mamoplastia de aumento é aconselhável para o seu corpo

Muitas mulheres se sentem insatisfeitas com o corpo e apresentam queixas individuais e particulares. Uma avaliação do cirurgião é fundamental para que seja feita uma boa escolha e obtenha-se bons resultados.

A imagem corporal de cada uma é estudada criteriosamente e os fatores objetivos são empregados pelo cirurgião para que medidas de proporcionalidade da mama sejam feitas de maneira impecável, ou seja: estatura, dimensão do tórax, largura dos ombros e a simetria estejam perfeitos.

Se você ainda não identificou qual o tipo de prótese ideal para o seu corpo e qual delas irá se adaptar melhor às suas características, experimente fazer um teste com o simulador de prótese mamária.

Como adequar às características corporais de cada paciente

Volumes e próteses que seriam muito grandes para uma mulher, podem ser ideais para outra. Por isso sempre deve-se entender que cada paciente possui uma anatomia individual e é necessário avaliar os valores próprios de base e altura. Entenda melhor quais os tipos de próteses que são utilizados.

Em alguns casos o cirurgião utiliza a prova de moldes e com os resultados da dimensão mamária e tórax,  apresenta para a paciente um conjunto de diversos tamanhos e juntos decidem qual é o mais ideal, de acordo com as expectativas.

Quanto ao formato da mama, existem algumas indicações específicas de acordo com corpo da mulher. Os implantes de perfil baixo ou moderado são indicados para as pacientes que buscam um preenchimento do colo mais suave e com resultados mais discretos.

Os implantes de perfil alto são mais indicados para as mulheres que desejam um colo mais notável e cheio. Também são muito utilizado em pacientes que possuem maior flacidez de pele, pois assim o colo ficará mais preenchidos, além de poder associar à outra cirurgia plástica de correção de queda mamária (suspensão das mamas).

Os modelos de última geração são os anatômicos (gota), pois apresentam uma maior projeção na região centro-inferior da mama e menos na parte superior, dando um ar mais natural.

Habitualmente são os mais indicados para as mulheres que buscam aumento das mamas de forma mais natural e um modelo não tão redondo. É indicado para pacientes mais magras, pois os resultados respeitam a anatomia da mama.

Atualmente existe uma amplitude de modelos de próteses mamárias com diversas características, permitindo assim que as pacientes possam ter uma opção maior de escolhas.

Quer aprender um pouco mais sobre a mamoplastia de aumento? Baixe nosso e-book sobre mitos e verdades!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp