Menu

Como as linhas e marcas de expressão surgem? Confira quais alimentos podem te ajudar a amenizá-las

Os sinais do envelhecimento são inevitáveis, mas fazer boas escolhas alimentares ajuda você a manter sua pele bonita e jovem por mais tempo

As linhas ou marcas de expressão, também conhecidas como rugas dinâmicas, são os vincos que surgem na pele do rosto quando contraímos os músculos para fazer alguma expressão facial, seja para sorrir, chorar ou demonstrar raiva e preocupação.

Esses sinais do envelhecimento são mais comuns na testa (formando linhas horizontais), entre as sobrancelhas (formando linhas verticais) e no canto dos olhos (formando os famosos pés de galinhas). 

Por que temos linhas expressão?

Quando contraímos os músculos faciais para expressar um sentimento, eles “repuxam” a pele e formam um vinco. Na juventude, esse vinco é discreto e a pele rapidamente volta à posição original após o relaxamento muscular.

Porém, com o passar dos anos, a pele perde firmeza e elasticidade devido à diminuição gradual das fibras de colágeno e elastina, que começa em torno dos 25 anos e se acentua após os 25 (apresentando uma perda de cerca de 1% ao ano).

Assim, quando ocorre a contração muscular, os vincos são mais acentuados (rugas dinâmicas), e a pele não consegue voltar para sua posição original.

Além disso, existem as rugas que são visíveis o tempo todo, independente de haver uma contração muscular: são chamadas rugas estáticas. Esse é o caso do sulco nasolabial, o popular “bigode chinês”.

Fatores que influenciam o surgimento das linhas e marcas de expressão

A passagem do tempo é um fator inevitável. Além da diminuição da produção de colágeno, o avanço da idade também traz uma redução na velocidade da renovação celular, no aporte de oxigênio e nutrientes para a ele e na capacidade de proteção contra a desidratação.

Todos esses aspectos são processos fisiológicos influenciados pela genética que, em conjunto, contribuem para o envelhecimento cutâneo.

Contudo, existem outros fatores que aceleram e acentuam o surgimento das rugas, como a exposição desprotegida ao sol, tabagismo, consumo excessivo de álcool, dieta rica em açúcar e alimentação inadequada.

Alimentos que previnem e amenizam as linhas de expressão

Uma boa forma de retardar o envelhecimento e o surgimento das rugas e linhas de expressão é investindo em alimentos que contribuem para a saúde da pele, especialmente para a produção de colágeno. Veja o que você deve pôr no seu prato:

Frutas cítricas

A vitamina C é um elemento essencial na produção do colágeno, por isso é importante consumir pelo menos uma unidade de fruta cítrica por dia. As opções incluem acerola, laranja, limão, abacaxi, kiwi, maracujá e tangerina, entre outras.

produção de colágeno frutas cítricas

Soja

Com o passar do tempo, as taxas de estrógeno diminuem, o que contribui para que a pele fique mais fina, sensível e sujeita ao aparecimento das linhas de expressão.

A boa notícia, especialmente para as mulheres, é que a soja contém isoflavonas, componentes benéficos para a juventude da pele por simular o efeito desse hormônio feminino.

Alimentos ricos em betacaroteno

O betacaroteno é o pigmento laranja que dá a cor característica de frutas e vegetais como mamão, cenoura, abóbora, pimentão e batata-doce. Por ter propriedades antioxidantes, ele protege a pele contra os danos causados pelos raios solares, prevenindo o envelhecimento.

Veja também: 07 truques de limpeza facial.

Leguminosas

Leguminosas como lentilha, ervilha, grão-de-bico, feijão e soja são ricas em cobre e manganês, dois minerais que participam da produção do colágeno. Além disso, esses alimentos combatem os radicais livres e ajudam a acalmar irritações na pele.

Nozes e castanhas

Nozes, avelãs, amêndoas, castanha-do-pará e castanha-de-caju são excelentes fontes de selênio, um mineral que combate a oxidação dos tecidos e contribui para a manutenção da elasticidade da pele.

Chocolate amargo

Boa notícia para os fãs do chocolate! Sua versão amarga, que tem teor elevado de cacau e uma menor quantidade de gordura e açúcar, estimula o aporte sanguíneo de oxigênio e nutrientes para o tecido cutâneo, o que retarda o surgimento das linhas de expressão.

Contudo, vale ressaltar que o segredo está nos componentes antioxidantes do cacau, então é preciso investir em chocolates com pelo menos 70% desse ingrediente. A versão branca não oferece esse benefício, enquanto o chocolate ao leite é muito gorduroso e açucarado.

Peixes gordurosos e sementes oleaginosas

Peixes como salmão, atum, truta e arenque têm algo em comum com as nozes, as castanhas e as sementes de girassol e linhaça: eles são ricos em ômega 3 e ômega 6, ácidos graxos que participam da formação das ceramidas – substâncias que hidratam e protegem a pele.

Iogurte natural e kefir

Quando a flora intestinal está desequilibrada e temos prisão de ventre, as toxinas se acumulam e prejudicam todo o organismo, inclusive a pele – que fica mais propensa a apresentar inflamações e alergias.

Para evitar esses problemas, a dica é incluir na dieta o iogurte natural (de preferência desnatado) e o kefir, pois eles são fontes de probióticos, as bactérias benéficas que regulam o funcionamento do intestino.

Não deixe de ver: 07 procedimentos estéticos realizados pela Dra. Luciana Pepino que vão te deixar linda!

Frutas vermelhas e roxas

Frutas como morango, framboesa, cereja, amora e mirtilo são ricas em antocianinas, os pigmentos que dão sua cor característica e, ao mesmo tempo, ajudam a conservar o colágeno da nossa pele.

Outro efeito das antocianinas é potencializar a ação antioxidante da vitamina C, por isso vale a pena consumir as frutas vermelhas (cerca de 10 unidades por dia) junto com uma fruta cítrica.

frutas vermelhas alimento para produção de colágeno

Vegetais de folhas verde-escuras

Brócolis, couve, espinafre, rúcula e outros vegetais de folhas verde-escuras são fontes riquíssimas de diversas vitaminas e sais minerais. Para a pele, o destaque vai para a vitamina C, os carotenoides e a coenzima Q10, presente especialmente nos brócolis e no espinafre.

Carnes magras, ovos e laticínios desnatados

Frango, cortes bovinos magros (patinho, maminha, filé mignon, coxão mole etc.), ovos e laticínios desnatados são excelentes fontes de proteínas de alto valor biológico, essenciais para a formação do colágeno, sem sobrecarregar o organismo com um alto índice de gordura.

Além de incluir esses alimentos na sua dieta, usar protetor solar diariamente e ficar longe do álcool e do cigarro, é possível recorrer a procedimentos estéticos para estimular o colágeno, de modo a combater as linhas de expressão com um resultado natural.

O que achou das nossas dicas? Não deixe de entrar em contato com a Dra. Luciana Pepino para saber todas as opções de procedimentos estéticos e cirurgias plásticas que podem te ajudar a conseguir o resultado esperado!

  • 9
    Shares