Bioestimulantes: Descubra Este Rejuvenescedor Maravilhoso

Os bioestimuladores são um ótimo recurso no combate aos sinais do envelhecimento. Descubra como eles podem te ajudar a tratar a flacidez

Manter uma aparência jovem, saudável e bonita pelo maior tempo possível: esse é o sonho de muitas pessoas que se preocupam com os efeitos do envelhecimento, principalmente na pele do rosto.

Se esse é o seu caso, você precisa conhecer os bioestimuladores, substâncias capazes de retardar os sinais da passagem do tempo, em especial a flacidez, sem que você tenha que fazer uma cirurgia plástica necessariamente.

Bioestimuladores: um estímulo para o colágeno

A estrutura, a firmeza e a elasticidade da nossa pele são características derivadas do colágeno, uma proteína produzida naturalmente pelo nosso corpo que mantém as células coesas.

Porém, com o avanço da idade, nosso organismo perde gradualmente sua capacidade de produzir essa proteína. Além disso, fatores como a alimentação, a radiação solar, o uso do tabaco e o consumo de álcool colaboram para a sua degradação.

Como resultado, a concentração de colágeno diminui na nossa pele e ela perde sua firmeza, dando origem à flacidez, que deixa aquele aspecto de rosto cansado, desanimado e envelhecido, e acentuando o surgimento das rugas e a perda dos contornos.

E é exatamente nesse ponto que entram os bioestimuladores: eles são substâncias que, ao serem injetadas em camadas profundas, conseguem estimular o organismo a produzir colágeno novamente, melhorando a aparência ao aumentar a tensão da pele.

A grande vantagem desse tratamento em relação aos demais é que ele é um procedimento estético pouco invasivo e com uma recuperação muito mais simples e rápida do que uma cirurgia plástica como o lifting facial, ideal para quem não quer operar neste momento.

Tipos de bioestimuladores disponíveis

Atualmente, são usados dois tipos de bioestimuladores na medicina estética, o ácido polilático, a hidroxiapatite de cálcio e o ácido hialurônico, e eles podem ser utilizados em diferentes técnicas, conforme veremos a seguir.

Sculptra

O Sculptra consiste na injeção de ácido polilático em camadas profundas da pele. Essa substância, que não provoca danos ao organismo, é capaz de estimular o funcionamento dos fibroblastos, as células produtoras de colágeno.

Assim, o Sculptra consiste em um procedimento indicado para tratar e prevenir a flacidez, repor o volume facial perdido e redefinir os contornos do rosto. Dessa forma, ele ajuda a atenuar outros sinais do envelhecimento como as rugas, sulcos e marcas de expressão.

Devido a essas características, o Sculptra é bastante procurando por homens e mulheres que apresentam grau leve a moderado de flacidez e pessoas emagreceram muito ou praticam corrida, que podem perder volume da face. 

O tratamento é feito em duas a quatro sessões com intervalos de 30 a 60 dias. É utilizado um anestésico local para diminuir o desconforto causado pela picada da agulha. Não será necessário se afastar do trabalho, mas podem aparecer pequenas manchas roxas.

Logo depois da primeira aplicação, o paciente vai notar um leve inchaço, que promoverá um lifting na pele. Porém, esse efeito é apenas transitório, pois o edema será reabsorvido.

O resultado verdadeiro aparece cerca de dois meses depois da segunda aplicação, quando o ácido polilático já estiver promovendo seu efeito de estimulação da produção do colágeno. A duração desse efeito é de cerca de dois anos, e o paciente poderá fazer um novo tratamento.

Radiesse

 O Radiesse é um tratamento feito com um gel contendo microesferas de hidroxiapatite de cálcio, uma substância que também está presente em nosso organismo.

Esse procedimento consiste na injeção do gel para repor o volume perdido em regiões como as bochechas, a mandíbula, as têmporas e as mãos e para preencher sulcos profundos. Cerca de 3 semanas depois, o produto começa a estimular a produção de colágeno.

O procedimento é feito com um anestésico tópico e dura cerca de 30 minutos. Uma única sessão é capaz de proporcionar resultados satisfatórios, que duram de 18 a 24 meses.

Fios Silhouette

Assim como o Sculptra, o lifting com Fios Silhouette também é feito com o ácido polilático. Neste caso, porém, como o próprio nome indica, o tratamento consiste na introdução de fios, que são produzidos a partir dessa substância bioestimuladora.

Outra diferença importante é que esses fios contêm pequenos cones, os quais promovem uma tensão na pele ao fixá-la ao tecido subcutâneo e oferecem uma melhora imediata no combate à flacidez.

Porém, nos meses seguintes à aplicação, o ácido polilático vai exercer seu efeito de estimulação da produção do colágeno pelo organismo, proporcionando resultados progressivos e naturais no tratamento da flacidez.

O procedimento é feito com anestesia local e não requer afastamento do trabalho, embora possa causar pequenos edemas e manchas roxas logo após a aplicação.

O fio é totalmente absorvido em cerca de 18 meses, mas o efeito bioestimulante ainda se mantém por até 24 meses. 

 

Preenchimento facial

O ácido hialurônico, utilizado nos preenchimentos faciais, talvez seja o mais conhecido entre os bioestimuladores, pois essa técnica é uma das recordistas nos consultórios de cirurgia plástica.

O preenchimento facial com ácido hialurônico é indicado para corrigir o bigode chinês e olheiras profundas, repor o volume perdido nas bochechas, lábios, mandíbula e queixo e também para tratar o envelhecimento das mãos.

Além de nivelar a superfície da pele, o ácido hialurônico atrai moléculas de água para a região, mantendo-a mais hidratada, e estimula a produção de colágeno. Dessa forma, ele também age para evitar novas rugas e a queda dos tecidos causada pela flacidez.

Assim como outros bioestimuladores, o ácido hialurônico também é reabsorvido pelo organismo, de modo que seu efeito é temporário. Cerca de dois anos depois do tratamento, será necessário fazer uma nova aplicação.

Vale lembrar que mesmo que esses tratamentos sejam mais simples que uma cirurgia, eles devem ser feitos por um cirurgião plástico ou um dertamologista para que os resultados sejam satisfatórios.

Por isso, se você pensa em fazer esse procedimento, agende sua avaliação com a Dra. Luciana Pepino.

CTA Ainda tem duvidas