Projeto verão: confira os procedimentos que ajudam a reduzir estrias e celulites

Mulher de biquini

Redução de estrias a laser e amenização da celulite pode ser alcançada em poucas sessões!

Um dos principais incômodos de mulheres de diferentes idades são as estrias e celulites. Mesmo adotando cuidados preventivos, não é incomum ser necessário ter que recorrer a procedimentos para redução de estrias a laser e outros.

Com o verão se aproximando, há apenas alguns meses de chegar, muitas mulheres pensam que não dá mais tempo de combater essas marcas antes das férias. No entanto, existem diversos tratamentos para estrias e celulites que podem ser realizados com resultados rápidos.

A seguir apresentamos os principais tratamentos para estrias e celulites e quando essas técnicas devem ser buscadas. Confira!

5 tratamentos para estrias e celulites

Inicialmente é preciso destacar que a opção por um ou outro tratamento depende da recomendação do cirurgião plástico após uma avaliação mais detalhada dos anseios da paciente e da intensidade dos sinais.

Pensando nisso apresentamos alguns dos procedimentos que podem ser realizados para entregar os resultados almejados antes do verão. Confira!

1. Drenagem linfática

A formação da celulite ocorre devido ao acúmulo de toxinas entre as células que causam esses nódulos de gordura. A drenagem linfática é um procedimento que ajuda na eliminação da linfa, que é o líquido que acumula entre as células.

O procedimento ajuda a eliminar toxinas e reduz a retenção de líquidos. Além disso, ele melhora a circulação sanguínea e a oxigenação das células. Dessa forma, a técnica é satisfatória para prevenir e amenizar celulites leves.

2. Massagem modeladora

A massagem modeladora é outra técnica recomendada para casos de celulite. Esse procedimento promove melhorias tanto no sistema linfático quanto nas placas de gordura.

Os bons resultados da técnica dependem da realização de movimentos rápidos e repetitivos e uma massagem mais firme. Com isso ocorre a vasodilatação, que aumenta a oxigenação local e acelera a velocidade de metabolização, reduzindo a flacidez.

Essa massagem é mais eficaz quando realizada em tratamentos de celulite associada à gordura localizada.

3. Carboxiterapia

Um tratamento recomendado tanto para estrias como para celulites é a carboxiterapia. Essa técnica consiste na aplicação medicinal de gás carbônico no tecido subcutâneo utilizando agulhas finas.

A associação entre gás e agulha causa uma inflamação local que tem um efeito benéfico para o tratamento de estrias e celulites. É a partir do processo inflamatório que tem início a renovação do tecido.

Como resultado ocorre a melhora da circulação sanguínea no local, aumento da oxigenação e dos nutrientes, auxiliando na intensificação da produção de colágeno e elastina que deixam a pele mais firme.

Mulher com estrias na piscina

4. Radiofrequência fracionada

A radiofrequência fracionada é um dos tratamentos mais modernos para tratamento de estrias. Consiste no uso da radiofrequência subablativa fracionada por meio de ondas magnéticas.

Nesse procedimento, a energia é direcionada às camadas mais profundas da pele resultando em uma renovação dos tecidos sem causar danos à superfície da derme.

No tratamento ocorre o estímulo da produção de colágeno que torna a pele mais firme e ajuda a amenizar as celulites, deixando-a mais lisa e consistente.

Na radiofrequência, as ondas eletromagnéticas elevam a temperatura da pele, promovendo um aquecimento dos tecidos mais profundos. Quando atinge a camada de gordura, as ondas fazem a compactação das células adiposas que formam os nódulos, que são mais fáceis de serem eliminados.

5. Laser ablativo fracionado CO2

Essa é uma das opções de redução de estrias a laser, sendo que o tratamento pode ser direcionado a pacientes com estrias vermelhas e também quando elas já estão brancas.

Quando o tratamento é direcionado às estrias vermelhas, ele causa o fechamento de pequenos vasos e estimula a produção de colágeno. Devido a esse estímulo, o tratamento ajuda a reduzir o tamanho das estrias.

No caso de estrias na fase branca, a redução de estrias a laser ocorre aproximando e preenchendo as bordas dessa cicatriz, melhorando a aparência dela.

Quando optar por um tratamento para redução de estrias a laser?

Antes de optar por um ou outro tratamento para estrias e celulite é importante conversar com o cirurgião plástico visando uma decisão mais acertada sobre a técnica escolhida.

Os resultados podem demorar algumas sessões para aparecerem, sendo que alguns meses antes do verão é o período ideal para iniciar os tratamentos para ter a aparência desejada em janeiro.

O tratamento para redução de estrias a laser deve ser realizado quando a paciente sente um incômodo relacionado a essas marcas, mudando o comportamento ou não querendo usar roupas que as exponham.

Dessa forma, os tratamentos podem ajudar a melhorar a autoestima e confiança para o período de festas e verão.

Portanto, antes de escolher o tratamento para reduzir de estrias a laser ou para combate das celulites, converse com um cirurgião plástico de confiança.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Eunice Maria da silva disse:

    Quero muito fazer procedimento cirúrgico com a Dra:Luciana pepino.

  2. Débora Veronica Silva Marques disse:

    Super top essas dicas.

WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp