Os Procedimentos Estéticos mais Procurados no Brasil

O Brasil ficou em 2º lugar no ranking dos países que mais realizaram procedimentos estéticos, com 8,1% do número total de tratamentos realizados no mundo

Tratar rugar, clarear manchas, repor o volume facial perdido, combater a celulite… Tudo isso é possível por meio dos procedimentos estéticos, tratamentos não cirúrgicos que oferecem bons resultados para quem deseja corrigir pequenas imperfeições.

Por terem uma recuperação mais rápida e serem mais acessíveis que as cirúrgicas plásticas, esses tratamentos seguem cada vez mais em alta.

Tanto que, de acordo com o último relatório da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica (ISAPS, na sigla em inglês), publicado em junho de 2017, houve um aumento de 10% no número desses procedimentos registrados em 2016 em relação a 2015.

Os procedimentos estéticos preferidos dos brasileiros

Segundo a ISAPS, foram realizados 1.074.095 procedimentos estéticos não cirúrgicos no Brasil nos 12 meses de medição, o que totaliza 8,1% dos tratamentos não invasivos realizados no mundo todo e coloca o país em 2º lugar no ranking, atrás apenas dos Estados Unidos (20,7%).

Está curiosa para saber quais foram os tratamentos mais procurados por aqui? Confira nossa lista, ordenada do quinto para o primeiro lugar:

5º lugar: Tratamentos para celulite – 28.930

Conforme o relatório da ISAPS, o Brasil registrou 28.930 tratamentos para celulite no período analisado, incluindo todos os procedimentos estéticos para este fim, como carboxiterapia, Accent, Manthus e Ultracontour, entre outros.

A carboxiterapia consiste em uma injeção de gás carbônico logo abaixo da pele ou no tecido adiposo, o que promove um aumento no fluxo sanguíneo e no aporte de oxigênio e nutrientes ao local, melhorando assim o aspecto da celulite.

O Accent, por sua vez, combina a radiofrequência e ultrassom seletivo para agitar as moléculas de água e gerar calor, enquanto o Manthus utiliza o ultrassom associado com as correntes elétricas. O Ultracontour, por fim, faz a aplicação do ultrassom focalizado de alta intensidade.

4º lugar: Peeling químico – 54.285

Em quarto lugar, com mais de 54 mil registros, está o peeling químico, um tratamento que consiste na descamação de camadas da pele por meio do uso de substâncias ácidas para combater rugas, flacidez, estrias, manchas, acne e cicatrizes.

Esse procedimento pode ser dividido em três tipos: superficial, médio e profundo. O peeling superficial promove a descamação apenas da epiderme (camada mais superficial, como o próprio nome sugere) e é indicado para tratar manchas e melasma.

O peeling médio é capaz de atingir a derme (camada intermediária), tratando rugas, alguns tipos de cicatrizes e marcas um pouco mais profundas. O peeling profundo, por fim, é o que faz a descamação mais intensa, indicado para peles com um alto grau de imperfeições.

3º lugar: Remoção de pelos – 73.370

A remoção dos pelos, seja por meio da depilação a laser ou luz pulsada intensa, ficou em terceiro lugar no relatório da ISAPS, com mais de 73 mil registros no Brasil.

Esses dois tratamentos têm como vantagem um resultado de longo prazo, acabando ou diminuindo com os transtornos da depilação com lâmina, cera e outros métodos.

A depilação a laser e a depilação por luz pulsada são procedimentos estéticos parecidos, que têm como objetivo a cauterização do folículo piloso e a consequente destruição do pelo. Porém, eles se diferenciam pela forma como funcionam e o número de sessões.

A luz pulsada utiliza um comprimento de onda que destrói o folículo piloso de forma mais gradual do que a depilação a laser, fazendo com que seja necessária uma quantidade maior de aplicações para atingir o resultado desejado.

2º lugar: Preenchimento com ácido hialurônico – 279.785

O ácido hialurônico existe naturalmente em nosso organismo, sendo que 56% dele se concentra na pele. Na estética, ele é utilizado em suas versões sintéticas para promover o rejuvenescimento por meio de diferentes técnicas.

Um dos procedimentos estéticos mais famosos com o ácido hialurônico é o preenchimento labial, que visa repor o volume perdido pelos lábios com o passar dos anos ou mesmo a sua remodelação.

Essa substância também pode ser utilizada no preenchimento facial, indicado para redefinir os contornos e repor o volume perdido de áreas como as maçãs do rosto, a mandíbula e o queixo.

O ácido hialurônico também pode ser empregado para preencher sulcos profundos e rugas estáticas (permanentes), como o bigode chinês e as rugas glabelares (rugas verticais entre as sobrancelhas), e para preencher olheiras profundas.

Outro uso dessa substância para promover o rejuvenescimento é o 8 Point Lift, um lifting não cirúrgico no qual é feita a aplicação em oito pontos específicos da face para combater a flacidez, dar mais sustentação e rejuvenescer a aparência.

Por ser reabsorvido pelo organismo, os procedimentos estéticos feitos com ácido hialurônico têm uma duração média de dois anos, sendo necessário repeti-los depois desse tempo para manter os resultados. Aproveite e veja os tipos de nariz do brasileiro.

1º lugar: Toxina botulínica – 472.615

E o grande campeão de preferência no Brasil entre os procedimentos estéticos é o popular Botox, famosíssimo por sua capacidade de tratar as rugas dinâmicas e as linhas de expressão, que são formadas pela contração muscular (como os pés de galinha e as linhas da testa).

Com mais de 470 mil registros no período analisado pela ISAPS, a toxina botulínica também pode ser utilizada para modificar o desenho (arqueamento) das sobrancelhas e para controlar o suor excessivo, conhecido como hiperidrose.

A toxina botulínica aplicada na pele causa um bloqueio na ação de uma substância chamada acetilcolina, que envia o comando para os músculos se contraírem. Assim, não ocorre a contração muscular, impedindo a formação das rugas conforme mudamos de expressão facial.

Já no tratamento da hiperidrose, o Botox faz o bloqueio da transmissão do estímulo do sistema nervoso para as glândulas sudoríparas, impedindo que elas sejam acionadas e, por consequência, impedindo a produção do suor.

E então, você se identificou com as preferências dos brasileiros quando o assunto são procedimentos estéticos? Você já fez ou faria algum desses tratamentos? Deixe sua resposta nos comentários e já aproveite e agende sua consulta com a Dra. Luciana Pepino.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. JAQUELINE disse:

    BOA TARDE, GOSTARIA DE SABER SE A AVALIACAO PARA TRATAMENTO ESTETICO FACIAL É GRATUITA.
    OBRIGADA,
    JAQUELINE

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Olá, Jaqueline. Para verificar valores da avaliação, por gentileza, entre em contato. Nossas secretárias terão o maior prazer em atendê-la. Aqui você encontra nossos contatos: https://goo.gl/nvCFzz

      Beijos!