Qual o melhor procedimento para celulite? Quais as diferenças entre eles?

menina segurando o chapéu na cabeça de vestido verde em frente a um fundo laranja

Os cremes podem até ajudar, mas os melhores efeitos no tratamento da celulite são obtidos com procedimentos estéticos que variam de pessoa para pessoa.

Os furinhos que conferem o aspecto de “casca de laranja” a diversas regiões do corpo são motivo de grande preocupação estética para muita gente. Se isso acontece com você, talvez você já tenha se perguntado qual é o melhor procedimento para celulite.

Embora também possa atingir os homens, a celulite é um problema majoritariamente feminino: de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, cerca de 95% das mulheres apresentam esses furinhos depois da puberdade.

A celulite tende a surgir nas áreas de maior acúmulo de gordura, como quadris, coxas e nádegas, mas ela não é uma exclusividade de quem está acima do peso, podendo aparecer também em pessoas magras.

Tratando o problema: qual é o melhor procedimento para celulite?

Ter um estilo de vida saudável, seguir uma alimentação equilibrada, praticar atividades físicas e manter o organismo bem hidratado são hábitos que ajudam a combater a celulite, mas que não impedem totalmente o surgimento desse problema.

Afinal, o depósito de gordura embaixo da pele também sofre influência genética, além de estar intimamente associado aos hormônios femininos.

Por isso, o uso de produtos tópicos pode até contribuir no combate a essa imperfeição, mas, quando o assunto é o melhor procedimento para celulite, precisamos considerar alguns tratamentos estéticos que variam conforme o grau do problema. Conheça os principais:

  1. Drenagem linfática

Provavelmente, a drenagem linfática não é o melhor procedimento para celulite em termos de potência, pois seu objetivo principal é estimular a circulação da linfa e eliminar a retenção de líquidos. Contudo, ela é indicada para prevenir o problema e tratar casos mais leves.

Ao promover a eliminação do excesso de líquido, a drenagem também ajuda o organismo a eliminar as toxinas que facilitam o surgimento dos depósitos de gordura sobre a pele, evitando a formação da celulite.

Além disso, por ter efeito benéfico sobre a circulação sanguínea e aumentar a oxigenação da pele, a drenagem linfática potencializa os resultados obtidos com tratamentos para celulite recomendado para casos mais avançados, que são apresentados a seguir.

profissional fazendo massagem linfática
  1. Radiofrequência

Embora a radiofrequência seja mais famosa por seus efeitos no combate à flacidez, esse procedimento estético também oferece uma boa opção de tratamento para a celulite – e de forma indolor e não invasiva. Saiba mais sobre os benefícios da radiofrequência.

O tratamento funciona por meio da aplicação de ondas eletromagnéticas que provocam um aumento de temperatura na pele a até 41 graus. Esse calor se propaga para camadas mais profundas e atinge o tecido adiposo.

Com isso, as células do depósito de gordura embaixo da pele ficam mais compactas, o que favorece a sua eliminação. Além disso, a radiofrequência estimula o colágeno na derme, fazendo com que a pele fique mais firme e tenha um aspecto mais liso.

  1. Criofrequência

Muitas vezes, o melhor procedimento para celulite está na combinação de duas técnicas diferentes, e é isso que a criofrequência faz ao associar o frio (“crio”) com o calor da radiofrequência.

Essa união dos opostos permite o uso de temperaturas mais altas sem causar queimaduras, como se fosse uma radiofrequência potencializada.

Isso cria um efeito de “choque térmico” nas camadas mais profundas da pele e, em consequência, ocorre uma desorganização do metabolismo das células de gordura que formam os nódulos da celulite, facilitando sua eliminação.

Outro benefício da criofrequência é que ela estimula a atividade dos fibroblastos, aumentando a produção de colágeno e elastina. Dessa forma, em cerca de dois meses, essas proteínas estarão maduras e a pele ganha uma textura muito mais lisa e firme.

Esse procedimento estético é indicado para o tratamento da celulite em locais como abdômen, coxas, quadris e joelhos, além de oferecer resultados muito satisfatórios no combate à flacidez e à gordura localizada.

Confira também – Quais os alimentos e bebidas que causam celulites e estrias?

  1. Carboxiterapia

O efeito da carboxiterapia no combate à celulite acontece pela injeção de gás carbônico medicinal direto no tecido subcutâneo. O próprio gás e a movimentação da agulha despertam um processo inflamatório no local, despertando o processo de regeneração do tecido.

Em consequência, ocorre o estímulo da produção das fibras de colágeno e elastina na derme, que deixam a pele mais firme e com a textura mais lisa, suavizando a aparência dos nódulos de gordura.

Outra vantagem desse tratamento é que o gás estimula a formação de novos vasinhos, de modo que o tecido passa a receber mais oxigênio e nutriente e consegue eliminar mais toxinas, pois o fluxo de sangue será mais intenso na região tratada.

representação da celulite
 
fonte: pinterest
  1. Subcisão

A subcisão ou subincisão pode ser o melhor procedimento para celulite em graus mais avançados, mas isso depende das condições da pele de cada paciente. Na verdade, a subcisão não é indicada para todos os casos, pois este é um método mais invasivo.

O tratamento consiste no emprego de agulhas bisturizadas para promover o rompimento dos septos fibrosos que formam divisões no tecido adiposo e dão origem aos furinhos que caracterizam a celulite.

Dessa forma, ocorre a redistribuição da gordura local, promovendo o nivelamento das depressões e deixando a superfície da pele mais lisa e uniforme, sem os nódulos formados pelo depósito de tecido adiposo.

Como a subcisão utiliza técnicas de características cirúrgicas, esse método não é o mais indicado para os casos mais leves de celulite, devendo ser reservado para graus mais avançados.

Vale lembrar que todo tratamento para celulite vai apresentar efeitos mais significativos se for acompanhado por uma alimentação equilibrada, uma rotina de exercícios físicos e a adoção de hábitos de vida saudáveis em geral.

Com tantas variáveis, a escolha do melhor procedimento para celulite depende de uma avaliação minuciosa, de modo que cada pessoa pode obter resultados mais interessantes com um tratamento diferente. 

Deixe nos comentários o que você achou do artigo e aproveite para conhecer as demais opções de cirurgias plásticas e procedimentos estéticos!

Agende agora a sua consulta!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp