11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Cuidados com a pele na primavera

Confira lista de cuidados com a pele na primavera para reduzir danos do inverno e preparar a pele para o verão!

No hemisfério sul, outubro já consolida a mudança na estação e a necessidade de adotar os cuidados com a pele na primavera, sendo um mês com temperaturas mais elevadas, mas que ainda pode ter algumas noites mais frias.

A cada estação, as características climáticas do período demandam cuidados específicos que permitam manter a pele mais saudável e bonita. 

Na primeira não é diferente e as oscilações na temperatura e maior incidência de sol são dois fatores fundamentais e que demandam atenção. Saiba mais!

6 cuidados com a pele na primavera

Os cuidados com a pele na primavera ajudam a minimizar os danos do inverno e preparar a cútis para as altas temperaturas do verão, por conta disso uma rotina de cuidados deve ser definida já no começo da estação. Confira!

1. Uso do protetor solar

O protetor solar é fundamental durante todo o ano, mesmo no inverno, e também em ambientes internos, no entanto, na primavera esse cuidado é ainda mais essencial, pois a incidência solar fica mais intensa.

Assim, é importante usar o protetor diariamente e reaplicá-lo a cada 3 horas para que a proteção seja continua durante o dia.

2. Rotina de limpeza

A rotina de limpeza é um dos itens indispensáveis de qualquer rotina de skincare e ganha destaque entre os cuidados com a pele na primavera.

O ideal durante essa estação é que limpeza seja realizada duas vezes por dia se sua pele for oleosa ou mista, preferencialmente de manhã e a noite, depois de tirar a maquiagem e impurezas.

Lembre-se também que escolher um sabonete facial indicado para o seu tipo de pele melhorando a qualidade da limpeza e evitando alterações indesejadas na cútis.

Como cuidar da pele na primavera?

3. Hidratação profunda

No inverno a pele tende a ficar mais ressecada devido à baixa umidade do ar e durante a primavera, apesar de uma melhora nesse aspecto, o ressecamento pode continuar.

Dessa forma, é importante investir em uma hidratação profunda, passando o hidratante corporal com frequência, preferencialmente com a pele ainda úmida após o banho.

Outro item importante da hidratação, principalmente com altas temperaturas, é beber bastante água, consumindo, ao menos, 0,35ml por quilo corporal. Esse cuidado vai garantir que a hidratação ocorra também de dentro para fora.

4. Cuidado com a temperatura da água

Devido aos dias mais gelados que ainda podem ocorrer durante a primavera, acabamos cedendo aos banhos mais quentes, no entanto, esse hábito ruim pode intensificar o ressecamento da pele e torná-la áspera.

Pensando nisso, é importante manter a água, no máximo, até a temperatura corporal.

5. Atenção à oleosidade

A oleosidade é um problema comum de muitas pessoas e na primavera e verão pode se tornar ainda mais difícil de controlar devido às elevadas temperaturas que aumentam a transpiração corporal.

Um dos riscos desse processo é o surgimento de cravos e espinhas, inclusive com quadros de irritação devido à temperatura, o que favorece o surgimento das manchas.

Portanto, adote uma rotina mais cuidadosa em relação à oleosidade, usando produtos apropriados ao seu tipo de pele e fazendo a limpeza diária.

6. Trate as manchas

No inverno o surgimento de manchas é mais comum em decorrência do ressecamento da pele, banhos quentes e baixa umidade atmosférica.

Com isso, pessoas com histórico de alergias respiratórias e eczema atópico têm tendência em desenvolver manchas esbranquiçadas chamadas de aczemátides ou pitiríase alba, caracterizada por textura áspera e em locais como rosto e tronco.

Assim, entre os cuidados com a pele na primavera destaca-se o tratamento dessas e de outras manchas que possam ter surgido no inverno, pois a tendência é que com o aumento da exposição solar elas escureçam.

Existem diferentes tratamentos estéticos que podem ajudar no clareamento de manchas, como peeling, laser e aplicações subcutâneas.

Portanto, para criar uma rotina de cuidados com a pele na primavera, por vezes, é importante contar com o auxílio especializado. Agende uma consulta!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).