Menu

Fiz Lipo e Engordei de Novo: 5 Dicas Para Recuperar a Silhueta dos Sonhos

A lipoaspiração ajuda muito, mas não é uma solução eterna se não houver alguns cuidados. Veja como recuperar a silhueta que você tanto queria

Você realizou seu sonho de fazer a tão sonhada lipoaspiração! Você saiu do centro cirúrgico sem aquela barriguinha que tanto incomodava, sem os culotes que teimavam em não sair e com uma silhueta toda modelada.

Porém, infelizmente, o tempo foi passando e, sem se dar conta, você começou a engordar… E a gordura se depositou nos mesmos lugares de antes, deixando você com um aspecto mais rechonchudo, bem diferente daquele corpo conquistado com a cirurgia.

E, agora, é claro que você está muito triste porque o resultado da sua lipoaspiração foi perdido. Mas será que é isso mesmo? Já podemos adiantar que você deve se tranquilizar! Várias pessoas realmente engordam depois da lipo, mas isso tem solução.

Pensando nisso, hoje nós vamos falar sobre 5 dicas que você pode seguir para recuperar a silhueta do sonhos mesmo que você tenha engordado depois da lipo:

  1. Faça uma reeducação alimentar

Reeducação Alimentar

O principal motivo pelo qual muitas pessoas engordam depois de fazer uma lipoaspiração é não ter mudado seus hábitos alimentares. O que acontece é que muita gente faz uma “dieta maluca” para perder peso, tornando-se apto da fazer a cirurgia.

Porém, depois do procedimento, é muito frequente a pessoa achar que não precisa mais seguir aquele cardápio tão restrito. Além disso, é mesmo muito difícil seguir uma dieta maluca por muito tempo, pois o corpo começa a sentir falta dos nutrientes que estão faltando.

Assim, a pessoa logo volta a comer da mesma forma que antes e, em consequência, vai recuperar todos os quilos e a gordura perdida. Isso acontece porque a lipo remove a gordurinha em excesso, mas não vai mudar seu metabolismo.

Por isso, a melhor forma de eliminar o peso acumulado novamente é fazer uma reeducação alimentar. É preciso adotar hábitos de alimentação saudáveis e uma dieta sustentável, em que não haja privação de nutrientes, para que você possa segui-la por toda a sua vida.

  1. Procure um profissional de nutrição

Muitas vezes, ao tentar seguir uma dieta saudável, acabamos cometendo alguns erros por pura falta de orientação e conhecimento. As fórmulas e cardápios que encontramos na internet muitas vezes não são os mais ideais para o nosso estilo de vida e o nosso biótipo. Veja as principais dúvidas sobre lipoaspiração.

Assim, em vez de tentar adotar a dieta de um digital influencer que tem um dia a dia diferente do seu, que segue outro programa de exercícios, que tem outro metabolismo etc., é muito mais eficaz tem um cardápio totalmente individualizado para você.

E isso só poderá ser alcançado se você tiver o acompanhamento de um profissional da área de nutrição, como um nutricionista ou um nutrólogo. Esses profissionais estão aptos a ouvir suas queixas, requisitar exames, analisar sua rotina e propor uma dieta que se encaixe na sua vida.

Afinal, para seguir a dica da reeducação alimentar acima, é preciso que a dieta faça sentido no seu dia a dia. Senão, você vai acabar deixando isso de lado novamente. Além disso, seu corpo precisa receber todos os nutrientes necessários, e nem sempre podemos fazer isso sozinhas.

  1. Adote uma rotina de exercícios físicos

Exercícios Físicos

Emagrecer não é milagre, mas sim uma questão de consumir menos calorias do que seu corpo gasta. Por isso, o “segredo” está na combinação entre dieta saudável e a prática de exercícios físicos, que estimulam o gasto calórico.

É claro que os exercícios aeróbicos como esteira, bicicleta, spinning, dança, corrida etc. são os melhores para gastar calorias e favorecer a perda de peso. Dessa forma, você deve encontrar uma atividade que lhe dê prazer e praticá-la pelo menos cinco vezes por semana.

Contudo, a musculação também é muito importante e você não deve deixá-la de lado. É essencial fortalecer os músculos nas regiões onde você tem tendência a acumular gordura, pois eles ajudam o corpo a consumir essas células adiposas.

Vale lembrar que os exercícios físicos devem ser retomados gradualmente depois de uma lipoaspiração, após um período de no mínimo 30 dias. Você deve começar com atividades leves e aumentar a intensidade gradualmente. Sempre consulte seu médico.

  1. Não subestime o poder da água

O principal componente do nosso corpo é a água, e você precisa abastecê-lo regularmente mesmo se não estiver pensando em emagrecer. Porém, quem está tentando perder peso deve dar ainda mais atenção a esse “detalhe” tão importante.

Garantir os 2 litros de água por dia ajuda o intestino a funcionar melhor e favorece a eliminação de toxinas pela urina, diminuindo a retenção de líquidos e também a tendência a desenvolver celulite.

Além disso, nosso organismo às vezes confunde a sensação de sede com a fome. E a consequência disso é que acabamos comendo sem necessidade, o que vai levar ao acúmulo de gordura e peso mesmo depois de uma lipoaspiração. Confira se lipoaspiração é a cirurgia mais indicada para você!

  1. Recorra a um procedimento estético

Procedimento Estético

Se mesmo adotando um estilo de vida saudável você não estiver conseguindo perder as gordurinhas extras que voltaram depois da lipo, saiba que nem sempre será necessário fazer uma cirurgia novamente. Para melhor entendimento, consulte uma Clínica de Cirurgia Plástica.

Felizmente, existem várias opções de procedimentos estéticos poderosos que ajudam a eliminar a gordura localizada, potencializando o efeito da dieta e do treino. Dois dos mais famosos são o ultracontour (ultrassom) e manthus (ultrassom e microcorrentes).

Claro que é melhor se prevenir para que os quilinhos e a gordura extra não voltem. Porém, se isso já aconteceu, agora você sabe que com dedicação e orientação profissional correta é possível recuperar a silhueta dos sonhos que você conseguiu depois da lipoaspiração.