11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Dicas para fazer drenagem linfática em casa

É possível fazer uma drenagem caseira

Confira o passo a passo para aplicar a técnica no seu dia a dia e reduzir o inchaço corporal

 

Se você sofre com as celulites, o inchaço e pequenos depósitos de gordura localizada no seu corpo, saiba: você não está só. 

Milhares de mulheres que também enfrentam essas condições encontram nas soluções estéticas uma forma de se livrar do problema e adquirir uma série de outros benefícios para a saúde corporal. 

Neste sentido, saber como fazer drenagem em casa é uma ótima alternativa para quem deseja diminuir a retenção de líquidos, mas, por algum motivo não pode sair de casa para realizar o procedimento. 

O que é a drenagem linfática? 

Trata-se de uma técnica de massagem que tem como principal objetivo estimular o sistema linfático e trabalhá-lo de forma mais acelerada, movendo os fluídos do corpo. 

No entanto, antes de compreender os seus benefícios da drenagem, é necessário entender o que é o sistema linfático e como a massagem atua. 

Podemos defini-lo como uma rede complexa de vasos que movem os fluidos pelo corpo, trabalhando como uma terceira circulação. 

Com os movimentos realizados durante a massagem, estimula-se a retirada da linfa – líquido que circula através dessa rede – acumulada entre as células, promovendo uma série de benefícios no corpo humano. 

Benefícios da drenagem 

Além da diminuição do inchaço, a drenagem linfática é capaz de proporcionar muitos benefícios para quem a pratica. Dentre eles, podemos destacar: 

  • Melhora na aparência das celulites;
  • Melhora na circulação sanguínea;
  • Relaxamento do corpo; 
  • Combate a gordura localizada;
  • Maior oxigenação dos tecidos do corpo;
  • Estimula a liberação de serotonina (hormônio do humor).
Massagens podem ter o mesmo efeito da drenagem

Como fazer drenagem em casa?

Antes de mais nada, é importante ressaltar que a drenagem deve ser feita com frequência para que apenas depois de algumas semanas os resultados comecem a aparecer. Sendo assim, confira o passo a passo a seguir para colocar em prática ainda hoje na sua rotina!

Preparação da pele

Antes de começar, o recomendado é que você prepare a sua pele para receber a massagem: 

  • Faça uma esfoliação corporal, massageando a pele de forma suave e circular, a fim de ativar a circulação sanguínea no local;
  • Tome um banho de água morna para  promover a vasodilatação e facilitar a penetração dos ativos do creme utilizado na técnica;
  • Deite-se e coloque um apoio na altura da panturrilha e dos tornozelos (pode ser um travesseiro) para melhorar o retorno venoso na região, permanecendo assim por 15 minutos antes de iniciar a massagem.

Escolha bem os objetos e produtos que serão utilizados

Para fazer drenagem em casa não é necessário muitos recursos: apenas um bom creme – preferencialmente um óleo de massagem ou creme específico – e uma boa dose de jeito com as mãos já são suficiente. 

No entanto, especialistas recomendam que se a paciente tiver habilidade, pode usar outros objetos para auxiliar na técnica, como por exemplo o bambu e escovas especiais. 

Faça massagens locais certos

As técnicas de drenagem podem ser aplicadas em diferentes regiões do corpo: pernas, nos braços, na região do tronco, incluindo a barriga, e na face, e se mostram muito eficazes quando feitas da maneira correta. 

Movimentos da massagem

Para este tipo de técnica, não se utiliza da força, mas sim da firmeza das mãos. 

  • Os movimentos circulares  devem ser feitos com o polegar na direção dos vasos linfáticos;
  • Para fazer movimentos de compressão (como se estivessem bombando a pele) o ideal é deixar a mão em forma de conchinha. 

O ideal é que os movimentos sejam repetidos entre cinco e dez vezes para observar bons resultados. Também é importante realizar a massagem no mínimo uma vez por semana para garantir sua eficácia. 

Além disso, é importante associar a prática com bons hábitos alimentares, a prática de atividades físicas e até mesmo outros procedimentos estéticos

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).