11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira das 8h às 21h
Sábados das 10h às 14h

Cremes anticelulite funcionam? Veja as dicas

Conheça as alternativas para acabar com os indesejados furinhos causados pela celulite

Se você também se incomoda com as celulites no seu corpo e quer encontrar a melhor saída para eliminá-la de uma vez por todas, saiba você não está só!

Diariamente, milhares de mulheres buscam alternativas para melhorar a aparência de sua pele e apostam suas fichas tanto em tratamentos estéticos, quando em cremes anticelulite e receitas caseiras para acabar com o problema. 

No entanto, será que estes produtos são realmente eficazes e podem cumprir com o que prometem em suas embalagens? É justamente sobre isso que viemos falar hoje!

Tudo sobre cremes anticelulite

Antes de mais nada, é preciso esclarecer o que são os cremes anticelulite e como eles funcionam na pele de homens e mulheres que sofrem com a condição. 

Trata-se de um produto resultado da combinação de diversos compostos, capazes de promover a quebra de gordura, melhorar a firmeza da pele e estimular a circulação na região em que foi aplicado. 

Normalmente,  as substâncias mais comuns encontradas nesse tipo de cosmético são: 

  • Antideglicante;
  • Asiaticosídeo: estimula a circulação venosa e a produção de fibroblasto;
  • Cafeisilane C (cafeína ligada à silício): age nos adipócitos;
  • Carnitina: age diretamente na gordura;
  • Lotus rutina: anti-inflamatório e antioxidante.

Como usar?

O ideal é que os cremes anticelulite sejam encarados como um tratamento para celulite,  visando garantir a sua eficácia. O recomendado é que o produto seja aplicado ao menos duas vezes por dia, durante um período de 2 meses para começar a apresentar bons resultados. 

Será que cremes anticelulite realmente funcionam?

Além disso, especialistas indicam que o produto deve ser utilizado preferencialmente após o banho, que é quando os poros estão mais dilatados, facilitando a absorção das substâncias. 

Recomenda-se ainda que após a aplicação do creme, realize-se uma massagem caprichada no local para estimular a circulação sanguínea. Para cada área, é necessário um tipo de movimento específico:

  • Na região do abdome e do bumbum: movimentos circulares;
  • Na cintura e na parte de fora da coxa: massagem com os dedos firmes e as mãos alternadas;
  • Na região interna da coxa: massagem com os dedos firmes, sempre de dentro para fora. 

Estes cremes realmente funcionam?

A resposta para esta pergunta é sim, porém, para garantir uma boa eficácia do produto e acabar com a celulite é preciso utilizá-lo da maneira correta além de compreender que (infelizmente) não existem milagres. 

Especialistas recomendam que seu uso deve ser aliado a outras práticas a fim de se obter resultados ainda melhores. 

Uma boa alimentação, composta por frutas, legumes e verduras, a ingestão de no mínimo 2 litros de água por dia e a prática regular de exercícios físicos são bons exemplos do que se deve incorporar na rotina de cuidados. Além disso, os tratamentos estéticos são uma boa opção para combater a celulite. Dentre os mais procurados, podemos destacar a carboxiterapia, o manthus e até a drenagem linfática são capazes de oferecer bons resultados aos pacientes.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).