(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
conheça as possíveis combinações de cirurgias reparadoras e cirurgias plásticas

Cirurgias reparadoras e plásticas podem ser feitas ao mesmo tempo?

Entenda quando a cirurgia reparadora é compatível com procedimentos estéticos e o que é considerado nessa opção

A cirurgia reparadora tem como objetivo reverter deformidades congênitas ou adquiridas que comprometam a saúde ou qualidade de vida do paciente.

A associação entre cirurgia reparadora e plástica é uma opção que deve ser conversada com o cirurgião plástico responsável, pois sempre depende das particularidades do caso.

Cirurgia reparadora: quais as indicações?

Segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a cirurgia reparadora corresponde a 40% dos procedimentos realizados anualmente nessa especialidade. São diversas as possibilidade e indicações da cirurgia plástica reparadora, como:

  • mamoplastia de aumento após mastectomia como parte do tratamento de câncer de mama;
  • septoplastia para correção do desvio de septo que pode comprometer a respiração da paciente;
  • abdominoplastia para correção do excesso de pele após cirurgia bariátrica;
  • remoção de sinais cutâneos benignos, como nevos (pintas), cistos, lipomas e outros;
  • correção da fissura labiopalatal;
  • reconstrução pós-traumática em caso de queimaduras, fraturas expostas e outros;
  • tratamento de câncer de pele.

Essas são algumas das cirurgias reparadoras mais comuns, mas existem outras, sendo que ser uma demanda funcional ou estética é o que determina a natureza da intervenção cirúrgica.

Uma blefaroplastia é, geralmente, estética, entretanto, quando a ptose palpebral compromete a vista da paciente, torna-se uma demanda funcional, sendo então classificada como cirurgia reparadora.

Como a associação de cirurgias é avaliada?

mulher sentada no sofá após realização de cirurgia reparadora

A associação de cirurgias plásticas, sejam com objetivos funcionais ou estéticos, é comum nessa área, mas demanda avaliação individualizada. Alguns aspectos precisam ser considerados pelo cirurgião plástico para determinar se a opção é segura, como:

  • tempo de execução de cada procedimento, de forma que a cirurgia não tenha uma duração elevada que comprometa a segurança da paciente;
  • perda de sangue de cada técnica, evitando procedimentos com maior tendência ao sangramento, especialmente se houverem alterações na saúde ou coagulação;
  • viabilidade da operação e recuperação, com procedimentos que não sejam incompatíveis, como um na parte frontal e outro na posterior;
  • estado de saúde geral da paciente, contra indicando uma intervenção mais invasiva quando o sistema imunológico já está comprometido.

Considerando esses fatores, existem associações mais comuns e outras menos indicadas.

Quais os exemplos de cirurgias plásticas associadas?

Um exemplo é associação da septoplastia com a rinoplastia, a chamada rinosseptoplastia, que visa a correção de problemas funcionais e insatisfações estéticas com o nariz.

Tal associação é, inclusive, recomendada para pacientes com alterações anatômicas no nariz e incômodos estéticos, pois exige um único pré e pós-operatório, entregando resultados mais completos e satisfatórios.

Por sua vez, um procedimento como o enxerto de pele pós-queimadura geralmente não é associado com outra técnica, pois é uma cirurgia demorada, com um pós-operatório difícil.

Portanto, as indicações de cirurgia reparadora associada à cirurgia plástica estética dependem do caso, sendo que apenas o cirurgião plástico poderá fazer essa avaliação. O primordial é sempre a preservação da segurança, saúde e bem-estar da paciente, de forma que a cirurgia reparadora é prioritária em relação à estética.

Apesar disso, os desejos da paciente são considerados na decisão, caso não haja comprometimento da segurança do tratamento. Também é possível que seja indicado recorrer à cirurgia plástica em um momento posterior.Gostou e quer saber mais? Agende sua consulta aqui!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.