Menu

Veja como funciona a cirurgia para reduzir papada e marque agora sua consulta!

mulher com batom vermelho e colar no pescoço

Com o avanço da idade, a pele do pescoço perde sua firmeza e tende a acumular gordura, formando o indesejável queixo duplo. Saiba como se livrar dele!

O acúmulo de gordura na região do pescoço envelhece e incomoda esteticamente ao formar o famoso “queixo duplo”. Agravada pela presença da flacidez, essa imperfeição não pode ser corrigida com dieta e exercícios, por isso entra em cena a cirurgia para reduzir papada.

Com o passar dos anos, a influência da genética, do peso, do estilo de vida e até mesmo os danos causados pelo sol que se acumularam durante a vida levam à destruição do colágeno da pele do pescoço, deixando-a menos firme e mais propensa a acumular gordura.

Se esse é o seu caso e você se sente infeliz ao se olhar no espelho, está na hora de descobrir o tratamento cirúrgico para resolver esse problema e recuperar sua autoestima. Confira:

Cirurgia para reduzir papada: saiba como funciona

O excesso de gordura acumulado na região do pescoço pode ser tratado por meio de uma lipoaspiração. Essa cirurgia pode ser feita de forma isolada, combinada com a lipoaspiração de outras partes do corpo ou em associação com outras plásticas, como o lifting facial.

As técnicas cirúrgicas são escolhidas conforme o grau de flacidez e do acúmulo de gordura na região, de modo que podemos considerar três variantes da cirurgia para reduzir papada: a hidrolipo, a lipoaspiração tradicional e a lipoaspiração a laser. Saiba mais sobre elas:

mulher sorrindo olhando para o horizonte
  1. Hidrolipo de papada

Também conhecida como mini lipo e lipo light, a hidrolipo de papada é quase igual a uma lipoaspiração tradicional, mas ela é feita apenas na região abaixo do pescoço. Para isso, existe a possibilidade de utilizar anestesia local em vez de anestesia geral.

Quando essa cirurgia para reduzir papada é feita com o paciente acordado, ela pode ser realizada na clínica médica. Porém, embora não sinta dor, ele sentirá a movimentação dos instrumentos, o que pode causar bastante aflição.

Nesse e em outros casos em que seja necessário associar o anestésico local com a sedação intravenosa para que o paciente durma, a hidrolipo deverá ser feita no hospital, de modo a oferecer toda a segurança necessária ao paciente.

Como a hidrolipo consiste apenas na sucção da gordura por meio de cânulas, sem contar com a ressecção da pele extra, ela é indicada para pessoas que têm um pequeno depósito de tecido adiposo na papada e cuja pele tem bastante elasticidade, podendo se retrair e evitar a flacidez.

  1. Lipoaspiração de papada

A lipoaspiração na região da papada é feita da mesma forma que em outras partes do corpo. Para isso, o cirurgião aplica o anestésico junto com uma solução de adrenalina para facilitar a quebra das células de gordura e a sua posterior eliminação, além de evitar sangramentos.

O procedimento é realizado com a inserção de pequenas cânulas por orifícios de cerca de 3 mm. Essas cânulas são movimentadas para desprender as células adiposas, que serão então sugadas pelo vácuo criado por um aparelho.

Na cirurgia para reduzir papada, costumam ser feitos três orifícios por onde são inseridas as cânulas: dois deles se localizam atrás dos lóbulos das orelhas e o terceiro fica abaixo do queixo, resultando em cicatrizes bastante discretas devido à sua localização.

Quando o paciente também apresenta flacidez, a cirurgia pode incluir uma sutura feita na musculatura do pescoço, o que dá um efeito de lifting nesse tecido e gera uma tração na pele. Se necessário, pode ser feita a correção das bandas platismais.

Além disso, quando a pessoa tem excesso de pele nessa região, a cirurgia pode incluir a remoção dessas sobras por meio da ressecção do tecido cutâneo, promovendo um efeito de rejuvenescimento ainda mais interessante.

  1. Lipoaspiração de papada a laser

A terceira técnica da cirurgia para reduzir papada consiste na lipoaspiração a laser. Nesse caso, a cânula está acoplada com uma fibra ótica que emite um feixe de luz, o qual atua sobre a membrana das células adiposas e facilita seu rompimento.

Outra vantagem do laser é que ele promove a cauterização dos vasos sanguíneos, reduzindo o sangramento e as equimoses (manchas roxas) depois da cirurgia plástica. Além disso, o laser estimula a produção de colágeno, que deixa a pele mais firme e ajuda a combater a flacidez.

mulher com as mãos no pescoço olhando com um sorriso

Leia mais – Conheça tratamentos estéticos para flacidez no pescoço e no rosto!

Pós-operatório e recuperação da lipo de papada

Independentemente da técnica utilizada, o pós-operatório da cirurgia para reduzir papada pode apresentar certo grau de inchaço, requisitando o uso de drenos por 24 horas e a aplicação de compressas frias no rosto e no pescoço por 48 horas.

Além disso, recomenda-se que o paciente utilize mais travesseiros para dormir, de modo a deixar a cabeça levemente inclinada em relação ao corpo, o que também ajuda a reduzir o edema.

O repouso varia conforme as condições prévias do paciente. Quando a cirurgia é feita apenas na papada, as atividades cotidianas são retomadas mais rapidamente. Porém, se a lipo for combinada com outras cirurgias ou outras regiões, será necessário se afastar por mais tempo.

No caso da lipoaspiração de papada, os exercícios devem ser suspensos por cerca de 30 dias, embora as atividades laborais que não exijam muito esforço físico possam ser retomados antes disso.

O paciente pode ser orientado a utilizar uma malha compressiva por cerca de 15 dias, a qual ajuda a segurar os tecidos e facilita sua cicatrização. Os pontos costumam ser retirados entre a primeira e a segunda semana, e o médico pode solicitar a realização de drenagem linfática.

A escolha da melhor técnica deve ser feita pelo cirurgião plástico. Por isso, se você quiser saber mais sobre essa cirurgia, agende hoje mesmo sua consulta com a Dra. Luciana Pepino e descubra qual é o tratamento mais adequado para você.

  • 68
    Shares

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Antonia Benedita Oliveira de moraes disse:

    Boa tarde ! No meu caso é cirurgia da mama,

  2. KENNYA disse:

    Dra Boa tarde!

    Tenho pele na papada qual procedimento e preço?

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Olá Kennya! Tudo bem?

      Para definir os valores é necessário que você passe por uma avaliação pessoalmente, somente assim poderei opinar sobre qual a melhor indicação para você. Após a primeira avaliação é possível definirmos valores e formas de pagamento.

      Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: https://goo.gl/nvCFzz

      Beijos!

  3. Marcia Moreira disse:

    Adorei

  4. Torres Bandeira disse:

    Excelente gostei, tem como falar de custos

  5. SANDRA REGINA CAVALCANTI NERI disse:

    Gostei