Cirurgia plástica no verão: devo ou não fazer?

Não há período ideal para qualquer operação acontecer, pois é algo que depende de inúmeros fatores

O segundo semestre do ano é ideal para muitas pessoas buscarem um procedimento estético. A cirurgia plástica no verão é pensada com aquele sentimento de mudanças. Afinal, o calor sempre traz a necessidade de querer se cuidar mais, de fazer atividades físicas, de buscar meios para manter uma dieta saudável, de mudar as madeixas e, claro, mandar embora um probleminha estético. Ao contrário do inverno que dá aquela preguicinha, muitas pessoas deixam a decisão por uma cirurgia para o verão e é comum se perguntar se é um período ideal.

Antes de tudo, um procedimento estético pode ser realizado em qualquer dia do ano. No caso da cirurgia plástica no verão, ela é vista como um desafio apenas por conta da recuperação pós-operatória. Qualquer método mais complexo, como a lipoaspiração, exigirá cuidados cautelosos, como não abrir mão das cintas modeladoras que precisam ser usadas fielmente para evitar fibroses e para amenizar os inchaços. Fazer uma cirurgia na temporada de calor pode trazer momentos mais desconfortáveis em comparação ao inverno. Só isso!

Assim, a cirurgia plástica no verão gera mais desconfortos por ser uma época do ano que deixa as pessoas irritadiças e incomodadas justamente por causa das altas temperaturas. Usar uma cinta modeladora pode não ser tão agradável quanto vesti-la no inverno. Dormir também é outro ponto que é sempre prejudicado por causa do calor e, unido às dores nos pontos, pode se tornar um pesadelo para determinado paciente. Inclusive, quem planeja ir à praia deverá ficar de molho, pois os raios solares prejudicam a cicatrização.

Cirurgia plástica no verão: outros fatores determinantes

Fazer uma cirurgia plástica no verão também pode ser um empecilho por causa da alta incidência de raios solares, algo que não acontece no inverno. Assim, há maior risco de manchas e inchaços. Isso elimina um pouco a confortabilidade do paciente na hora de se recuperar. Até mesmo a escolha das roupas é um detalhe crucial, pois elas ajudam a barrar o contato solar e, se bem escolhidas, oferecem uma ótima sensação térmica para uma pessoa que foi operada e que precisa enfrentar esse período bastante delicado.

O verão é muito visado para cirurgias plásticas por ser uma época próxima às festividades de final de ano e todo mundo quer curti-las com uma boa aparência. Sem contar que é o período que uma pessoa juntou dinheiro o ano inteiro para realizar o sonho por uma operação estética. Seja no inverno ou no verão, o importante é estar consciente da escolha, ser realista e tomar todos os cuidados para ter uma cirurgia plástica realizada com segurança.

Decidir por uma cirurgia plástica no verão não quer dizer que os resultados serão diferentes de quem a realiza no inverno. Lembre-se de que não há um período ideal para realizar um procedimento estético, pois depende da necessidade e da disponibilidade do paciente.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. maria da graça damante disse:

    estou ansiosa pra fazer 1 cirurgia para retirada da papada gostaria de saber se eh possivel apenas com botox ou eh preciso mesmo cortar.que tipo de prcedimento eh possivel?

    • Luciana Pepino disse:

      Maria,

      Eu só consigo responder a sua pergunta após avaliá-la pessoalmente, pois cada caso é um caso. Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: http://goo.gl/eqc7rp
      Beijos