Botox ®: o que você precisa saber sobre ele

mulher com injeção de botox na mão

A toxina botulínica é um dos procedimentos estéticos mais requisitados, mas nem todo mundo sabe do que se trata

A toxina botulínica (Botox ®) é um dos procedimentos estéticos mais buscados pelas mulheres. Para quem quer amenizar as linhas de expressão, rugas na testa, os pés de galinha e a flacidez no pescoço, este é o método mais eficaz para deixar o rosto com aparência rejuvenescida. Infelizmente, não estamos imunes de envelhecer e, com o passar do tempo, a elasticidade da pele se perde e traz os sinais que denunciam a idade. Felizmente, há métodos estéticos como a aplicação de Botox®.

Primeiro de tudo, é preciso definir o que é Botox ®. A toxina botulínica é a substância que beneficia o rejuvenescimento facial, seja do tipo A e B, purificada e derivada de uma bactéria. Ela é aplicada nos músculos do rosto, o que impede a contração deles, de maneira a evitar o aparecimento de novas rugas e de marcas de expressão. Esse método também é usado entre aqueles que têm transpiração excessiva nas axilas, nas mãos e nos pés, a famosa hiperidrose. No geral, ela é um relaxante muscular que deixa a expressão facial mais descansada.

Sendo assim, a toxina botulínica paralisa o músculo. Para as mulheres que buscam resultados ainda mais completos, saiba que esse método estético pode ser associado ao peeling, ao preenchimento e até mesmo à microdermoabrasão. Essa junção de procedimentos cosméticos potencializa os efeitos positivos do Botox® na pele.

É comum ter medo de ficar com a expressão facial engessada após a injeção de Botox®, mas isso é um fato que pode acontecer. Porém, depende do médico e da capacitação dele em realizar esse método estético. Se o rosto ficar “congelado” é devido às doses exageradas ou à aplicação incorreta. Por isso, é preciso ficar de olho no profissional para que os traços faciais fiquem mais naturais possíveis.

Como é feita a aplicação de Botox ®?

A aplicação da toxina botulínica é totalmente suportável. Claro que isso vai depender da sensibilidade de cada um que realizar o procedimento estético, o que pode requerer o uso de um creme anestésico. O Botox® é injetado em áreas especificadas com o médico responsável, sendo que as partes mais requisitadas são a testa, a glabela que contribui para arquear as sobrancelhas e onde estão concentrados os pés de galinha. Assim, é analisada a dosagem necessária para amenizar essas marcas na pele que também é variante entre cada paciente.

A boa parte de aplicar a toxina botulínica é que não é necessária anestesia e nem repouso por um longo período. Isso quer dizer que o paciente pode retornar com rapidez à rotina, sem se preocupar com um pós-operatório. Porém, há regrinhas a serem mantidas, tais como não deitar, fazer atividades físicas ou massagear a região nas 4 horas após o procedimento.

E os resultados do Botox ®?

Os resultados tendem a aparecer em poucos dias, em média, depois de 48 horas após a aplicação, e o efeito completo pode levar até 2 semanas para surgir. Os retoques são necessários com o passar de alguns meses, um detalhe que precisa ser combinado com o médico. Se você optar por não repetir as injeções de Botox ®, as rugas e as marcas de expressão retornarão ao rosto.

A toxina botulínica não é destinada, essencialmente, para as gestantes, para quem ainda amamenta ou quem possui alergias. Se você faz uso de algum medicamento, comunique isso ao médico, pois esse detalhe pode influenciar nos resultados na injeção de Botox ®.

Não se esqueça da nossa dica de sempre: consultar a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica para verificar se o médico é habilitado nesta especialidade.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).