Decretado o fim da celulite: veja como!

Mulher fazendo drenagem linfática

Drenagem linfática é aliada no combate à celulite e gordura localizada, contribuindo na modelagem corporal!

A celulite é a grande vilã para muitas mulheres – e homens também. Assim, quando o objetivo é preparar o corpo para o verão é importante buscar aliados para combatê-la. Os benefícios da drenagem linfática fazem dela um dos principais recursos.

A drenagem linfática é usada para diferentes fins estéticos, mas também funcionais. Conheça mais sobre a técnica a seguir, como ela funciona e os benefícios.

O que é e como funciona a drenagem linfática?

A drenagem linfática consiste em uma técnica de massagem que promove o estímulo do sistema linfático.

Entre os resultados que podem ser alcançados destaca-se a diminuição da retenção de líquido, melhora da circulação sanguínea, combate à celulite e relaxamento corporal.

Para compreender melhor os benefícios da técnica, entretanto é preciso entender como o sistema linfático funciona.

Além da circulação arterial e venosa, nosso organismo tem também os vasos linfáticos pelo qual circula a linfa, rica em proteínas, glóbulos brancos, microorganismos, células mortas, células sanguíneas, mas também bactérias e toxinas.

A linfa faz trocas metabólicas com as células e retorna aos gânglios linfáticos, onde é filtrada. Os gânglios são responsáveis por identificar e combater germes, infecções e outras substâncias estranhas, sendo fundamental ao sistema imunológico.

Ao estimular a circulação da linfa, a drenagem faz com que esse líquido seja filtrado mais vezes, retirando as toxinas acumuladas entre as células e tecidos e eliminando-os mais rapidamente do organismo.

Quais os benefícios da drenagem linfática?

Os benefícios da drenagem linfática são variados e incluem:

  • aumento da oxigenação dos tecidos;
  • melhora a eliminação de toxinas e metabólitos;
  • aumenta a absorção de nutrientes no trato digestivo;
  • melhora a eliminação de líquidos;
  • desintoxica o organismo;
  • ativa o sistema imunológico;
  • tem efeito analgésico;
  • alivia hematomas e inchaços após cirurgias plásticas.

Como resultado desses diversos benefícios promovidos, a técnica ajuda no tratamento de celulite, perder medidas e também de gordura localizada, melhorando a modelagem corporal.

Destaca-se, no entanto, que esses resultados são alcançados e mantidos unindo o procedimento a outros cuidados, como uma alimentação saudável e a prática de atividades físicas.

Como a drenagem linfática auxilia no combate à celulite?

O funcionamento adequado e saudável do sistema linfático é determinante para evitar o surgimento de celulite na pele.

Esse problema ocorre quando há impurezas debaixo da pele, que o sistema linfático não consegue eliminar totalmente. Essas impurezas misturam-se com células de gordura e causam pequenos entupimentos sólidos na derme, que são a celulite.

Uma vez que os benefícios da drenagem linfática incluem a melhora da circulação da linfa e eliminação de líquidos, a técnica ajuda a soltar esses nódulos entupidos e remover as impurezas que causam a celulite.

Portanto, essa ocorrência estética pode ser causada por problemas de circulação da linfa, e também em decorrência de uma má alimentação e falta de exercícios físicos.

Técnica de drenagem linfática sendo realizada em barriga feminina

Como a técnica é realizada?

Para que os objetivos com a técnica sejam alcançados, a drenagem linfática deve ser realizada seguindo o trajeto dos vasos linfáticos, no sentido do gânglio linfático. A drenagem manual utiliza movimentos leves e com pressão em bracelete.

Se a paciente deseja um resultado rápido para dar fim à celulite podem ser necessárias três sessões por semana com foco nas pernas e nos glúteos com duração entre 40 e 60 minutos.

Destaca-se que a técnica, que exige movimentos suaves levando a linfa em direção aos gânglios linfáticos, deve ser realizada por um profissional capacitado.

Quais são as indicações e contraindicações do procedimento?

A drenagem linfática é indicada para pacientes que estejam em um bom estado de saúde.

Entre as recomendações destacam-se as gestantes, para ajudar na eliminação de líquidos, mulheres com sintomas severos de TPM ou quem tem tendência a cicatrizes hipertróficas e queloidianas.

O procedimento também é indicado no pós-operatório de diferentes cirurgias plásticas, como a lipoaspiração e a abdominoplastia, pois reduz o inchaço, elimina os líquidos e acelera a recuperação.

Apesar dos benefícios da drenagem linfática existem casos nos quais a técnica não deve ser realizada, como:

  • pessoas com infecções ativas;
  • pacientes com risco vascular, como insuficiência cardíaca;
  • em casos de tendência à trombose;
  • pacientes hipertensos;
  • pacientes oncológicos em tratamento.

A técnica pode ser realizada por fisioterapeutas ou massoterapeutas, não sendo necessária a autorização médica para realizá-la, mas essas situações específicas devem ser informadas ao profissional evitando complicações.

Os benefícios alcançados com drenagem linfática são inúmeros, principalmente no combate à celulite e gordura localizada. Procure um especialista e conheça as indicações para o seu caso!

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).

Deixe aqui seu comentário

*