Quais são as diferenças de cuidados com a pele do rosto no verão?

mulher tirando uma selfie de óculos amarelo sorrindo e fazendo sinal de positivo

Mesmo que seu rosto fique mais sujeito ao ressecamento no inverno, o verão demanda alguns cuidados especiais para manter a beleza e a saúde da sua pele. Saiba quais são!

O sol, o mar e a piscina fazem os dias de calor ainda mais inesquecíveis, mas esses fatores também podem ser prejudiciais para nossa saúde e beleza. Por isso, é preciso conhecer e colocar em prática alguns cuidados especiais com a pele do rosto no verão.

Embora muita gente sinta que a pele sofre mais no inverno, quando há uma tendência maior a ressecar e descamar, a estação mais quente do ano também pode causar efeitos negativos, colocando a integridade do tecido em risco e acelerando o envelhecimento.

Como cuidar da pele do rosto no verão

A maior incidência dos raios solares, as altas temperaturas e o contato com o cloro e o sal são fatores que podem prejudicar a qualidade da pele nessa estação. Dessa forma, é muito importante conhecer as melhores dicas para cuidar bem do seu rosto. Confira:

  1. Escolha um protetor solar adequado para o seu tom de pele

Como a face está sempre exposta, é necessário utilizar protetor solar todos os dias, pois a radiação UVA existe do mesmo jeito em dias frios e seus danos se acumulam, acelerando o envelhecimento e aumentando o risco de câncer de pele.

Porém, a radiação UVB é mais intensa no verão, favorecendo as queimaduras. Por isso, é preciso escolher um protetor solar com FPS adequado à sua pele:

  • Pele negra e moreno-escura: FPS 30;
  • Pele moreno-clara: FPS 30 a 50;
  • Pele branca: FPS 50 a 60;
  • Pele muito clara ou pessoas que já tiveram câncer de pele: FPS acima de 60.
mulher sentada na cadeira de praia sorrindo com óculos na cabeça e celular na mão
  1. Leve seu tipo de pele em consideração na hora de escolher um protetor

É possível encontrar uma infinidade de protetores solares com diferentes texturas e características, de modo que cada pessoa pode escolher o produto mais apropriado para o seu tipo de pele.

Para a pele oleosa, recomenda-se utilizar um protetor em forma de gel e que contenha ativos antibrilho. Aproveite para conhecer algumas dicas de produtos para pele oleosa. Para a pele seca, por sua vez, produtos com consistência mais cremosa costumam ser mais indicados.

Existem também produtos para pele mista e normal, sejam eles com ou sem cor, e também aqueles indicados para peles sensíveis, que são isentos de ingredientes irritantes.

  1. Reforce a proteção contra o sol com barreiras físicas

Além do filtro solar, é essencial aumentar a proteção contra os efeitos nocivos do sol com o uso de acessórios como chapéus, bonés e óculos escuros, que ajudam a proteger a pele do rosto no verão.

Além disso, mesmo com toda essa proteção, o ideal mesmo é evitar ao máximo a exposição solar entre as 10 e as 16 horas, quando os raios solares atingem a superfície terrestre com mais intensidade.

  1. Tome uma ducha assim que sair da praia ou da piscina

A água salgada e o cloro utilizado na piscina são agentes que favorecem a desidratação – um problema que aumenta ainda mais com as temperaturas elevadas. Por isso, é importante tomar uma ducha assim que sair da praia ou da piscina, enxaguando bem o rosto e o corpo.

Assim que possível, porém, deve-se tomar um banho completo e prestar atenção especial à pele da face, de modo a reduzir o tempo de contato das impurezas com o tecido cutâneo.

  1. Aplique um hidratante facial todos os dias

Mesmo que os problemas de descamação sejam mais frequentes no inverno, os cuidados com a pele do rosto no verão também incluem o uso diário de um bom hidratante facial. Afinal, com o aumento da transpiração, o tecido cutâneo perde muita água e pode ressecar.

Ao aplicar o hidratante, estamos restabelecendo a camada hidrolipídica da pele, ou seja, a barreira de proteção que impede a perda da umidade e reduz os danos causados por agentes como poluição, vento e luz solar.

  1. Mantenha seu corpo bem hidratado

O uso de um hidratante facial é importantíssimo, mas a saúde da pele do rosto no verão (e no resto do ano!) também depende da hidratação que vem de dentro. Ainda, como perdemos mais água por causa do calor, é necessário aumentar a ingestão de líquidos.

Em geral, recomenda-se beber de 2 a 2,5 litros de água todos os dias, podendo complementar essa quantidade com água de coco e chás naturais, de preferência sem açúcar.

Confira também – 13 super dicas para uma alimentação saudável e como você deve mudar seus hábitos

  1. Não exagere no uso do sabonete

Com o calor, pessoas que têm a pele mista ou oleosa sofrem pelo aumento na produção do sebo e podem querer lavar o rosto várias vezes ao dia para controlar esse problema. Porém, esse hábito pode ter um efeito rebote, estimulando ainda mais a oleosidade.

Dessa forma, é importante utilizar um sabonete neutro ou adequado para o seu tipo de pele e lavar o rosto com água fria ou no máximo morna, sem exagerar na frequência de higienizações nem esfregar com muita força.

mulher lavando o rosto na pia de olhos fechados
  1. Aposte na limpeza de pele para manter o rosto bonito e saudável

Em vez de lavar o rosto sem parar, uma alternativa muito mais eficiente para controlar a oleosidade e evitar problemas como cravos e espinhas é recorrer a uma limpeza de pele feita em uma clínica especializada.

Por agir mais profundamente do que uma limpeza caseira, seus efeitos são ainda mais poderosos, contribuindo para manter a pele saudável e bonita por mais tempo e para evitar os sinais do envelhecimento. Saiba mais sobre os benefícios da limpeza de pele profissional.

Para que a limpeza de pele realmente funcione e não cause nenhum prejuízo, ela deve ser feita em clínicas de confiança e por profissionais devidamente capacitados. Entre em contato com a Dra. Luciana Pepino para agendar sua avaliação e aproveite para conhecer os procedimentos estéticos e cirurgias plásticas que a clínica oferece!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. María Cristina disse:

    Gostaria de informações sobre o sculptra