Como o ácido hialurônico ajuda no rejuvenescimento facial? Confira!

mulher brincando com as mãos na frente dos olhos

Presente no corpo humano, essa substância é bem aceita pelo organismo e pode ser utilizada para repor o volume das maçãs do rosto, preencher rugas e dar mais sustentação à face

Não tem jeito: é impossível segurar o tempo e impedir que o passar dos anos deixe suas marcas em nossa aparência, especialmente no rosto. Porém, muitas vezes nossa imagem não reflete a forma como nos sentimos – e é aí que o ácido hialurônico pode nos ajudar.

Essa substância tem um uso muito amplo quando o assunto é rejuvenescimento, participando de vários tratamentos estéticos que nos permitem suavizar ou eliminar determinadas marcas da passagem do tempo. Conheça suas possibilidades!

Prazer, ácido hialurônico

Talvez você não saiba disso, mas o ácido hialurônico é uma substância que existe naturalmente em nosso corpo, fazendo parte do líquido sinovial (líquido dentro das articulações), no globo ocular e no tecido conjuntivo, que faz a união dos outros tecidos.

Contudo, a maior parte desse componente está localizada na pele, que contém cerca de 56% da quantidade presente em nosso organismo. Quando somos jovens, a pele é rica nessa substância, o que a deixa elástica e lisa.

Porém, conforme envelhecemos, a produção de ácido hialurônico diminui. Em consequência, também há uma perda do conteúdo de água, da elasticidade e da firmeza da pele, tornando-a mais sujeita às rugas e depressões.

mulher loira sorrindo olhando para a câmera

Tratamentos estéticos com ácido hialurônico

O ácido hialurônico utilizado para combater o envelhecimento consiste em uma versão sintética dessa substância ou, então, produzida a partir da fermentação promovida por algumas bactérias. Conheça as principais técnicas na qual ele é utilizado:

  1. Preenchimento labial

Em torno dos 40 anos, os lábios começam a perder volume, tornando-se mais finos e menos protuberantes do que eram antigamente. Nesse caso, é possível recuperar a aparência dessa região com o preenchimento feito com ácido hialurônico.

Esse tratamento não requer internamento, podendo ser feito na própria clínica com a aplicação de anestesia local. Para sua segurança, porém, sempre conte com um profissional devidamente habilitado, como o cirurgião plástico.

Os lábios podem ficar inchados e arroxeados na primeira semana, mas esses desconfortos logo desaparecem. Como a substância é absorvida pelo corpo, a aplicação deve ser feita novamente em cerca de 10 a 12 meses.

  1. Preenchimento facial

Outro efeito do envelhecimento é a perda do volume em regiões como as maçãs do rosto, as mandíbulas e o queixo. Se esse é o seu caso, saiba que o ácido hialurônico também pode ser utilizado no preenchimento facial, técnica que redefine esses contornos.

O procedimento é feito com anestesia local e dura cerca de 30 minutos. O local tratado pode ficar um pouco inchado e doloroso nos primeiros dias, mas os incômodos desaparecem em cerca de uma semana.

  1. Preenchimento de sulcos e rugas

Enquanto as rugas de expressão, como os pés de galinha, podem ser tratadas com Botox, os sulcos permanentes não respondem a esse tratamento – como é o caso do bigode chinês e das linhas verticais entre as sobrancelhas.

Nesse caso, o ácido hialurônico pode ser utilizado para preencher a depressão, nivelando o sulco com a pele ao seu redor. Além disso, como essa substância atrai moléculas de água, a região fica mais hidratada e menos sujeita a novas rugas.

Assim como acontece em outras técnicas, é necessário repetir o procedimento em cerca de 12 meses para manter seus efeitos, pois o ácido hialurônico acaba sendo absorvido pelo organismo.

Veja também – Botox x Preenchimento Facial: entenda tudo sobre estes procedimentos

  1. Tratamento de olheiras profundas

Outra possibilidade de tratamento com essa substância é o preenchimento das olheiras profundas, que são causadas por um desnível entre as maçãs do rosto e a pálpebra inferior, deixando o olho “fundo” devido ao efeito de sombra nessa região.

Diferente das olheiras pigmentadas, que podem ser disfarçadas com maquiagem ou tratadas com laser, a melhor solução para as olheiras profundas é o preenchimento com ácido hialurônico, de modo a corrigir o desnível dessa região.

Para isso, a substância é aplicada no chamado sulco nasojugal, o que traz a pele “mais para cima”, acabando com o efeito de sombra e a aparência de “caveirinha”.

  1. 8 Point Lift

O lifting facial é a cirurgia plástica que tem como objetivo levantar os tecidos e corrigir a flacidez. Porém, para quem não quer ou não pode se submeter a um procedimento cirúrgico, o 8 Point Lift oferece uma solução menos invasiva.

Nessa técnica, o ácido hialurônico é injetado nos 8 pontos que são responsáveis pela sustentação da face, de modo a fornecer mais suporte à pele nas regiões-chave para o rejuvenescimento.

O 8 Point Lift é feito com anestesia local e tem uma recuperação simples, sem necessitar que a pessoa se afaste do trabalho – embora possam surgir algumas marcas roxas e inchaço, que somem em poucos dias.

mulher em com a mão no rosto olhando para baixo em frente a um fundo rosa
  1. MD Codes

O MD Codes poderia ser explicado como uma espécie de preenchimento facial mais avançado. Embora também use o ácido hialurônico, essa técnica é feita de forma personalizada para cada paciente, o que proporciona resultados ainda mais interessantes.

O primeiro passo desse tratamento é fazer um mapeamento da face para identificar os pontos que precisam de mais suporte. Assim, as aplicações da substância preenchedora são feitas com mais precisão, possibilitando um efeito natural de rejuvenescimento.

Outras vantagens do ácido hialurônico são que essa substância é bem aceita pelo organismo, repõe o volume perdido, proporciona efeito de lifting, melhora a hidratação e estimula a produção de colágeno, contribuindo para uma pele mais jovem e saudável.

Leia mais – Por que algumas pessoas demoram mais para apresentar sinais de envelhecimento facial?

Como você pôde perceber, essa substância oferece muitas possibilidades. Para saber qual delas é a mais indicada para você, agende uma consulta com a Dra. Luciana Pepino e aproveite para conhecer todas as opções de tratamentos estéticos e cirurgias plásticas.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).