11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Tudo que você precisa saber antes de realizar o aumento dos seus lábios

Procedimentos para aumentar os lábios

Técnicas para aumentar os lábios variam e escolha depende de uma avaliação do cirurgião plástico

O preenchimento labial é o procedimento estético recomendado para aumentar os lábios, corrigir assimetrias ou melhorar o contorno da boca. Sua realização deve ser avaliada conjuntamente com um cirurgião plástico de confiança.

Existem diferentes técnicas usadas para aumento do volume labial, sendo importante a paciente conhecer as possibilidades antes de fazer essa escolha. Saiba mais a seguir!

Quais os tipos de preenchimento labial?

As técnicas de preenchimento dos lábios são classificadas de acordo com a durabilidade dos resultados. Os prós e contras de cada método precisam ser avaliados para uma decisão mais consciente e satisfatória.

Procedimentos temporários

As técnicas para aumentar os lábios mais recomendadas são as temporárias, que em geral apresentam menores riscos de reações adversas e complicações.

Nesse caso, frequentemente é utilizado o ácido hialurônico, substância segura e aceita pelo organismo uma vez que é encontrada naturalmente no corpo humano.

Quando aplicado nos lábios, a substância promove hidratação ao aumentar a concentração de moléculas de água no local, preenchendo o espaço entre as células e aumentando o volume.

Outra técnica temporária é o uso de gordura autógena, ou seja, que é retirada do próprio corpo por meio da técnica de lipoaspiração.

Apesar de ter um resultado mais duradouro do que o ácido hialurônico, o uso de gordura tem alguns fatores importantes a serem considerados.

Entre 30 e 40% da gordura aplicada é reabsorvida pelo organismo, de forma que pode ser aplicado um volume maior inicialmente.

Além disso, por se tratar de células adiposas, os lábios podem aumentar ou diminuir conforme a paciente ganhe ou perca peso.

Métodos semi-permanentes

As pacientes devem ter conhecimento sobre as técnicas semi-permanentes, mas elas costumam ser contraindicadas pelos especialistas pelos riscos que apresentam.

São usadas substâncias como hidroxiapatita de cálcio e poli lactona, no entanto, elas podem resultar na formação de granulomas e nódulos, de forma que não são vistas como boas opções entre os médicos.

Técnicas permanentes

Muitas pacientes almejam um resultado permanente, mas para fazer essa escolha é preciso avaliar corretamente os prós e contras da opção junto com o especialista.

Em geral, utilizam-se materiais como silicone, PMMA ou metacrilato. Essas são substâncias sintéticas e que, portanto, não serão absorvidas pelo organismo.

No entanto, quando o uso é inadequado ou incorreto, essas substâncias têm maiores chances de desencadear reações no organismo que podem ocorrer logo após a técnica ou mesmo anos depois.

Como é realizado o procedimento para aumentar os lábios?

Como visto, são diferentes técnicas usadas para aumentar os lábios, mas, em geral, independente da substância, o procedimento é realizado em clínicas ou consultórios e utilizam-se agulhas ou microcânulas para aplicação.

Antes da realização do preenchimento labial não há preparo extenso, mas recomenda-se que a paciente não esteja fazendo uso de medicamentos anticoagulantes, que devem ser interrompidos uma semana antes.

A técnica também não deve ser realizada caso haja alguma infecção no lábio, como presença de acne ou herpes.

O procedimento tem duração de cerca de 30 minutos, podendo ser aplicado um anestésico tópico previamente para reduzir o desconforto.

A recuperação das técnicas para aumentar os lábios é consideravelmente tranquila quando se utiliza uma substância segura e a técnica é realizada por um cirurgião plástico especializado.

Por ser uma região muito vascularizada, os lábios podem apresentar edemas no dia seguinte que são amenizados com compressas frias, sendo que o inchaço tende a desaparecer após 48 horas.

Quando a técnica é indicada?

Existem diversas situações nas quais as técnicas de preenchimento labial podem ser recomendadas pelos especialistas, como:

  • pouco volume labial com incômodo estético;
  • sinais de envelhecimento na região dos lábios, com perda de volume e projeção;
  • em decorrência de patologias orais que resultam em redução do volume ou projeção dos lábios;
  • devido assimetrias entre os lados da boca.

Em geral recomenda-se que a técnica seja realizada em pessoas com mais de 18 anos e também que estejam em boas condições de saúde.

Problemas funcionais em decorrência da perda de volume ou assimetrias labiais podem tornar a realização de uma técnica permanente mais indicada, mas apenas o cirurgião plástico poderá fazer essa avaliação considerando as chances de recuperação e os riscos do preenchimento labial.

Técnicas de preenchimento dos lábios

Existem contraindicações para aumentar os lábios?

Assim como qualquer intervenção médica, a realização do preenchimento labial pode ser contraindicada em alguns casos, incluindo:

  • alergia a qualquer componente da formulação;
  • pacientes com doenças autoimunes;
  • feridas, acnes ou herpes nos lábios;
  • doença oncológica;
  • pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico;
  • gestantes e lactantes;
  • pessoas com pneumonia ou qualquer infecção ativa.

Esses problemas de saúde devem ser reportados ao cirurgião plástico, pois a realização da técnica pode desencadear processos infecciosos comprometendo os resultados estéticos e também o estado de saúde da paciente.

Quais resultados podem ser esperados?

Quando realizado o tratamento com ácido hialurônico os resultados surgem em cerca de duas semanas, podendo ser usado para aumentar o volume labial, melhorar o contorno dos lábios e amenizar as rugas chamadas de “código de barras”.

Os resultados duram cerca de um ano e, após esse período, uma nova aplicação deve ser realizada.

No caso de tratamentos permanentes, o resultado final pode ser visto após a amenização dos edemas do procedimento.

Como escolher o método e o profissional?

É fundamental que antes de escolher o tipo de procedimento para aumentar os lábios, a paciente encontre um cirurgião plástico de confiança e que tenha experiência na realização da técnica.

Na consulta de avaliação será considerado o estado de saúde da paciente, as insatisfações estéticas e a segurança da técnica para definir qual método é o mais recomendado.

Portanto, a indicação de um especialista é essencial para maior segurança do preenchimento labial e também resultados mais satisfatórios.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).