(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Conheça mais da toxina botulínica

Existe idade certa para a toxina botulínica?

Aplicação de toxina botulínica preventiva e corretiva amplia público beneficiado com a técnica!

A aplicação de toxina botulínica se popularizou há algumas décadas e vem sendo realizada cada vez mais cedo por homens e mulheres que desejam não apenas reduzir os sinais do envelhecimento, mas preveni-los.

Da mesma forma, o tratamento tem se tornado mais comum em diferentes faixas etárias, o que leva muitos pacientes a perguntarem se existe uma idade certa para aplicação.

A seguir esclarecemos quais os efeitos desse tratamento contra o envelhecimento e dicas de quando ele deve ser realizado.

Como a toxina botulínica age?

Apesar de ser popularmente conhecido como Botox, esse nome refere-se à primeira marca que sintetizou e teve autorização para comercializar a toxina botulínica para fins estéticos no Brasil.

A substância, sintetizada a partir bactéria causadora da doença botulismo e purificada para usos estéticos, atua como um bloqueador neuromuscular.

Quando a substância é injetada nas rugas, ela bloqueia a transmissão dos estímulos dos neurônios e impede, parcial ou totalmente, a contração muscular.

Como resultado, as rugas dinâmicas não se formam. No entanto, destaca-se que o tratamento só é eficiente para esse tipo de ruga, que são aquelas que se formam conforme a mudança na expressão facial, como no canto dos olhos ao sorrir.

O tratamento não apresenta resultado nos casos de rugas estáticas, que são aquelas que não dependem da movimentação muscular para se formarem e estão presentes permanentemente na face.

Quais as indicações da toxina botulínica?

As rugas são formadas naturalmente conforme o envelhecimento avança. Elas surgem por fatores externos, como exposição solar, má alimentação, tabaco, álcool e outros, mas também podem aparecer por causas internas.

Os principais fatores que influenciam o surgimento das rugas é a idade, quando substâncias como o colágeno e o ácido hialurônico têm a produção reduzida pelo organismo, predisposição genética e contração natural dos músculos do rosto.

De fato, as expressões faciais estão entre as principais responsáveis pela formação das rugas.

Dessa forma, a aplicação da toxina botulínica é indicada para pessoas que já têm essas marcas acentuadas que se formam devido às expressões, como na testa, na glabela (espaço entre as sobrancelhas) e os pés de galinha.

O chamado “código de barras” que são as rugas acima dos lábios de fumantes também pode ser amenizado com o tratamento.

No entanto, cada vez mais as pessoas mais jovens estão em busca desse tratamento, entenda!

Qual a idade certa para iniciar a aplicação de toxina botulínica?

Mulher olhando seu rosto no espelho

Não existe uma idade certa para aplicação da toxina botulínica, mas antigamente era comum que esse tratamento fosse realizado por homens e mulheres na faixa dos 40 anos.

Atualmente, entretanto, a partir dos 18 anos já é comum começarem a procurar pela técnica.

Toxina botulínica preventiva

Essa busca precoce pelo tratamento de toxina botulínica é um protocolo cada vez mais comum e deve-se aos efeitos da substância.

Por bloquear os movimentos musculares na face, a toxina botulínica evita a formação das rugas. Dessa forma, em vez de ser usada para reduzir as marcas de expressão, ela tem sido usada para prevenir seu aparecimento.

Essa opção é bastante indicada para pessoas que fazem muitos movimentos faciais para se expressar e também para aquelas que têm maior predisposição genética às rugas.

A toxina botulínica preventiva, em geral, é iniciado aos 25 anos, que é quando a produção de substâncias importantes à saúde e elasticidade da pele se reduz.

No entanto, é importante consultar um cirurgião plástico para avaliar o quadro e indicar o tratamento mais eficaz aos problemas identificados.

Toxina botulínica corretiva

A opção de aplicação da toxina botulínica para fins corretivos também permanece. Nesses casos, o tratamento é iniciado por volta dos 40 anos, para aqueles que já têm rugas dinâmicas mais evidentes.

Destaca-se que apesar de não surtir efeito para tratar as rugas estáticas, o tratamento pode ser benéfico inclusive para pessoas com faixa etária superior.

Essa indicação depende apenas da presença de rugas que podem ser amenizadas com a técnica.

Além disso, não há contraindicações do uso da toxina botulínica em pessoas mais velhas, como a partir dos 60 anos, se o paciente estiver saudável e entender as possibilidades do tratamento.

Quais as contraindicações do tratamento?

A aplicação de toxina botulínica apresenta algumas contraindicações comuns a todo tipo de medicamento.

Inicialmente, a técnica não deve ser realizada por pessoas que tenham alergia a qualquer componente presente na fórmula do produto.

Mulheres grávidas ou lactantes também não devem realizar o procedimento, podendo fazê-lo normalmente após o período.

Pessoas com doenças neuromusculares, imunológicas e coagulopatias também não devem fazer uso da substância.

A aplicação  também é contraindicada para quem está com processos inflamatórios ou infecciosos ativos ou quem possui problemas de pele na região do tratamento.

Portanto, a aplicação de toxina botulínica pode ser uma importante aliada ao combate dos efeitos do envelhecimento, tanto de forma preventiva como corretiva. Procure um cirurgião plástico de confiança para avaliação.

Agende agora a sua consulta!

VEJA TAMBÉM!

Quer saber mais sobre toxina botulínica? Fizemos um ótimo material sobre o assunto que você pode conferir acessando aqui!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.