11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira das 8h às 21h
Sábados das 10h às 14h

Os cuidados ao aplicar ácidos na pele

A aplicação de ácidos exige cuidados

Conheça as indicações e os riscos de cada tipo de ácido para a sua pele!

 

Grandes aliados dos tratamentos estéticos faciais, os ácidos podem promover boas mudanças na pele, retardando o envelhecimento, removendo manchas e até mesmo deixando-a com uma aparência mais bonita. 

No entanto, antes de incluí-los na sua rotina de beleza, é necessário adotar alguns cuidados para evitar que as substâncias prejudiquem a sua pele ou ainda provoquem efeitos indesejados, como o ressecamento ou irritação. 

Sendo assim, torna-se indispensável entender melhor sobre o uso de ácido para pele, como ele age e quais são os produtos mais indicados para incorporar no seu dia a dia sem que isso lhe cause nenhum inconveniente. 

Qual a função do ácido na pele? 

Primeiramente, é preciso entender que há diversos tipos de ácidos que cumprem funções diferentes na pele. Dentre os mais comuns, podemos destacar: 

Ácido ascórbico (vitamina C)

Com propriedades antioxidantes, esse tipo de ácido é comumente utilizado para reforçar a fotoproteção e combater o envelhecimento precoce, estimulando a produção de colágeno e clareando manchas na pele. 

Ácido glicólico

Promove a renovação celular, ajudando no rejuvenescimento facial e clareando manchas de acne, além de ser um importante hidratante para a pele. 

Ácido salicílico

Esse tipo de ácido possui propriedades seborreguladoras que ajudam a diminuir o espessamento da pele. Além disso, ele ajuda na esfoliação da pele, estimulando a renovação celular.

Ácido cítrico

Muito utilizado em peelings químicos, ajuda a promover a renovação celular e no clareamento do rosto. 

Ácido hialurônico

Outro ácido muito importante para a pele, o ácido hialurônico ajuda no combate as rugas e as linhas de expressão. Além disso, suas propriedades auxiliam na hidratação da pele e melhoram sua aparência.

Veja como utilizar os ácidos no seu dia a dia

Quais são os efeitos negativos do seu uso? 

A maioria dos ácidos, quando administrados da forma correta, seguindo as orientações de um profissional especializado não apresenta riscos à sua pele. 

No entanto, quando as substâncias são aplicadas de forma desordenada, podem causar efeitos como o ressecamento da pele, sensibilidade, vermelhidão e até mesmo ardência, dependendo do grau. 

Como incorporá-lo na rotina de cuidados?

Para incluir os produtos que contém ácidos na rotina de skincare, é necessário primeiramente identificar o tipo de ácido e qual o melhor momento para aplicá-lo. 

Em geral, eles devem ser aplicados após a etapa de limpeza, preferencialmente na rotina noturna, porém há alguns produtos que podem ser ministrados durante o dia. 

No caso da vitamina C, o ideal é que ela seja complementar ao uso do protetor solar, sendo aplicada antes do hidratante e do filtro. 

Já os ácidos retinóicos e glicólicos devem ser usados preferencialmente à noite, pois podem provocar reações alérgicas. 

Cuidados com a pele durante o uso de ácidos

Tão importante quanto ministrar o ácido para pele de forma correta, manter os cuidados durante o seu uso é fundamental para potencializar os resultados e garantir que a pele não sofra nenhum dano. 

Dentre as principais recomendações, utilizar um bom hidratante, alternar os dias de uso e aplicar boas camadas de protetor solar durante o dia são as mais importantes. Além disso, associar estes cuidados à procedimentos estéticos como a limpeza de pele, peeling facial e até mesmo a aplicação de botox ajudam a manter seu rosto mais bonito e jovial por mais tempo.

Agende agora a sua consulta!

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).