11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Procedimentos estéticos mais indicados para realizar no inverno

Melhores procedimentos estéticos para fazer no inverno

Saiba quais procedimentos estéticos são indicados devido à contraindicação à exposição solar

A realização de procedimentos estéticos no inverno ganha mais adeptos a cada ano devido às vantagens de realizar cuidados com a pele nesse período.

Em geral, as pessoas já associam os cuidados com a pele no inverno ao uso de hidratantes para combater um dos principais problemas da estação: o ressecamento.

Apesar de a hidratação cutânea ser mesmo uma prioridade durante a estação mais fria – e seca – também é possível investir em outros tratamentos estéticos no período. Saiba mais a seguir!

Quais as indicações de procedimentos estéticos no inverno?

Os procedimentos estéticos no inverno ajudam a preservar a saúde e beleza da pele, mas também podem ser recomendados para problemas cutâneos que incomodam independente da estação ao ano.

Durante o inverno a incidência da radiação solar é menor – o que não dispensa o uso do protetor solar.

Isso faz com que técnicas que exigem a cicatrização dos tecidos da pele tenham menos riscos de ter prejuízos com o excesso de sol, como o surgimento de manchas.

Depilação a laser

Cada vez mais procurada, a depilação a laser exige que a paciente não esteja bronzeada e não tenha se exposto recentemente ao sol. Além disso, após a realização da técnica deve-se ficar sem tomar sol na área por, ao menos, 15 dias.

Por conta dessas restrições à exposição solar, a depilação a laser costuma ter uma procura crescente no inverno.

Destacamos que a técnica não é contraindicada no verão, mas a paciente não poderá aproveitar o sol da estação caso faça sessões de depilação a laser nessa época.

Peeling facial

Tanto o peeling químico quanto o de cristal são mais recomendados no inverno pela diminuída exposição da paciente ao sol que poderia causar manchas ou irritações na pele.

O peeling químico, que pode ser feito com diferentes ácidos, é recomendado para tratamento de rugas finas, estrias, flacidez, cicatrizes e acne.

Por causar uma dermoabrasão que se trata de uma pequena lesão, durante a cicatrização o sol deve ser evitado e a paciente deve usar protetor solar.

Luz pulsada

Entre as opções de procedimentos estéticos no inverno está a luz pulsada que é indicada para amenizar sardas, rugas e olheiras.

Devido aos diversos comprimentos de ondas de luz emitidos pelo aparelho, a técnica permite tratar problemas de pele em diferentes camadas da derme, além de estimular a produção de colágeno que vai ajudar a amenizar flacidez e rugas.

Laser fracionado de CO2

Outra técnica muito procurada no inverno é o laser fracionado de CO2, que é indicado para amenizar melasmas, uniformizando o tom da pele, flacidez e cicatrizes de acne.

No tratamento, a derme é aquecida causando a destruição das células envelhecidas e início do processo de cicatrização que promove a renovação celular.

Após a técnica a paciente não deve se expor ao sol para evitar manchas, de forma que o inverno pode ajudar na obtenção de melhores resultados.

Mulher realizando procedimento estético no inverno

Remoção de tatuagens

A remoção de tatuagens também é realizada por meio do uso de tratamentos a laser que apresentam uma melhor recuperação da pele quando não sofrem incidência solar.

Portanto, se quiser remover uma tatuagem, principalmente em áreas mais expostas do corpo, o inverno é o período ideal para isso.

Radiofrequência e infravermelho

Os tratamentos utilizando radiofrequência ou luz infravermelha utilizam energia térmica, o que significa que há um aquecimento do local tratado, seja por corrente elétrica alternada ou pela luz.

Nesse tipo de procedimento estético, a exposição solar posterior é contraindicada por causar manchas, queimaduras ou vermelhidão.

Na radiofrequência, o tratamento promove uma alteração na estrutura molecular do colágeno natural, melhorando o enrijecimento da pele e combatendo os sinais de envelhecimento.

Carboxiterapia

Uma indicação de procedimentos estéticos no inverno é a carboxiterapia. Trata-se de uma técnica que utiliza agulha para aplicar gás carbônico no tecido subcutâneo.

Como resultado o organismo inicia um processo de cicatrização e estimula a produção de colágeno que seria prejudicada com a exposição solar excessiva, além de causar manchas na pele comprometendo os resultados.

A carboxiterapia é recomendada para tratamento de celulite, gordura localizada, flacidez ou estrias.

Portanto, os procedimentos estéticos no inverno são indicados principalmente quando a técnica exige que a paciente não se exponha ao sol durante o período posterior à realização do tratamento.

Apenas um cirurgião plástico de confiança poderá avaliar o quadro e indicar qual o tratamento estético mais indicado ao seu caso. Além disso, o especialista deve informar todos os cuidados necessários tanto antes quanto depois do procedimento.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).