(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
conheça o conflito entre depilação a laser e tatuagem

Depilação a laser e tatuagem: uma combinação não-amistosa

Tem dúvidas se depilação a laser e tatuagem podem coexistir? Descubra a seguir a resposta

Depilação a laser e tatuagem são duas técnicas que, em conjunto, geram muitas dúvidas entre os adeptos, principalmente se podem ambas coexistir.

Nos dias de hoje, é extremamente comum encontrar pessoas tatuadas e, com a popularidade dos procedimentos estéticos e a preocupação com a aparência, também não é raro quem queira realizar depilação a laser para se ver livre dos indesejados pelos.

A dúvida que não se cala é: pessoas que possuem tattoos podem se submeter a depilação a laser? Para descobrir, continue a leitura abaixo que esclareceremos para você.

Como funciona a depilação a laser?

Para que você entenda se depilação a laser e tatuagem podem ser combinadas, é importante, à princípio, descobrir como cada uma delas funciona.

A depilação é uma técnica definitiva de remoção de pelos, que surgiu na década de 1970 e com o passar do tempo foi se tornando cada vez mais popular, atraindo diversos adeptos, ainda mais por ser muito segura.

O laser utilizado tem como função atingir a raiz do pelo e a danificar, prejudicando o desenvolvimento futuro. Isso é possível pois ele possui afinidade com a melanina dos fios, possibilitando que a energia chegue ao folículo piloso.

Há uma reação de calor que é capaz de queimar a raiz dos fios, que é mais prejudicada a cada sessão, de acordo com a intensidade do laser. Após cerca de 10 sessões, o resultado é total.

Como funciona a tatuagem?

mulher após se submeter a depilação a laser e tatuagem

A tatuagem é uma arte na pele que possui, da mesma forma que a depilação a laser, um resultado definitivo. As agulhas utilizadas são bem finas e atingem a região da derme, uma camada mais profunda da pele.

A pele é levemente machucada no processo, cicatrizando dentro de 15 a 20 dias, com os cuidados necessários, possibilitando que a arte ali continue definitivamente.

Depilação a laser e tatuagem podem ser combinadas?

A resposta é depende! Mas vamos explicar por partes para que você entenda mais facilmente: o laser da depilação funciona com determinado comprimento de onda. Assim, para que o folículo piloso seja atingido, a luz tem que passar pela tatuagem.

De modo mais simples, depilação a laser e tatuagem não fazem uma boa dupla, isso porque, ao aplicar o laser na tattoo, ele é atraído pelos pigmentos da arte, podendo danificá-la, além de causar queimaduras.

Existem clínicas que avaliam caso a caso e isolam a região tatuada, passando o laser apenas ao redor. Nem sempre isso é possível, por essa razão a avaliação pessoal é tão importante.

Entretanto, caso você ainda não tenha desenhos pelo corpo, mas deseja fazê-los, como também a técnica depilatória, saiba que é possível. Não existe nenhum dano ao se tatuar em região que foi submetida a depilação a laser.

Ao contrário, é até recomendado, pois a pele sem pelos possibilita bem menos chances de erros por parte do tatuador, além de que o desenho, após a cicatrização, fica muito mais evidente.

Antes de realizar qualquer procedimento, converse com um profissional e se certifique da possibilidade de realizá-lo, evitando, assim, problemas futuros.

Quer saber mais sobre esses procedimentos? Agende sua consulta agora e tire suas dúvidas!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.