(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar

Posições dos implantes de silicone nas mamas

Conheça as vantagens e desvantagens de cada posição e entenda a posição mais indicada para cada biótipo

Já aconteceu de você se perguntar por que o seio de uma mulher ficou tão diferente do de outra que fez a mesma cirurgia de implante de silicone? Alguns ficam mais naturais, outros mais visíveis, sem falar que algumas sentem mais dor do que outras.

A maior parte da razão está na posição que o implante foi colocado. Sim, porque há três formas de inseri-lo, e o cirurgião escolherá aquela que mais tem a ver com o seu tipo físico e com as características naturais do seu corpo.

Primeiro, é muito importante lembrar que sempre que for realizar uma cirurgia estética procure profissionais de confiança e que sejam membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Vários fatores determinam a posição do implante

Recuperar a forma dos seios após a gravidez, aumentar o volume, corrigir assimetrias, seja qual for o motivo o implante de silicone nas mamas é um sonho de pelo menos 80% das mulheres.

A forma como ele será colocado, no entanto, depende de alguns fatores. Como a quantidade de tecido mamário para cobrir o implante, a espessura da pele, o tipo físico da mulher. E uma conversa criteriosa com o médico a respeito dos prós e contras de cada um dos três posicionamentos. Submamária ou subglandular (quando a prótese é colocada entre o tecido mamário e o músculo peitoral). Subfascial (entre a fáscia do músculo peitoral e o músculo peitoral propriamente dito). E submuscular ou retropeitoral (entre a parede torácica e o músculo peitoral).

Cada um apresenta vantagens e desvantagens que devem ser levadas em consideração no planejamento da cirurgia.

protese-de-mama

Saiba o porquê de cada um

Para pacientes com pouco volume mamário ou muito magras, por exemplo, a posição mais indicada é a submuscular, por fazer uma cobertura maior do implante, deixando-o menos visível. Ainda controverso entre mastologistas, mas alguns preferem a prótese submuscular em casos em que há histórico de câncer de mama na família e que possa haver a necessidade de biópsia através de punções.

Há menos riscos de ripplings (ondulações visíveis da prótese) e também de contratura capsular, já que a prótese fica protegida pelo músculo. Também sofrem menos com a ação da gravidade. Porém em alguns casos de flacidez não deve ser indicada. Já que a prótese fica presa pelo músculo e muitas vezes não se adapta ao tecido mamário. Gerando o chamado “duplo contorno”, onde há uma queda apenas da mama não acompanhada pela prótese.

Por outro lado, a dor no pós-operatório é maior e o tempo de recuperação e retorno ao trabalho é mais demorado. Algumas vezes pode ser necessário o uso de uma faixa na altura das axilas para evitar a subida dos implantes. Pode acontecer a movimentação dos implantes quando a paciente faz força com os braços.

protese-mamaria-pos-cirurgico

Dor no pós operatório também depende da posição

Na subglandular é possível ter um controle maior do sangramento durante a cirurgia. É também a que apresenta menos desconforto e dor no pós-operatório porque o trauma muscular causado pela manipulação cirúrgica é menor. Permitindo um retorno ao trabalho e atividades habituais mais rapidamente. Mas esse tipo de prótese fica muito visível quando a paciente é muito magra.

No entanto, não há movimentação dos implantes durante o esforço com os braços. E o resultado fica muito natural quando há pele suficiente para cobrir o implante. Já com a subfascial haverá maior cobertura de tecido, apesar de tênue. Mas que em alguns casos pode ser mais tenso. Oferecendo uma proteção maior ao implante. Reduzindo o risco de ripplings (ondulações). Também é recomendada para pacientes com pouca glândula e/ou muito magras.

De qualquer forma, é preciso que cada caso seja estudado separadamente e a decisão deve tomada em conjunto com o seu médico após a análise de fatores, inclusive o tempo de recuperação e retorno da paciente ao trabalho. Por isso, escolher uma boa clínica especializada em cirurgia plástica é essencial. Assim, você ganha confiança no procedimento e não fica com receio de quaisquer resultados contrários aos seus objetivos.

Você também pode gostar de: Próteses de silicone: o que você precisa saber


CTA e-book Mitos e Verdades sobre Protese Mamaria baixe aqui

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário

  1. Angela maria de sousa

    eu tenho muita vontade é um sonho, de poder fazer uma sirurgia plastica em meu nariz, pois acho muito grande chega dar uma dobra!!

    responder
  2. Angela maria de sousa

    a tecnologia das sirurgia plástica tem avançado muito, porém acho bem legal ter estes site como blog, para passar as informações!!para todo publico que se interessar em aprender mais e evitar , fazer algo que vnhaa lhes prejudicar, goste deste blog!!

    responder
  3. Luciana Alves Ferreira

    Eu gostaria de levantar mas já me falaram que só levantar não resolve teria que colocar silicone porque se não colocar o silicone cai de novo e verdade.

    responder
    1. Luciana Pepino

      Olá Lu, como sempre digo: Cada caso é um caso. Preciso te avaliar para saber o que é mais indicado pra você. Existem pessoas que fazem o procedimento com implante e há casos onde não é necessário. Sendo assim é bem particular de cada paciente. Caso queira tirar suas dúvidas, fique a vontade para marcar uma avaliação conosco. Em https://admin.lucianapepino.com.br/contato estão os telefones da clínica. Abraços!

      responder
  4. RITA BELINASSI

    DR.LUCIANA,A SENSIBILIDADE É A MESMA,QUANDO FAZ IMPLANTE MAMÁRIO? DEPENTE DE TEMPO E DE CADA PESSOA?

    responder
    1. Luciana Pepino

      Olá Rita, a sensibilidade das mamas se altera após a cirurgia, porém, varia de caso para caso. Tanto no grau de sensibilidade, como no tempo de normalização da sensibilidade. Abraços!

      responder
  5. Conceição

    Gostaria de saber valores

    responder
    1. Luciana Pepino

      Olá Conceição, em relação a valores só posso te responder após uma avaliação. Caso queira, entre em contato conosco para agendar sua visita. Em https://admin.lucianapepino.com.br/contato/ você encontra nossos telefones e endereço! Abraços!

      responder

Leia Também

Carregando...

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
Quero ajudar!
imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
logo

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

Quero ajudar!

Assine nossa newsletter

Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

whatsapp

Cirurgias

Procedimentos

Links Úteis

Telefones de Contato

Políticas de Privacidade

Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

logo

2022. Dra. Luciana Pepino

Todos os direitos reservados.