(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Quer saber tudo sobre a cirurgia redutora de mamas? Confira em nosso novo artigo!

Mamoplastia redutora conheça mais sobre esta cirurgia

Uma das cirurgias plásticas mais procuradas é a mamoplastia redutora, que consiste na cirurgia plástica para redução do volume mamário em casos nos quais essa característica gera incômodos físicos ou emocionais à paciente.

Suas indicações incluem demandas estéticas, mas também de saúde.

Se você já sentiu o desejo de realizar o procedimento, este artigo é para você. Para que possa entender as indicações da mamoplastia redutora, como o procedimento é realizado e quais os cuidados do pós-operatório é fundamental para alinhamento das expectativas e resultados mais satisfatórios.

Quais as indicações da mamoplastia redutora?

A recomendação da mamoplastia redutora deve ser feita por um cirurgião plástico após avaliação específica do caso. Alguns dos motivos que justificam procurar esse especialista incluem:

  • mamas muito volumosas, comprometendo a autoestima ou satisfação pessoal;
  • problemas de saúde decorrentes do volume mamário, por exemplo, problemas na coluna lombar e cervical, lesões nos ombros e no sulco mamário;
  • areola abaixo da linha do sulco mamário.

A procura pela cirurgia de redução das mamas está geralmente atrelada ao incômodo físico causado. Dessa forma é uma das cirurgias plásticas que podem ser realizadas ainda na adolescência.

Apesar dessa possibilidade, ressalta-se que a realização da cirurgia após o pleno desenvolvimento das mamas gera resultados mais satisfatórios.

Como é realizada a cirurgia de redução das mamas?

Pré-operatório

O primeiro passo para realização da mamoplastia redutora consiste na avaliação do cirurgião plástico que solicitará, inclusive, exames médicos para verificar se a paciente está apta para uma intervenção cirúrgica.

  • Além disso, é importante seguir algumas recomendações, como:
  • parar de fumar pelo menos um mês antes da intervenção e pelo menos 15 dias após a intervenção, para não correr o risco de necrose da pele ou má cicatrização;
  • interromper o uso de qualquer anticoagulante, aspirina ou outro anti-inflamatório nos 10 dias anteriores à operação (risco de sangramento);
  • interromper qualquer tratamento com progestagênio (pílula) 1 mês antes e até 1 mês após a intervenção para limitar o risco embólico;
  • planejar suas tarefas domésticas antes da intervenção (compras, refeições, crianças);
  • realize mamografia e ultrassonografia mamária antes da operação para identificar quaisquer lesões que possam ser removidas com utilidade ao mesmo tempo que a mamoplastia;
  • prepare a pele do seu peito hidratando-a nos 15 dias anteriores à intervenção (Aplicação de creme frio);
  • tome banho no dia anterior e na manhã do procedimento para limitar o risco de infecção hospitalar, com sabonete antisséptico, para reduzir o número de germes em seu corpo o máximo possível antes do procedimento.

No dia do procedimento

Caso o pré-operatório tenha um andamento satisfatório, a paciente deverá comparecer ao hospital no dia agendado, em jejum, sem joias, maquiagem e esmalte, usando roupas confortáveis e com um acompanhante. É importante levar roupas largas e com botões na frente para a clínica e sapatos fáceis de calçar.

Se um sutiã de compressão foi prescrito para você, é recomendável experimentá-lo antes do procedimento para garantir que o tamanho seja adequado. Se você usa lentes de contato, aparelhos ortodônticos ou aparelhos auditivos, eles precisarão ser removidos antes da anestesia.

Durante a cirurgia

Para realização da cirurgia é usada a anestesia peridural, geral ou local com sedação de acordo com a extensão do procedimento que pode durar entre 2 e 3 horas considerando o volume mamário a ser removido.

A incisão cirúrgica é pode ter o formato de “T” invertido, em “L” ou ser areolar, o que depende do tamanho e grau de flacidez das mamas. Na cirurgia realiza-se à remoção do excesso de gordura, pele e tecido glandular visando reduzir o tamanho dos seios e torná-los mais proporcionais à estrutura corporal da paciente.

Em seguida, o cirurgião plástico faz reestruturação e reposicionamento das mamas, podendo levantá-las e modelá-las. Também pode ser feita a redução das aréolas em casos nos quais elas não são desproporcionais ao novo formato dos seios.

Para finalizar a cirurgia é feito o fechamento das incisões em camadas, evitando a abertura dos pontos e garantindo mais firmeza aos tecidos. Em geral, a paciente pode receber alta hospitalar em até 12 horas

O pós-operatório

A recuperação da mamoplastia redutora é tranquila, mas demanda cuidados específicos para boa cicatrização. Entre as recomendações incluem-se:

  • fazer repouso por 15 dias evitando movimentos bruscos ou extenuantes,
  • usar o sutiã cirúrgico por um período de 3 meses, removendo-o apenas para banhos e higienização,
  • não levantar os braços acima da linha do ombro por três semanas,
  • não dormir de lado ou de brucos por cerca de 3 meses e usar um travesseiro que mantenha a cabeça e tronco mais elevados,
  • fazer uso apenas da medicação prescrita pelo especialista,
  • manter o local da incisão cirúrgica higienizado com água e sabão neutro e seco,
  • não retomar atividades físicas por cerca de 3 meses.

Possíveis intercorrências em uma mamoplastia

Apesar de a mamoplastia redutora ser um procedimento tranquilo é fundamental um pós-operatório de qualidade seguindo as orientações do cirurgião plástico para resultados estéticos e de saúde satisfatórios.

Mas, ainda assim, o período imediato pós-intervenção é marcado na maioria dos casos por:

  • dor mamária reduzida pelos analgésicos prescritos durante a hospitalização;
  • movimentos como ‘levantar os braços’ podem ser dolorosos por alguns dias;
  • pequeno sangramento ao nível das cicatrizes nos primeiros dias;
  • equimoses (contusões) que desaparecem em 3 semanas a 1 mês;
  • edema (inchaço) geralmente mais significativo no segundo dia. Esse edema pode ser mais acentuado de um lado do que do outro. É máximo nos primeiros dias e será absorvido em algumas semanas;
  • diminuição da sensibilidade ou, pelo contrário, hipersensibilidade da pele da aréola e do mamilo por várias semanas;
  • assimetria do tórax que será corrigida em algumas semanas.

Evolução a longo prazo

A mastoplastia redutora é uma cirurgia permanente. No entanto, a qualidade dos resultados sofre alterações ao longo dos anos. E este fato ocorre em função de fatores diversos, desde a oscilação do peso corporal, condições do tecido da pele, hormônios, gravidez e mesmo a idade.

No entanto, de modo geral, os resultados podem ser considerados como definitivos passado em média 12 meses de realização do procedimento.

Ficou interessada no assunto? Conta para nós nos comentários! Você também pode deixar a sua dúvida ou sugestão de artigos!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário

  1. Eliane Matos

    Achei muito bem explicado, gostaria de fazer uma consulta,pois tenho as mamas muito volumosa isso me incomoda muito.

    responder
    1. Dra. Luciana Pepino

      Olá! Será um prazer lhe atender numa consulta médica presencial. O valor da consulta é R$ 1.200, mas com o pagamento no agendamento, você terá um ótimo benefício, o valor da consulta fica por R$ 1000 e você garante o seu horário! Porém, em virtude da altíssima procura pela Dra. Luciana Pepino, nossa agenda está fechada no momento. Optamos pela abertura da agenda somente no início de cada mês, quando agendaremos para os dois meses seguintes. Assim poderemos te atender melhor sem um tempo prolongado de espera até a data programada. Desta forma, pedimos que você telefone para nós no primeiro dia útil do próximo mês. Certos de sua compreensão, aguardamos seu contato. Telefones: (11) 3285-6412 / 3285-3514 / 3284-4216 / 3284-5851 Nosso horário de atendimento é de segunda à sexta-feira de 10 às 19hs. Atenciosamente, Concierge Dra. Luciana Pepino

      responder

Leia Também

Carregando...

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
Quero ajudar!
imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
logo

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

Quero ajudar!

Assine nossa newsletter

Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

whatsapp

Cirurgias

Procedimentos

Links Úteis

Telefones de Contato

Políticas de Privacidade

Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

logo

2022. Dra. Luciana Pepino

Todos os direitos reservados.