(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
Principais contraindicações do Botox

Contraindicações da toxina botulínica

Entenda quais são as contraindicações da toxina botulínica e quem não pode recorrer à técnica

A toxina botulínica é uma substância utilizada para amenizar a aparência estética das rugas e linhas de expressão no rosto, suavizando as ações do tempo nas mãos e no pescoço. 

Além disso, é possível recorrer à toxina botulínica para tratar condições de saúde – como suor excessivo, melhorar a flexibilidade dos fios do cabelo, estrabismo, bruxismo e o blefarospasmo. Suas recomendações são extensas e conhecidas, ao contrário das contra indicações.

É um procedimento estético de rápida recuperação, pouco invasivo e que não necessita de anestesia. Normalmente indicado para homens e mulheres a partir dos 30 anos de idade, que não estejam satisfeitos com a aparência da derme. 

Com a função de causar uma leve paralisia muscular da região em que é aplicada, a toxina botulínica bloqueia temporariamente os movimentos até que o organismo construa novas vias de transmissão.

Separamos a seguir algumas das principais contra indicações da toxina botulínica. Olha só!

1. Uso de medicamentos 

Medicamentos como anti-inflamatórios, antibióticos ou anticoagulantes, quando utilizados antes ou no dia da aplicação da toxina botulínica, podem causar a potencialização da toxina e inibir ainda mais as atividades musculares. 

Também não é recomendado para quem faz uso contínuo de medicamentos que tratam pressão alta ou que possuem funções antiácidas.

2. Condições neuromusculares

Pessoas que já têm doenças neuromusculares fazem parte das contra indicações para a aplicação da toxina botulínica

Isso se dá porque as injeções são feitas exatamente onde estes pacientes já estão debilitados, aumentando as possibilidades de consequências negativas no pós-procedimento.

3. Toxina botulínica na gravidez e amamentação

Mulher sentada em consultório enquanto médico faz marcações no rosto para o Botox

Enquanto mulheres estão no período de gestação ou de amamentação, é recomendado que não sejam realizados procedimentos estéticos como a aplicação da toxina botulínica

No momento da amamentação, por exemplo, existe a possibilidade de a toxina ser passada ao bebê via leite materno.

4. Envelhecimento e flacidez excessiva

Pessoas que possuem envelhecimento acentuado e flacidez excessiva precisam recorrer a outros tipos de intervenções estéticas que sejam mais próximas às suas condições de derme. 

O lifting facial é um exemplo, já que possui uma ação mais profunda e efetiva para este tipo de caso. 

Não deixe de realizar uma análise minuciosa com seu médico cirurgião para que haja uma indicação profissional, ok?

5. Alergia a ovo (albumina)

Alergias são um ponto que precisam ser tratados com seriedade, pois podem interferir diretamente nos processos e no pós-procedimento da toxina botulínica

Você sabia que há a utilização de albumina no momento de sintetização da toxina? Pois é! 

A substância extraída de ovos de galinha, é um dos estabilizadores utilizados no processo, podendo causar reações no momento da aplicação.

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário


    Leia Também

    Carregando...

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    Quero ajudar!
    imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
    logo

    Campanha #ViralizeOBem

    Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

    Quero ajudar!

    Assine nossa newsletter

    Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

    whatsapp

    Cirurgias

    Procedimentos

    Links Úteis

    Telefones de Contato

    Políticas de Privacidade

    Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

    CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

    logo

    2022. Dra. Luciana Pepino

    Todos os direitos reservados.