11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira das 8h às 21h
Sábados das 10h às 14h

Acabe com a oleosidade da pele de uma vez por todas

Mulher com oleosidade na pele

Rotina de cuidados e procedimentos estéticos ajudam na manutenção de uma pele saudável

Muitas pessoas procuram sobre como acabar com a oleosidade da pele, afinal, esse problema causa desconforto e prejuízos estéticos.

A pele oleosa é o resultado da alta produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Durante a adolescência esse problema é mais comum devido às mudanças hormonais, levando à formação acentuada de espinhas e cravos.

A seguir saiba o que causa e como acabar com a oleosidade da pele com cuidados especiais para esse tipo de pele!

O que causa a oleosidade da pele?

A oleosidade na pele é consequência de um conjunto de fatores, sendo que alguns são mais ou menos influenciados pelos hábitos adotados.

Quando a pessoa tem a pele oleosa, mas não a identifica, pode adotar cuidados que são prejudiciais, agravando a condição. Alguns hábitos que podem intensificar esse problema incluem:

  • lavar o rosto com muita frequência;
  • usar produtos contraindicados à pele oleosa;
  • usar água quente no rosto;
  • não hidratar a pele o suficiente;
  • ficar muito exposta à poluição;
  • consumo exagerado de alimentos gordurosos;
  • exposição ao sol sem a devida proteção.

Além dos hábitos outros fatores podem resultar no aumento da oleosidade da pele, como os distúrbios hormonais.

Caso a condição esteja presente, alguns dos sinais refletidos na pele incluem o brilho intenso, sensação de pele pegajosa, tendência à acne, espinhas e cravos e poros dilatados e irregulares.

Apesar de ser um problema incômodo, algumas dicas de como acabar com a oleosidade da pele ajudam a amenizar essa tendência da pele.

Como acabar com a oleosidade da pele?

Quem tem a pele oleosa precisa ter uma rotina de cuidados mais rígida para evitar o descontrole da oleosidade e consequências dela, como entupimento dos poros e surgimento de acnes.

São diversos os cuidados para quem quer saber como acabar com a oleosidade da pele ou, ao menos, controlá-la, evitando esses sinais indesejados.

Rotina de cuidados

O primeiro aspecto que deve ser considerado por pessoas que têm a pele oleosa é a necessidade de uma rotina de cuidados.

Pela manhã a recomendação é fazer a limpeza e tonificação da pele. Caso tome banho, evite a água muito quente que remove a oleosidade natural da pele e causa o efeito rebote, aumentando a produção de sebo.

Lembre-se sempre de aplicar o protetor solar para pele oleosa, mesmo se for permanecer em casa, pois a luz artificial e poluição também são prejudiciais.

A noite faça novamente a limpeza, removendo toda a maquiagem e poluição, e tonifique a pele. Em seguida, use um creme ou gel específico para pele oleosa, garantindo que ela permaneça hidratada.

Mulher com pele oleosa

Cosméticos

A escolha dos cosméticos usados é fundamental para evitar o agravamento da oleosidade da pele.

A recomendação é optar por produtos específicos para pele oleosa, pois eles ajudam no controle da produção de sebo.

No entanto, atente-se aos efeitos do produto na sua pele. Por exemplo, cosméticos para pele oleosa que removem excessivamente o sebo deixam o rosto ressecado e causam o efeito rebote.

Portanto, o produto deve remover o excesso de oleosidade, mas não toda ela.

Alimentação

Alimentos gordurosos, em geral, causam danos à pele incluindo o aumento da produção de sebo pelas glândulas sebáceas. O resultado é uma pele mais oleosa e com prejuízos à saúde.

Dessa forma, a recomendação é evitar o excesso de alimentos gordurosos, o que será positivo para a aparência da pele e também à saúde. No entanto, cada organismo responde de uma forma, sendo importante observar os impactos da alimentação na oleosidade cutânea.

Dar preferência aos alimentos naturais e frescos é sempre uma opção recomendada para evitar esse tipo de dano.

Corte de cabelo

Entre as dicas de como acabar com a oleosidade da pele também está outro aspecto estético essencial: o corte de cabelo.

Algumas opções de corte de cabelo fazer com que os fios fiquem no rosto, como é o caso das franjas. Nesses casos, a oleosidade do cabelo e do couro cabeludo também vai afetar a pele.

Além desse fator, o cabelo também impede que a pele respire, aumentando à tendência à oleosidade. Portanto, a dica é evitar esses cortes ou deixar os fios presos, sem contato com o rosto.

Procedimentos estéticos

Os procedimentos estéticos profissionais também são importantes para evitar o excesso de oleosidade na pele, pois eles garantem a hidratação cutânea sem sobrecarga de produtos.

O peeling é um dos principais procedimentos estéticos que podem ser usados para amenizar a oleosidade da pele, pois ele promove a descamação e restauração das células.

Esse tratamento é recomendado para problemas como flacidez, manchas e rugas, mas também para amenizar as acnes, que estão entre as principais consequências de uma pele oleosa.

A limpeza da pele especializada também é uma opção benéfica, pois garante uma remoção profunda das sujeiras e hidratação da pele, evitando as oscilações na produção de sebo por alternâncias entre pele ressecada e efeito rebote.

Saber como acabar com a oleosidade da pele é fundamental para uma rotina de cuidados mais adequada às características da sua pele. Para realizar procedimentos estéticos, busque um profissional especializado.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).