(11) 3285-6412Segunda a Sexta-Feira das 10h às 19h
Clínica Especializada em Cirurgias Plásticas
  • A Clínica
  • Cirurgias
  • Procedimentos
  • Informações
  • Dicas
  • Contato
  • Blog
Agendar Consulta
retornar
barriga e pernas de uma mulher, segurando o excesso de gordura na barriga mostrando marcações para uma cirurgia plástica

Cirurgia plástica: entenda por que o reparo é essencial ao resultado final

O resultado satisfatório de uma cirurgia plástica pode depender de um retoque para corrigir imperfeições na evolução da cicatrização

Quando um paciente pensar em fazer uma cirurgia plástica, é comum que ele idealize um resultado praticamente impossível de ser atingido, por isso é papel do cirurgião plástico esclarecer o que se pode esperar do procedimento.

Durante a consulta, o médico deixará claro ao paciente o nível de suavização do problema que poderá ser alcançado com a cirurgia, de forma que o paciente possa ajustar suas expectativas à realidade dos resultados possíveis.

Porém, mesmo estando ciente da dimensão da melhora que a cirurgia plástica trará, o paciente pode não se sentir completamente satisfeito com o resultado obtido. Embora o médico possa ter uma boa perspectiva de qual será o resultado e utilize as melhores técnicas, não é possível garantir ao paciente com 100% de certeza qual será a aparência final. Isso acontece porque não há como controlar o processo de cicatrização, o que pode interferir no resultado da cirurgia.

Por esses motivos, muitas vezes será necessário recorrer a um reparo da cirurgia plástica, de forma a se aproximar o máximo possível dos resultados esperados tanto pelo paciente quanto pelo médico.

cintura e coxas de uma mulher com marcações para uma lipoescultura

Quando é hora de fazer um reparo?

Antes de se submeter a uma cirurgia plástica, é essencial que o paciente saiba que, ao receber alta hospitalar, seu corpo ainda não apresentará o resultado final do procedimento. Existe um tempo natural da recuperação que varia de acordo com o tipo de cirurgia, com as condições do paciente e com os cuidados pós-operatórios, não sendo possível avaliar os resultados antes desse intervalo.

Nos dias seguintes à cirurgia, o local operado poderá ficar inchado e com marcas arroxeadas, prejudicando a estética do corpo. Nesses primeiros momentos, a aparência poderá ser assimétrica, e as cicatrizes estarão muito evidentes, avermelhadas e espessas. Para você ter uma ideia, confira o tempo de recuperação de algumas das cirurgias plásticas mais comuns:

  • Abdominoplastia: 12 a 18 meses
  • Mamoplastia de aumento: 6 a 12 meses (80%), 12 a 24 meses (final)
  • Mamoplastia: 12 a 18 meses
  • Lipoescultura: 6 meses
  • Lipoaspiração: 6 meses
  • Hidrolipo: 6 meses
  • Rinoplastia: 12 meses
  • Redução do monte de Vênus: 6 meses

Esses prazos são estimados e não significam que um reparo será indicado somente depois que o tempo seja transcorrido, mas eles podem ajudar o paciente a se tranquilizar em relação à evolução do resultado da cirurgia. Sempre se deve levar em consideração o tempo necessário para que os tecidos se acomodem em sua nova posição e para que as cicatrizes fiquem mais claras.

De qualquer maneira, é somente seu cirurgião plástico que irá dizer qual o melhor momento para esta abordagem e se realmente ela trará benefícios ao resultado final.

Por que o reparo é necessário?

Mesmo que o cirurgião plástico seja extremamente habilidoso e capacitado e utilize as técnicas mais modernas disponíveis, a recuperação de uma cirurgia plástica não é uma ciência exata. Os resultados finais dependem de vários fatores além da perícia do profissional.

Cada paciente responde de um jeito ao pós-operatório, variando a forma como cada organismo será capaz de eliminar líquidos acumulados e reacomodar os tecidos que passaram por modificações.

E, é claro, cada paciente apresenta um processo de cicatrização único, mesmo que o cirurgião plástico utilize exatamente a mesma técnica em todos eles. Em alguns casos, as cicatrizes podem se alargar durante a recuperação, adquirindo um aspecto antiestético e desagradável ao paciente, contrariando seus objetivos ao realizar uma cirurgia plástica.

O resultado da cirurgia em si não será perdido, mas certamente ele será muito melhor (e o paciente ficará mais satisfeito) se for realizado um retoque da cicatriz, melhorando seu aspecto. Esse é um procedimento bem mais simples do que a cirurgia plástica inicial.

Além disso, o resultado final também depende dos cuidados seguidos no pós-operatório. Em uma lipoaspiração, por exemplo, é essencial que o paciente faça as sessões de drenagem linfática recomendadas pelo médico. Ainda, o resultado varia conforme os cuidados como não se expor ao sol, não levantar peso e fazer repouso, pois tudo isso influencia a cicatrização, a reacomodação dos tecidos e a retração da pele.

Nesse caso, é melhor “pecar pela falta”

Em muitos casos, o cirurgião plástico optará pela cautela para a segurança do próprio paciente. Por exemplo: em uma lipoaspiração, é preferível ter que fazer um reparo de uma gordurinha extra que por ventura tenha sobrado do que ter que recorrer a um enxerto para corrigir uma deformação causada pelo excesso de tecido adiposo retirado.

Outro caso é o da ninfoplastia: se a paciente não ficar satisfeita por achar que ainda há pele sobrando, é possível fazer um retoque. Porém, caso a insatisfação surja porque houve um excesso na retirada dos pequenos lábios, a situação é incontornável.

Como não há formas de prever exatamente qual será a retração da pele depois de uma cirurgia plástica, o “pecado pela falta” é muito mais seguro do que o “pecado pelo excesso” nesse caso.

Expectativas reais

Algo importante a se ter em mente é que um reparo serve para fazer um retoque de pequenas proporções em algo que poderia ter ficado melhor no resultado da cirurgia plástica.

Ou seja, o reparo é indicado para melhorar aparência da cicatriz, a simetria na rinoplastia ou uma gordurinha persistente que resistiu à lipoaspiração de uma área específica, e jamais ser utilizado para perseguir um resultado irreal.

Por isso, antes de optar pela cirurgia plástica, o paciente precisa se certificar que suas expectativas em relação ao resultado são passíveis de serem alcançadas, e o cirurgião plástico é a melhor pessoa para ajudá-lo nessa questão.

Mulher com a mão no rosto e marcações para uma Cirurgia plástica

Você também pode gostar de: Cirurgia Plástica: Saiba o que perguntar ao cirurgião plástico na primeira consulta

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.


Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Dra. Luciana L. Pepino.

Diretora Técnica Médica

CRM-SP: 106.491

RQE: 25827

Membro da ISAPS – International Society of Aesthetics Plastic Surgery

Membro da ASPS – American Society of Plastic Surgeon

Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica SBCP

Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte – MG

Formada em Medicina pela faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte – MG

Agende sua consulta

Deixe o seu comentário

  1. Alais

    Bom dia! Realizei uma miniabdiminoplastia há um mês mas quando ficou um excesso de pele , principalmente quando sento, na região do umbigo. Com um pouco de flacidez na região superior do abdômen. Tem como fazer reparo em uma situação dessa?

    responder
    1. Dra. Luciana Pepino

      Olá! Sinceramente, a Dra. Luciana só tem como responder te vendo e avaliando pessoalmente, uma vez que cada caso é um caso e que tem o seu diagnóstico. É impossível responder sobre o seu caso, especificamente, sem ela lhe ver e avaliar-lhe pessoalmente. Se desejar, será um prazer lhe atender numa consulta médica presencial. Veja como funciona nosso agendamento no (11) 3285-6412 / (11) 3285-3514 / (11) 3284-4216 / (11) 3284-5851. Nosso site é www.lucianapepino.com.br. Atenciosamente, Concierge Dra. Luciana Pepino.

      responder
  2. andressa cozer

    Oi bom dia cirurgia plástica e um sonho que eu tenho desde menina. peito barriga e o meu sonho é aqui no espírito santo a cirurgias são muito caras vou juntar o dinheiro primeiro depois vou fazer aí em São Paulo sou pobre não tenho condições

    responder
    1. Dra. Luciana Pepino

      Andressa, Em nosso site você encontra as formas de pagamento. Beijos!

      responder
  3. DENISE VIANA DA SILVA

    BOA TARDE DR.ADOREI A MATÉRIA E AS DICAS MEU PROBLEMA E A DIFERENÇA ENTRE AS MAMAS UMA MAIOR QUE A OUTRA MAS GOSTARIA DE DIMINUI-LAS E FAZER ASIMETRIA

    responder
    1. Dra. Luciana Pepino

      Olá, Denise. Nossas secretárias terão o maior prazer em atendê-la. Beijos!

      responder

Leia Também

Carregando...

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
Quero ajudar!
imagem de uma criança fantasiada de super-herói em meio a uma situação de miséria
logo

Campanha #ViralizeOBem

Agora você tem em suas mãos a oportunidade de transformar vidas. 50 milhões. Não é prêmio acumulado da Mega-Sena. São 50 milhões de brasileiros passando fome. E você pode transformar essa triste realidade, participando da nossa missão!

Quero ajudar!

Assine nossa newsletter

Assine e receba dicas, novidades, materiais e muito mais.

whatsapp

Cirurgias

Procedimentos

Links Úteis

Telefones de Contato

Políticas de Privacidade

Dra. Luciana L. Pepino. Diretora Técnica Médica

CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

logo

2022. Dra. Luciana Pepino

Todos os direitos reservados.