O que é cirurgia plástica de umbigo?

mulher de calça branca e blusa branca com a barriga a mostra

Entenda como funciona a onfaloplastia, a cirurgia plástica para a correção estética do umbigo

Uma das partes do corpo com a qual as mulheres podem não estar satisfeitas é o umbigo. Existem diversos formatos possíveis de umbigo e aquele que você tem pode não ser esteticamente um dos mais bonitos. Por isso, é natural que muitas pessoas recorram a cirurgia plástica para corrigir não apenas a parte estética, mas em alguns casos o resultado até mesmo de uma hérnia umbilical.

A essa cirurgia dá-se o nome de onfaloplastia. Ela pode ser indicada em casos de excesso de gordura ou de pele na região, consequências que podem ocorrer logo após a gravidez ou após uma grande perda de peso em pessoas obesas. Outra possibilidade é a de pacientes com hérnia umbilical terem a necessidade de fazer essa cirurgia.

Qualquer um pode fazer?

Por mais que o motivo da escolha do paciente em fazer uma cirurgia seja por fins estéticos, somente o médico poderá determinar quem deve e quem não deve se submeter a esse procedimento. Portanto, mais do que querer fazer algum tipo de correção, é preciso antes de tudo procurar um médico para que ele possa avaliar o seu caso e, se for necessário, liberar a cirurgia. Vale lembrar que essa cirurgia é recomendada apenas para pacientes que já tenham mais do que 18 anos.

Em geral, as pessoas que mais procuram a onfaloplastia são mulheres recém-saídas de uma gravidez. Durante a gestação, algumas mulheres podem ter a forma do umbigo modificada, de modo que a correção estética é indicada nesses casos. Ex-obesos ou pessoas que tenham passado por uma cirurgia de redução de estômago também são pacientes em potencial para uma cirurgia como essa, já que a pele excedente pode ser um fator complicador.

Há ainda aqueles que foram acometidos por uma hérnia umbilical e também as pessoas que acabaram de fazer uma abdominoplastia, pois as cirurgias de plástica abdominal podem requerer algum tipo de correção estética. Por fim, existem ainda aquelas pessoas que, por formação genética mesmo, não estão satisfeitas com a aparência do seu umbigo. Assim, em caso de deformidades, cavidades profundas ou mesmo projeção demasiada, a cirurgia de correção pode resolver os problemas de forma definitiva.

mulher com a mão envolta do umbigo.

As pessoas que mais procuram a onfaloplastia são mulheres recém-saídas de uma gravidez.

Como é o procedimento e o pós-operatório

Uma cirurgia plástica como essa não é considerada um procedimento dos mais complexos, porém estamos falando de um procedimento cirúrgico e é preciso tomar todos os cuidados necessários. A anestesia aplicada nesse processo costuma ser local, algumas vezes peridural ou raqui nos casos de hérnias e os relatos de desconforto durante as cirurgias praticamente são inexistentes.

Outra boa notícia é que a cicatriz que fica na região é praticamente imperceptível na maioria dos casos, isso porque ela fica bem disfarçada por ali. Por conta dessas características, o processo pós-operatório também é igualmente rápido e em no máximo 15 dias já é possível retirar os pontos.

Nos casos de correções de cirurgias anteriores e cicatrizes já existentes é importante lembrar que nem sempre os melhores resultados são obtidos já que o umbigo já se encontra com deformações da cirurgia anterior.

É preciso ainda seguir todas as recomendações do médico para os dias que se sucedem à cirurgia e, novamente, cada caso precisa ser analisado à parte. Contudo, uma regra geral que vale para todos os que fizerem esse tipo de cirurgia é a de tomar cuidado com a exposição ao sol. No caso desse procedimento cirúrgico, as taxas de sucesso são consideradas bastante elevadas e o resultado final é satisfatório para o paciente.

Pode haver complicações?

Raramente há complicações nos procedimentos cirúrgicos de uma onfaloplastia. A cirurgia plástica é considerada bastante segura, mas nunca é demais lembrar que sempre existe algum tipo de risco, por menor que ele seja. As complicações mais comuns que podem ocorrer são necrose e sofrimento cutâneo, que podem ocorrer quando a circulação arterial e venosa está comprometida. Por fim, em raros casos, cicatrizes inestéticas também podem aparecer.

Abdomen com as marcas antes de fazer uma cirurgia plástica de umbigo

Uma das partes do corpo com a qual as mulheres podem não estar satisfeitas é o umbigo.

Qual é a aparência ideal do umbigo?

É difícil determinar um “padrão” que um umbigo deve ter. As questões estéticas se baseiam em pontos de vista, de forma que mesmo um umbigo que esteja clinicamente correto pode não agradar ao paciente. Contudo, ainda assim, pode se considerar que o mais natural é que as protuberâncias do umbigo sejam horizontais. Ele precisa ainda ser pequeno, vertical e na altura correta no abdômen.

Uma das reclamações de quem procura cirurgias como essas é o constrangimento de não se sentir à vontade para usar roupas que deixem o umbigo à mostra. De forma segura e discreta, a cirurgia pode resolver todos esses problemas, aumentando a autoestima do paciente e fazendo com que ele possa voltar a ter uma vida normal o mais rápido possível.

Confiança no procedimento é fundamental

Assim como em qualquer cirurgia plástica, ter boas referências sobre o profissional que vai realizar o procedimento é fundamental. Mais do que apenas “corrigir” um problema, o cirurgião vai ser de certa forma o responsável por devolver a autoestima à paciente. Por isso, antes de determinar se o procedimento cirúrgico é necessário ou não, você precisa conversar bastante com o seu médico.

É preciso que, antes de fazer o investimento na cirurgia, você tenha plena confiança de que o procedimento que você está prestes a realizar é o mais adequado possível. Quanto maior for a sua certeza, maior será a sua satisfação com o resultado e muito provavelmente mais rápido será o processo de recuperação. Estar satisfeito com o resultado, no final das contas, é o fator que vai ser determinante para avaliar o sucesso da cirurgia sob o seu ponto de vista.

Você também pode gostar de: Abdominoplastia: Quer uma barriga lisinha? Comece a planejar a sua cirurgia

Conheça outros procedimentos em: Cirurgias Plásicas

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Amanda Meramis Santana disse:

    Bom dia,
    Gostaria de saber o custo aproximadamente da cirurgia ONFALOPLASTIA..
    e o valor da consulta.

    Att,
    Amanda

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Olá, Amanda.
      Para definir os valores é necessário que você passe por uma avaliação pessoalmente, somente assim poderei opinar sobre qual a melhor indicação para você. Após a primeira avaliação é possível definirmos valores e formas de pagamento.

      Entre em contato conosco, se quiser, para agendar sua primeira consulta. No link estão nossos telefones: http://goo.gl/3Dqr6G

      Beijos!

WhatsApp Clique aqui e fale conosco via WhatsApp