11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Cirurgia híbrida de mama: como funciona e quais são as vantagens

Cirurgia híbrida de mama

Você, provavelmente, já deve ter ouvido falar em cirurgia híbrida de mama, não é mesmo? Ocorre que, muitas vezes, esse assunto desperta diversas dúvidas, e várias mulheres não sabem direito o que é esse procedimento.

Na prática, a cirurgia híbrida de mama consiste na colocação do implante de silicone, seguida de um procedimento que visa realizar um acabamento mais bem-feito para a operação, por meio do enxerto de gordura nas áreas em que a pele da mama é mais fina.

Diante de tantas particularidades acerca desse procedimento, vamos apresentar informações importantes sobre a cirurgia híbrida de mama, especialmente no que se refere ao seu funcionamento e suas vantagens. Prossiga com a leitura e saiba mais!

Entenda como funciona a cirurgia híbrida de mama

A cirurgia híbrida de mama funciona da seguinte maneira: após a colocação do implante de silicone, o médico cirurgião vai realizar um acabamento na região das mamas, feito com a gordura da paciente.

Esse acabamento é feito com o tecido adiposo retirado da própria paciente, por meio de uma lipoaspiração realizada nas regiões do corpo que concentram mais gordura, tais como quadris, flancos, abdômen e coxas.

Conheça quais são as vantagens desse procedimento

Naturalmente, nessa situação, o tempo de cirurgia será um pouco maior, normalmente em torno de 1:30h a mais, mas nada que impeça as suas inúmeras vantagens. Veja a seguir algumas delas.

Resultado mais natural

Como o cirurgião investirá um tempo da cirurgia com foco total no acabamento do procedimento, o resultado será muito mais bonito e natural do que aquele que ocorre nas cirurgias tradicionais, que não incluem esse cuidado específico.

Correção de assimetrias

Outra grande vantagem é que, já que o cirurgião estará totalmente concentrado na finalização perfeita da colocação do implante de silicone, ele terá a oportunidade de usar os enxertos de gordura para corrigir possíveis assimetrias nas mamas.

Efeito 2 em 1

Um ganho que merece destaque é que, ao realizar uma cirurgia híbrida de mama, a paciente ainda tem a chance de se livrar das gordurinhas extras de alguma parte do corpo com a qual ela não está satisfeita.

Saiba para quem a cirurgia híbrida de mama é indicada

Para que seja possível compreender o motivo de realizar uma cirurgia híbrida de mama e não apenas o implante de silicone sozinho, é preciso considerar que algumas mulheres têm a pele muito fina nessa região, e outras, por serem muito magras, têm pouca gordura.

Logo, nos casos em que o cirurgião verificar que a prótese vai ficar muito marcada e que a pele pode apresentar ondulações que são indesejáveis do ponto de vista estético, será indicada a cirurgia híbrida de mama.

Descubra como é a recuperação após a intervenção

A recuperação da cirurgia híbrida de mama é bastante similar à do implante de silicone tradicional, o que inclui:

  • repouso nas primeiras 48 horas;
  • evitar o movimento dos braços;
  • evitar exposição solar;
  • pausa nas atividades físicas por 30 dias, com retomada gradual após esse período;
  • retorno a algumas atividades do cotidiano após 7 dias da intervenção.

Por fim, vale ressaltar que é extremamente importante que você escolha um cirurgião de confiança para realizar a cirurgia híbrida de mama e que, de preferência, o procedimento possa ocorrer em uma clínica bem equipada, com tratamentos estéticos de ponta para você realizar tudo em um só lugar!

Agora que você já sabe tudo sobre a cirurgia híbrida de mama, siga-nos no Facebook e no Instagram e fique por dentro de todas as nossas novidades!

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).