11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Cirurgia Plástica: Saúde ou estética?

Cirurgias Plásticas

Saúde ou estética? Conheça os motivos pelos quais se escolhe realizar a cirurgia.

A mulher nunca esteve tão vaidosa e preocupada com a saúde e os contornos de seu corpo. Quem não gosta de se olhar no espelho e se sentir bela e em paz com as suas formas? A resposta com toda certeza é unanime e o desejo de ficar mais atraente e sensual cresce a cada ano.

E quando estamos falando de beleza, é inevitável não falarmos sobre as cirurgias plásticas, que, com os avanços da tecnologia e os aprimoramentos da medicina, estão muito mais seguras, práticas e acessíveis para as mulheres.

O que antes era tido como algo fútil e que se limitava a uma minoria. Hoje é preferência nacional e atrai mulheres dos quatro cantos do Brasil. A cirurgia plástica não é só uma questão de mudança do físico da mulher. Seus benefícios vão muito além disso e acabam refletindo em todas as esferas de sua vida.

Cirurgia Plástica

Muito além da aparência física

Existe uma infinidade de razões pelas quais milhões de brasileiras se submetem a cirurgia estética a cada ano. Em alguns casos, a cirurgia plástica é feita para resolver assimetrias e corrigir defeitos no corpo da mulher. Que podem acabar trazendo prejuízos à sua saúde. Como é o caso da redução de mamas, por exemplo.

Mulheres com mamas muito grandes podem acabar sofrendo envergaduras nas costas devido ao peso e tamanho excessivo dos seios. Outra razão é a elevação da autoestima. Estudos comprovam que pessoas com a autoestima baixa, em muitos casos, não estão satisfeitos com o seu corpo.

O indivíduo com a autoestima abalada se torna extremamente inseguro e não consegue se sair bem no trabalho ou manter uma relação social saudável. Além de não conseguir explorar de forma aprofundada o mundo ao seu redor. Segundo alguns especialistas da área, a cirurgia plástica se tornou um grande alívio para as mulheres e traz benefícios não só físicos, mas principalmente psicológicos.

Mulheres que passaram pelo procedimento cirúrgico saem do hospital renovadas e prontas para novos ares. Uma pesquisa feita por uma Universidade da Flórida mostrou ainda que mulheres que fizeram cirurgia plástica ou se submeteram a uma intervenção estética otimizaram seu estado emocional. O que teve repercussão não só em sua esfera íntima, mas em todos os demais campos de sua vida.

Isso não quer dizer que, com a cirurgia, as carências emocionais das mulheres desaparecem. Porém, uma mudança de aparência – principalmente, se a mulher estiver frustrada com seu corpo – pode levantar sua autoestima e ajudá-la a desenvolver os diferentes aspectos de sua vida com mais segurança.

prótese mamária

Mais motivação para viver feliz

O número de mulheres que confessa que sua vida sexual e suas relações em geral melhoraram após a cirurgia é enorme. Uma operação de seios, por exemplo, pode trazer mais sensualidade e segurança para a mulher. Além de estimulá-la a expor-se em atividades ao ar livre sem se envergonhar dos seios.

Antes de passar por um procedimento cirúrgico, seja ele qual for, é preciso certificar-se se as razões para passar por uma operação plástica, de fato, têm fundamento. Se você realmente acredita que sua saúde física e mental está abalada e que a principal razão disso é a insatisfação com alguma parte de seu corpo. Vale consultar um profissional para saber sobre as consequências e possíveis complicações dos procedimentos.

Além de verificar se suas expectativas realmente são realistas. Antes de mais nada, contudo, é importante que a mulher entenda que a cirurgia plástica visa melhorar sua aparência e, não, transformá-la em outra pessoa. O ponto de partida para qualquer decisão consciente é aceitar que todos nós somos diferentes e que o ideal é priorizar objetivos que se alinhem à nossa realidade.

Você também pode gostar de: Qual a idade ideal para a primeira cirurgia?

Conheça mais sobre: Cirurgia plástica

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).
  1. Selma disse:

    Boa tarde!

    Gostaria de saber sobre fio de sustentação da papada. Quanto fica, tenho 44 anos e um pouco de papada que me incomoda.
    A consulta é paga?
    Grata
    Selma
    992181810

    • Dra. Luciana Pepino disse:

      Olá, Selma
      Em nosso site https://www.lucianapepino.com.br/ vocês encontram diversas informações sobre Lifting com Fios. Caso ainda permaneça alguma dúvida, estarei à disposição para melhor lhes esclarecer numa consulta médica.
      Para verificar valores de consulta, por gentileza, entre em contato. Nossas secretárias terão o maior prazer em atendê-la. Aqui você encontra nossos contatos: http://goo.gl/3Dqr6G

      Beijos!