Tipos de Fragrâncias

Sabendo como cada tipo de fragrância é produzido fica mais fácil escolher e usar adequadamente cada um deles.

Se há um elogio que marca fundo na vaidade de uma mulher é quando um homem diz que ela está cheirosa. Não é à toa o Brasil é o maior mercado de perfumes de todo o mundo, com mais de US$6 bilhões movimentados anualmente pelo setor, de acordo com a pesquisa “Market Focus: Trends and Developments inthe Fragances Sector in Brazil”, publicado pela agência de pesquisas Canadean em janeiro de 2014. De acordo com o estudo, homens e mulheres brasileiros usam três vezes mais perfumes do que os americanos, segundos no ranking mundial. A busca por novas fragrâncias também é uma de nossas características, de acordo com a Canadean, mas a verdade é que nem todo mundo sabe exatamente qual é a diferença entre elas. Você, por exemplo, leva em conta as diferenças entre Parfum, Eau de Parfum, Eau de Toilette, Eau deCologne, Body Splash e Eau Fraiche na hora de escolher o seu perfume?

percentual de concentração é o diferencial

A verdade é que a grande maioria das pessoas se guia pelos sentidos na hora da escolha, mas saber o que cada uma representa nesse universo de fragrâncias pode ajudar não só na escolha, mas também a entender a diferença de valores entre elas. Antes de mais nada, é preciso saber que o ingrediente principal é a solução de água e álcool, onde as notas de odor ficam suspensas de forma igual para que a potência se mantenha estável. Já a intensidade do odor é determinada pela maior ou menor concentração de perfume (ou notas) em relação à solução de água e álcool – e é exatamente o que faz a diferença entre Parfum, Eaude Parfum, Eau de Toilette, Eau de Cologne, Body Splash e Eau Fraiche.

Parfum e Eau de Parfum: mais caros e mais concentrados

Luxuoso, inebriante e opulento, o mais concentrado de todos é o Parfum, que chega a ter até 40% de concentração – e, sim, é também o mais caro da família. Produzido com fragrâncias finas, é o que tem a combinação mais potente de álcool, fragrância pura e óleos essenciais, feito justamente para que ser extremamente duradouro com o mínimo possível de líquido e por isso deve ser aplicado com muito cuidado. Afinal, entre o “cheiroso” e o “insuportável” às vezes há menos que um pingo de diferença. Depois dele o mais concentrado é o Eau de Parfum (ou EDP), cuja concentração oscila entre 15% e 20%. As casas mais tradicionais o apresentam também em frascos, mas é na forma de spray que é mais popular. O preço é mais acessível e o odor é bastante durável.

Nos meses de calor, os menos concentrados são mais poulares

Com concentração de fragrância de até 15%, a Eau de Toillete (ou EDT) são bastante populares, apesar de não durarem tanto quanto suas primas mais sofisticadas. Com menos óleos essenciais e maior quantidade de água, são apresentadas em spray, o que ajuda a garantir a sua versatilidade. A durabilidade também é menor. Ainda mais fraca, com concentração de até 8%, a Eau de Cologne (EDC) são as mais populares principalmente nas estações mais quentes do ano, como primavera e verão. A aplicação também é mais fácil porque o odor é bem mais suave. E finalmente chegamos à Eau de Fraiche, também conhecida como “Névoa Perfumada”, tem concentração de até 7% apenas e é a mais popular no verão. Muitas sequer contêm álcool e costumam ser lançadas com fragrâncias específicas para aquela estação, em edições limitadas. Agora que você já sabe o que cada uma significa, fica mais fácil escolher – e usar – o tipo mais adequado.

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).