Suplementos são prejudiciais à saúde?

Saiba mais sobre esses complementos que ajudam a manter o organismo saudável

Os homens quando entram na academia costumam ter como principal objetivo fortalecer os músculos e ganhar massa corporal. O público masculino até gosta de fazer esteira ou passar um tempo na bicicleta ergométrica, mas o que eles preferem é puxar ferro. Entre as atividades físicas e a alimentação adequada, os suplementos não demoram a ganhar atenção, especialmente dentro das academias, que passeiam de uma mão para outra, e muitos simpatizantes não sabem os malefícios e os benefícios que eles podem trazer à saúde.

Os suplementos são responsáveis em aumentar a carga de nutrientes que o organismo precisa para funcionar bem. Muitas pessoas chegam a confundi-los com os anabolizantes, mas uma coisa não tem nada a ver com a outra. Por se tratarem de uma ajuda extra para pessoas que sofrem de deficiências nutricionais, os suplementos são vistos como um complemento positivo à saúde e ao bem-estar, pois as substâncias contidas neles servem para suprir a carência de nutrientes que não são consumidos na quantidade necessária.

Seja na versão em pó ou em cápsulas, o indicado é que eles sejam ingeridos junto com as refeições, pois é o momento onde o sistema digestivo está pronto para receber a alimentação. Dessa forma, o organismo absorve melhor os nutrientes. Só para você ter uma ideia, os suplementos também agem como auxiliares para a prevenção e tratamento de doenças, sem contar que ajudam bastante aqueles que sofrem com a falta de apetite e até mesmo para quem não tem controle dos maus hábitos alimentares.

No mercado são encontrados suplementos a base de ferro, zinco, vitamina C, vitaminas do complexo B, cálcio e vitamina D. Porém, a mistura e o consumo excessivo sem acompanhamento médico tornam os suplementos em vilões, por comprometer o organismo e acarretar sintomas negativos, tais como o excesso de suor, insônia e aceleração do batimento cardíaco se não forem ingeridos com moderação.

Relação dos suplementos com a atividade física

A união desses dois fatores contribui para melhorias estéticas corporais. A suplementação alimentar fornecerá energia e nutrientes que colaboram para o ganho de massa muscular, para a redução de gordura, sem contar que as substâncias também atuam no sistema imunológico. Para os homens extremamente focados na musculação, os suplementos são auxiliares para o ganho de músculos.

Porém, é preciso ter em mente os seguintes fatores:

• Os suplementos não substituem a alimentação;

• Ingerir suplementos em excesso pode engordar;

• Sozinho, o suplemento não beneficiará o ganho de massa muscular. É preciso aderir uma dieta balanceada;

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).