Sorriso: seu cartão de visita

Melhor do que roupa cara e penteado na moda, um sorriso bonito abre portas e conquista corações. Veja como fazer dele o seu grande trunfo de beleza.

Não há quem resista a um belo sorriso, com dentes bem tratados e branquinhos, aquele verdadeiro sorriso de artista. Arma poderosa na conquista, ele pode ser mais fácil de se ter do que muita gente imagina. Sim, tudo é uma questão de higiene diária, mas também de boa alimentação. Com cuidados diários você pode encantar até mesmo o mais durão dos patrões, acabar com aquela birra do namorado ou, quem sabe, trazer alguém novo para a sua vida? Mas não esqueça que, mais do que qualquer outra coisa, um sorriso bonito e bem cuidado é uma questão de saúde. Com ele você rejuvenesce, fica mais bonita e até as roupas realçam mais em quem encanta e traz mais luz para o dia. Veja como ter dentes branquinhos, hálito fresco e, automaticamente, fazer o outro sorrir também.

Sorriso bonito também passa pela mudança de hábitos

Sabe aquela frase você é o que você come? Pois é, e o que você come muitas vezes fica, literalmente, estampado nos seus dentes. É o caso de refrigerantes à base de cola, café, chocolate, vinho tinto e alimentos com corantes que escurecem os dentes, deixando-os manchados e amarelados. Alguns hábitos também, é claro, como o tabagismo, por isso é preciso deixar o cigarro de lado e evitar certos alimentos. Falar do açúcar já é redundância, já que desde criancinha todo mundo sabe que ele é o maior vilão dos dentes saudáveis, amicíssimo das cáries. Então se não conseguir resistir, ande sempre com escova e pasta de dentes na bolsa para retirar todos os resíduos dessas substâncias assim que cair em tentação.

Pasta e escova de dentes: a dupla imbatível continua em alta

Sim, essa dupla é imbatível para quem quer ter um sorriso de arrasar quarteirões. Escova e pasta de dentes serão para sempre suas amigas, mas é preciso usá-las da forma certa e com a frequência necessária. Dentes, língua e céu da boca devem ser escovados ao acordar, ao dormir e após cada refeição, mas não esqueça do fio dental – é ele que vai limpar direitinho entre os dentes e evitar a formação do tártaro onde a escova não alcança. Para completar, use sempre um exaguante bucal sem álcool, para não agredir a mucosa da boca e garantir um hálito bem gostoso e refrescante. Mas atenção: de acordo Giuseppe Romito, professor de periodontia da Universidade de São Paulo, o ideal é esperar entre 20 e 30 minutos para escovar os dentes, principalmente se tiver ingerido alimentos cítricos: a pasta de dentes e o ácido podem corroer ainda mais o esmalte, e aí lá se vai a proteção natural.

Beijar – e falar! – ajudam a manter a boca livre da placa bacteriana

A saliva é outra proteção natural porque contém água, proteínas e sais minerais que combatem a formação das placas bacterianas, então há alimentos, como cereais, vegetais e frutas, com menos açúcares e mais fibras que precisam ser mastigados mais vezes, incentivando a salivação. Aliás, beijar também faz bem aos dentes, porque durante o beijo as glândulas salivares sublinguais são estimuladas a produzir mais saliva, da mesma forma que ao falar. Por fim, se você acha chato ir ao dentista, não espere ter algum problema para procurá-lo. Faça visitas regulares só para garantir que não é preciso fazer nada. Afinal, prevenir sai muito mais barato do que remediar.

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).