11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Metabolismo: 15 alimentos que são uma verdadeira bomba

Metabolismo

Conheça alguns alimentos que devem ser evitados para manter seu metabolismo funcionando da melhor forma possível.

Você faz exercícios regularmente e procura ter uma alimentação rica em frutas e verduras e mesmo assim não consegue emagrecer? Talvez o problema esteja em algumas escolhas de alimentos que retardam o seu metabolismo, contribuindo para o ganho de peso.

metabolismo lento

Alimentos que retardam o metabolismo.

Saiba quais são as verdadeiras bombas do metabolismo e tente evitá-las ao máximo.

  1. Pães, bolos e outros derivados da farinha

Além de não oferecerem praticamente nenhum nutriente como vitaminas e sais minerais em quantidades importantes. Os pães, bolos e outros derivados da farinha de trigo são digeridos muito rapidamente por organismo, elevando nossa glicose e causando pico de insulina. Resultado: mais fome e maior acúmulo de gordura.

  1. Queijos amarelos e molhos à base de queijo

Os queijos amarelos costumam ter muita gordura em sua composição, além de uma elevada concentração de sódio, que causa a retenção de líquidos. Junto com os molhos à base de queijo, eles acabam sendo prejudiciais ao organismo se consumidos em excesso.

Porém, como os queijos também podem ser fonte de cálcio e proteína, eles podem ser consumidos com moderação desde que associados a outros alimentos pobres em gorduras e sódio.

  1. Refrigerantes

Os refrigerantes não fornecem nenhum nutriente importante para o corpo. Sendo apenas fontes de calorias. Ricos em açúcar, corantes e aromatizantes artificiais. Essas bebidas trazem apenas malefícios ao metabolismo. Se consumidas junto com as refeições, elas ainda prejudicam a absorção de nutrientes como ferro, fósforo e cálcio.

Ainda, as versões light e diet apresentam uma alta concentração de sódio, que favorece a retenção de líquido.

  1. Sorvetes

Os sorvetes são uma delícia e é praticamente impossível passar o verão todo sem prová-los, mas, infelizmente, eles são ricos em açúcar, gordura trans e corantes e aromatizantes artificiais. Dê preferência aos picolés de fruta.

  1. Frituras em geral

Coxinha, pastel, rissoles… As frituras são uma tentação, mas também são prejudiciais ao organismo por terem características inflamatórias, que favorecem o acúmulo de gordura abdominal e resistência à insulina. A situação piora se o óleo for reutilizado, pois ele se transforma em gordura trans.

  1. Linguiças, costela e outras carnes gordurosas

As carnes gordurosas são verdadeiras bombas de calorias e colesterol, contribuindo para o surgimento de obesidade, doenças cardiovasculares, diabetes e até mesmo alguns tipos de câncer. A recomendação é dar preferência às carnes magras e retirar a pele das aves e a gordura aparente das carnes.

  1. Barrinhas de cereais

As barrinhas de cereais parecem inocentes e saudáveis, mas elas são alimentos processados e podem esconder uma grande quantidade de açúcar e gorduras. Além disso, as barrinhas contêm conservantes, que atrapalham o bom funcionamento do metabolismo.

Caso sua única opção de lanche seja uma barrinha de cereal, opte por aquelas feitas de aveia e sem adição de coberturas de chocolate.

  1. Salsichas e embutidos

Qualquer alimento industrializado contém conservantes, mas as salsichas e os embutidos ainda contêm corantes artificiais e muito sódio, que também são prejudiciais ao metabolismo, pois eles sobrecarregam o fígado.

Além disso, as salsichas possuem um alto teor de gorduras saturadas, que causam aumento das taxas de colesterol e, em consequência, favorecem a instalação de doenças cardiovasculares. Por fim, esses alimentos ainda são ricos em sódio.

  1. Salgadinhos industrializados

Mesmo que algumas marcas afirmem que seu produto é assado e não frito, os salgadinhos industrializados vendidos em pacote continuam sendo muito ruins para o organismo. Além de conter gordura trans, esses alimentos costuma ser feitos a partir de ingredientes transgênicos, principalmente os de milho.

  1. Fast food

Os fast food reúnem tudo o que retarda o metabolismo: gorduras saturadas, gordura trans, açúcares e aditivos, além de não oferecerem nutrientes e não serem uma fonte significativa de fibras. Por mais faminto que você esteja, optar por um fast food não é a solução, pois esse tipo de alimento causa picos de insulina e a fome volta com tudo pouco tempo depois.

  1. Balas açucaradas

Elas podem ser docinhas, coloridas e atrativas principalmente para as crianças, mas devem ser evitadas a todo custo. As balas artificiais, cheias de açúcar, são repletas de corantes, aromatizantes e conservantes, que reduzem o metabolismo por sobrecarregar o fígado.

  1. Leite e derivados

O leite é uma boa fonte de cálcio, mas pode trazer problemas para o metabolismo. Principalmente das pessoas que sofrem com intolerância à lactose. Os malefícios desse alimento aumentam quando ele é consumido em sua versão integral, que contém gordura.

  1. Suco de fruta industrializado

Mais um alimento que faz muito mais mal do que bem ao seu organismo. O suco de fruta industrializado leva conservantes, corantes e aromatizantes artificiais, que dificultam o trabalho do fígado. Além disso, o processamento é tão intenso que sobra pouca coisa da fruta original. Por isso essas bebidas não fornecem nutrientes válidos para o organismo. Isso sem contar que elas têm uma grande quantidade de açúcares adicionados.

  1. Maionese e molhos para salada

As saladas são excelentes opções para uma dieta equilibrada, mas é preciso tomar cuidado com os acompanhamentos. De nada vai adiantar consumir uma boa quantidade de fibras e vitaminas se você encher a sua salada com maionese e molhos industrializados e gordurosos, que são cheios de conservantes e aromatizantes artificiais.

  1. Bebidas alcoólicas

Nosso corpo não consegue metabolizar o álcool da mesma forma que os macronutrientes, o que acaba exigindo demais do seu organismo e prejudicando o funcionamento do fígado e pâncreas.

Com isso, seu corpo sofre para conseguir metabolizar também os carboidratos, proteínas e gorduras. Isso sem contar que as bebidas alcoólicas não fornecem nenhum nutriente para o organismo, trazendo apenas calorias vazias.

metabolismo

Você também pode gostar de: Alimentos antioxidantes: Saiba como podem ajudar a manter a sua juventude

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).