11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira das 8h às 21h
Sábados das 10h às 14h

Rinomodelação é o mesmo que rinoplastia?

Saibas as diferenças entre rinomodelação e rinoplastia

Conheça as diferenças entre os procedimentos e descubra em quais casos cada técnica é indicada

Embora muitas pessoas acreditem se tratar do mesmo procedimento, existe uma grande diferença de rinomodelação e rinoplastia

Isso porque tratam-se de técnicas e indicações diferentes, que apesar de cumprir a função de melhorar a estética facial de pacientes que estão insatisfeitos com o seu nariz, não entregam propriamente os mesmos resultados. 

E se você também tem essa dúvida, acompanhe as informações a seguir e descubra quais as diferenças entre os procedimentos.

O que é a rinoplastia? 

Rinoplastia é uma cirurgia plástica indicada para correção estética e/ou funcional do nariz, que permite que sejam alteradas características físicas que incomodam os pacientes. 

Com as técnicas aplicadas, é possível dar mais projeção a ponta do nariz, corrigir o tamanho das asas nasais, aumentar ou diminuir o tamanho, diminuir a giba, dentre outras alterações comuns. 

Na parte funcional, melhora-se questões relacionadas à respiração, realizando a correção de septo e retirada da popular carne esponjosa, proporcionando maior conforto ao respirar.

No entanto, é importante destacar que antes do procedimento é feita uma avaliação para analisar as características individuais de cada paciente para entender o que é, e o que não é possível ser feito de acordo com o caso em questão. 

Por se tratar de uma técnica cirúrgica ‘definitiva’, o mais indicado é que pacientes que tenham insatisfação com algum aspecto do seu nariz, optem por realizar o procedimento a partir dos 15 anos, fase em que o desenvolvimento facial do paciente já está concluído.

Não se confunda mais entre rinoplastia e rinomodelação

E a rinomodelação?

Já no caso da rinomodelação, o foco é completamente estético, portanto, não são avaliadas e nem corrigidas questões funcionais do nariz. 

Isso porque trata-se de um procedimento não cirúrgico – ou seja, sem o uso de bisturis – minimamente invasivo, que é feito apenas com anestesia local e pequenas agulhas para injeção de uma substância chamada de ácido hialurônico

Essa substância é absorvida pelo corpo com o passar do tempo e, portanto, torna o procedimento não definitivo.

A técnica de rinomodelação é capaz de promover mudanças estéticas sutis na anatomia do nariz e é recomendada para correção de pequenas imperfeições. 

Qual técnica é mais indicada para o meu caso?

Antes de mais nada, é válido ressaltar que apenas um cirurgião plástico de confiança poderá indicar o que é mais adequado para o seu caso. 

Apenas após uma avaliação criteriosa e a realização dos exames será possível determinar o procedimento, de acordo com as expectativas da paciente e as reais possibilidades de sucesso. 

No entanto, deve-se levar em consideração que a rinoplastia é mais indicada para pacientes que desejam alterações estruturais e funcionais maiores, enquanto a rinomodelação é para correção de pequenas insatisfações. 

Vale lembrar que independente do procedimento, é importante escolher um profissional  habilitado e que tenha pleno conhecimento sobre a área em questão. 

Dessa forma, você garante não só bons resultados, mas também a segurança e cuidado adequado com a sua saúde.

 

Faça parte do nosso grupo no Telegram e fique por dentro do dia a dia da clínica, além de informações exclusivas sobre beleza, bem-estar e eventos que só vão acontecer para este canal.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).