11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Posição Submuscular: quando ela é indicada?

Mulher conversando com médica sobre a prótese submuscular

Entenda o que é a prótese submuscular, quando ela é indicada, benefícios e por que é a escolha preferida das mulheres

A prótese submuscular é uma verdadeira febre entre as mulheres que querem fazer implante de silicone nos seios para ficarem mais bonitas, atraentes e, claro, com a autoestima lá em cima.

Apesar de o cirurgião ser o profissional mais qualificado para indicar qual é a prótese mais adequada para cada situação, muitas mulheres já chegam decididas que o procedimento para implante submuscular é a técnica ideal para elas – mas vale lembrar que o cirurgião é quem sugere a melhor alternativa.

Afinal, o que é e quais as características e benefícios essa prótese que ela traz para o corpo? Confira essa e outras questões no conteúdo especial que preparamos sobre o tema, logo abaixo. Boa leitura!

O que é prótese submuscular e quando ela é utilizada?

A prótese submuscular é o objeto de silicone utilizado na cirurgia de mamoplastia, onde o silicone é aplicado nos seios.

Para essa técnica, a prótese é inserida atrás do músculo peitoral e é indicada para quem não tem nenhum volume mamário ou tem seios bem reduzidos.

Assim, os especialistas em cirurgia prática vão recomendá-la para mulheres mais magras e que desejam mais volume em seus seios. Desse modo, o resultado eficiente da cirurgia só é possível pela profundidade que a prótese alcança.

Características da prótese submuscular

Para a utilização desse tipo de prótese, temos alguns benefícios importantes que ajudam a mulher a buscar esse implante. Apesar de ser uma recomendação médica, caso seja possível, algumas vantagens no dia a dia podem ajudar nessa escolha:

  • Esse tipo de prótese não compromete processos de amamentação futuras. Na verdade, a musculatura peitoral assume a função de proteger a prótese e, de quebra, ajuda a evitar uma queda precoce dos seios;
  • Outro ponto interessante diz respeito à rejeição. Assim, a utilização da prótese submuscular, por características da técnica, reduzem a chance de rejeição, principalmente em pacientes que não possuem volumes mamários significativos;
  • Mais um benefício é que ela não proporciona um aspecto “falso” para o seio. Na verdade, as próteses atuais agem de forma bem natural e se moldam ao corpo de forma muito eficiente;
  • O único ponto de atenção para sua utilização diz respeito ao pós operatório, que exige mais cuidados do paciente por um período maior de tempo. Além disso, o incômodo inicial é maior, mas nada que vá comprometer a rotina pessoal ou de trabalho – desde que as recomendações médicas sejam seguidas à risca.
Mulher com prótese submuscular

Cuidados no pós-operatórios

As recomendações do pós-operatório da mamoplastia devem ser seguidas fielmente para não comprometer a cirurgia e, por consequência, a saúde da paciente.

Assim, não é permitido fazer esforço físico ou movimentar muito os braços durante um período de tempo.

Outro ponto importante, é que dormir de lado ou de bruços não é permitido durante o período de recuperação. Qualquer tipo de movimento brusco pode causar um sangramento e levar o paciente a procurar cuidados médicos.

Efeitos na autoestima e bem estar

Por sinal, os efeitos na autoestima – principalmente para mulheres que não tiveram um grande desenvolvimento dos seios – é percebido rapidamente.

E, a partir desse ganho de confiança no lado pessoal e profissional, podemos ver mulheres mais poderosas e focadas em seu objetivo de vida.

Apesar de parecer exagerado, uma simples prótese de silicone tem esse poder. Portanto, muito além da vaidade, está a capacidade que ele tem em, literalmente, transformar a vida da paciente que se submete à cirurgia.

 

Agende agora a sua consulta!

 

Saiba que todo procedimento envolve riscos. Consulte sempre um médico.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).