Menu

Primavera Ladylike

O romantismo e a elegância simples nos anos 50 se unem para dar o tom da estação à Primavera Ladylike

Prenúncio do verão, este ano a estação mais romântica do ano chega transbordando feminilidade e consolidando um estilo que já chegou há algum tempo, o Ladylike. Para quem não sabe, ele é inspirado no estilo dos anos 50 e 60, com cinturas marcadas, saias godês ou lápis, muito vestido com cinto fininho marcando no lugar certo e calças cigarrete e com cintura mais alta. As precursoras desse estilo que deixa as mulheres com aquele aspecto de “violão” foram as lindíssimas Audrey Hepburn e Grace Kelly, símbolos de elegância e sofisticação através dos tempos; hoje, uma das musas do Ladylike é a americana Dita VonTeese. Mas se o estilo vintage é o must have da estação, ela chega também dando alguns toques personalizados para este ano, tendo o rosa como a cor da moda Primavera-Verão 2015 e o estampado floral a grande sensação da temporada.

Saias e vestidos godê com cintura marcada são o charme da estação
Pode até parecer redundância, mas, sim, a Primavera 2015 – e o verão também – é rosa. Os tons pasteis da cor são usados com azul, detalhes em verde e bege e flores, muitas flores em estampados grandes e marcantes. E é a combinação perfeita para esse estilo que deixa você fofa, doce e sexy ao mesmo tempo, realçando suas curvas e deixando à mostra pedaços elegantes do seu corpo. Nesse visual, as saias e os vestidos são a grande sensação, com comprimentos que variam entre acima do joelho e até um pouco depois dele (midi). O corte “A”, grande vedete da estação, deve dar movimento a tecidos leves e sinuosos, sempre com a cintura bem marcada.

Saiba como escolher calças, sapatos e acessórios
Se as saias e os vestidos são a grande estrela da temporada, não é por isso que você deve ficar escrava delas. As calças também aparecem prometem fazer sucesso, principalmente as cigarretes e as pantalonas, mas sempre com a cintura bem marcada. Os sapatos do estilo podem variar das sapatilhas fofas, em tons pastéis, às sandálias de salto com o peito do pé nu, que alongam a silhueta e dão elegância. Outro hit é o sapato boneca, com tirinhas cruzando o peito do pé. Nas mãos, as clutches fazem a combinação perfeita para completar o visual, mas cuidado com os acessórios. As pérolas estão em alta, elas têm tudo a ver com olook vintage, em brincos, colares, pulseiras e anéis – mas não use tudo junto, porque aí não tem elegância que resista.

Mais do que um estilo, uma forma de se comportar

Na verdade o Ladylike pode ser considerado mais do que um estilo, mas uma verdadeira forma de ser. Como a tradução já sugere, ser “como uma dama” é mais do que vestir roupas godês com raízes na década de 50. A proposta é um retorno à época da “Bonequinha de Luxo”, em que a delicadeza e a sofisticação dos cortes simples se refletia também no esmero com os cabelos, no cuidado com as unhas, no perfume colocado discretamente em pontos específicos e com o olfato à altura do toque (nuca, atrás da orelha, pulsos, tornozelos e atrás dos joelhos, para aquelas ocasiões especiais), na maquiagem sutil com destaque para os olhos. Pronta para aderir ao Ladylike? Resgate a dama que há em você e invista na simplicidade elegante da estação.

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).