11 3285-6412
Dra. Luciana L. Pepino / Diretora Técnica Médica
CRM/SP: 106.491 RQE: 25827
Segunda a Sexta-Feira
das 10h às 19h

Como se preparar para uma cirurgia plástica?

Certamente você já deve ter ouvido que o segredo do sucesso é o bom planejamento – e isso vale tanto para cirurgias plásticas ou qualquer outro procedimento estético quanto para tudo na vida. Quem acha que basta “passar o bisturi” pertinho do verão ou do Carnaval que fica “tudo em cima” pode estar brincando com um assunto muito sério: a saúde.

Deixe o imediatismo de lado e pense na cirurgia com calma e responsabilidade

Barriguinha pra dentro, peito pra cima, bumbum empinado, coxa durinha: pode parecer óbvio na hora em que se olha no espelho, mas é preciso saber com certeza o que é (e como) que vai ser mudado. Por isso é preciso escolher um médico especializado de confiança, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, e conversar muito com ele sobre o que você espera da cirurgia e quais devem ser os resultados reais. Os resultados mudam de acordo com a estrutura física, então lembre-se que uma coisa é o que você quer e outra o que é possível. Não é porque você é morena que vai ficar com o corpo da Beyoncé.

Além disso, é preciso antecedência realizar uma bateria de exames para averiguar se há algum tipo de restrição – é o pré-operatório. Algumas vezes é preciso que se perca peso ou que algum exame seja repetido. Tudo isso demanda tempo, e a pressa é inimiga de quem quer que tudo dê certo.

Depois da cirurgia o cuidado com o pós-operatório é essencial

Cirurgia plástica realizada, a aventura não acabou ainda. Muito pelo contrário, é agora que começa a fase do pós-operatório, praticamente tão importante quanto o próprio procedimento. Muitos, por exemplo, precisam que a recuperação seja feita com cintas elásticas, normalmente por mais de um mês: é o tempo para o tecido se recompor e o inchaço desaparecer.

Por outro lado, como nenhum procedimento é isento de riscos e consequências – como inchaços, cicatrizes, mudança de sensibilidade – esse tempo é muito importante para que a cicatrização seja perfeita. É o período durante o qual o médico responsável fará o acompanhamento para ver se o organismo está se comportando da forma como deveria, indicará cremes, medicamentos e/ou drenagem linfática, exercícios e qualquer outra atividade para que, aí sim, você esteja pronta para arrasar na passarela, da praia ou do Carnaval. O importante é levar a sério todas as recomendações médicas e seguir à risca o cronograma estipulado.

 

Autor do Conteúdo

Foto DR. Luciana

| DRA. LUCIANA LEONEL PEPINO


CRM-SP 106.491 | RQE: 25827

  • Membro Especialista em Cirurgia Plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - SBCP.
  • Residência em Cirurgia Plástica no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Residência médica em Cirurgia Geral no Hospital Universitário São José – Belo Horizonte (MG).
  • Formada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – Belo Horizonte (MG).